Este é o primeiro chocolate “desperdício zero” do mundo (e até a embalagem tem surpresas)

Tem a forma de uma tablete de chocolate normal, mas tem variados sabores curiosos. Porém, o elemento mais intrigante do doce da Índia é ser o primeiro chocolate com zero desperdício do mundo.

A empresa indiana, Cocoatrait, usa uma combinação de várias tecnologias e ingredientes naturais para produzir uma tablete que tem um impacto mínimo no ambiente – desde a produção, passando pelo consumo, até à embalagem, que é 100% reutilizável.

A ideia de criar a Cocoatrait surgiu após uma viagem à Bélgica em 2013. Nitin Chordia, fundador da empresa, tinha deixado o seu emprego como consultor e queria “investir em algo próprio”, segundo contou, em declarações ao OZY.

Na Bélgica, Chordia conheceu Martin Christy, uma voz líder na indústria de chocolates refinados. Algumas semanas depois, Christy convidou Chordia para um curso de apreciação de chocolate de um dia no Reino Unido. Quando voltou, voltou convencido de que tinha encontrado a sua vocação.

Chordia juntou-se ao programa de acreditação de provadores de chocolate de nível 1 do Instituto Internacional de Degustação de Chocolate e Cacau no Reino Unido, tornando-se o primeiro indiano a ser certificado globalmente como provador de chocolate.

Em casa, em Chennai, Chordia começou com pequenos lotes de grãos de cacau locais. Chordia e a sua esposa, Poonam, deram aulas de degustação de chocolate e cursos de certificação. Em 2018, os seus alunos começaram a perguntar por que não tinham a sua própria marca de chocolate. E foi aí que o casal decidiu avançar nesse sentido.

Porém, o casal eco-consciente estava a entrar num setor notório pelas suas práticas insustentáveis. Em 2018, investigadores da Universidade de Manchester descobriram que uma barra de chocolate precisa de 1.000 litros de água para ser produzida e que a indústria de chocolate no Reino Unido gera 2,1 toneladas de emissões de carbono anualmente.

Assim, o casal decidiu que faria as coisas de forma diferente. Tudo começou com a busca de um invólucro mais sustentável e ecológico.

“Eu queria ter certeza de que a embalagem externa do chocolate não tinha plástico ou papel”, disse Chordia. Foi quando aí que se deparou com a ideia de algodão recuperado e cascas de grãos de cacau. A combinação não só é biodegradável, como também é ultrafina, por isso a barra ocupa menos espaço nas prateleiras das lojas e é mais leve de transportar, reduzindo a sua pegada de carbono.

Esta é uma revelação na indústria do chocolate. Mas há mais: virando a embalagem de dentro para fora, é possível encontrar arte mandala – padrões geométricos que, nas religiões asiáticas, representam a beleza e agem como ferramentas espirituais e auxiliares de meditação. Os invólucros também têm rastreadores de hábitos.

A ideia desta embalagem tem como objetivo tornar o invólucro em algo que vale a pena preservar, para que os consumidores não o coloquem automaticamente no lixo. “Pode ser usado novamente como um cartão de felicitações”, explicou Chordia.

O chocolate é feito com açúcar não refinado e ingredientes naturais cultivados organicamente. Está disponível em 11 sabores – café sukku, rosa, negro, açúcar de palmeira, erva-limão, café creme irlandês, lavanda, coco e canela, banana, masala chai e rosa vermelha. Muitos dos sabores são indianos, mas todos os ingredientes são provenientes de comunidades locais.

Cada tablete custa entre três e quatro dólares (equivalente a entre 2,74 e 3,65 euros). A demanda está a crescer: os chocolates já estão disponíveis na maioria das lojas de alimentos sustentáveis da Índia e podem ser encomendados online no site da Cocoatrait. Chordia também começou a receber pedidos de lojas sustentáveis e orgânicas noutros países.

Estes não são os únicos chocolates que se dizem sustentáveis e ecológicos. As embalagens dos chocolates de sementes e feijões no Reino Unido, por exemplo, são desperdício zero – são feitos de um filme flexível de celulose construído com polpa de madeira de eucalipto. Porém, os ingredientes do chocolate viajam milhares de quilómetros desde a República Dominicana.

“Embora tenham sido feitas tentativas para tornar o chocolate mais ecológico e sustentável, não houve uma tentativa de torná-lo 100% desperdício zero”, disse Chordia.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PayPal resiste à pandemia. Volume de pagamentos cresce 30% no segundo trimestre

O volume de pagamentos através do PayPal cresceu 30% no segundo trimestre. A empresa parece resistir à pandemia de covid-19, que abalou o setor das viagens, cujos pagamentos estão muitas vezes associados a meios eletrónicos. …

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …

Luz verde para reabertura de centros de dia. DGS sugere dois metros de distância entre idosos

Os centros de dia vão poder reabrir a partir de 15 de agosto, mas de forma faseada e condicionados a uma avaliação prévia da Segurança Social e entidade de saúde local sempre que funcionem juntamente …

Vacina russa para a covid-19 preocupa cientistas. País pode estar a saltar etapas

Países de todo o mundo continuam na corrida por uma vacina contra a covid-19. A Rússia diz estar prestes a anunciar a vacina, deixando preocupada a comunidade científica, ao passo que Itália avança para os …