Presidente da EDP ganhou mais de 5500 euros por dia e “encheu bolsos dos accionistas”

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

António Mexia, presidente executivo da EDP

António Mexia, presidente executivo da EDP.

É preciso limiar os salários das empresas porque ninguém pode ganhar 90 vezes o que ganha um trabalhador, defende Catarina Martins do Bloco de Esquerda, depois de terem sido revelados os vencimentos de António Mexia, da EDP, e de Soares dos Santos, da Jerónimo Martins.

A líder do Bloco reage à divulgação dos ordenados do líder da Jerónimo Martins, Pedro Soares dos Santos, que, em 2016, recebeu 1,26 milhões de euros, um aumento de 46,6%, e do presidente executivo da EDP, António Mexia, que recebeu 1,38 milhões de euros ilíquidos relativos à remuneração fixa e variável.

“Não podemos ter sectores de privilégio ilimitado, precisamos de regras na economia para que o país possa funcionar e ser mais justo”, salienta Catarina Martins, durante a apresentação do candidato bloquista às eleições autárquicas da Maia.

A bloquista sublinha que “Soares dos Santos quase duplicou o salário de 2015 para 2016 e ganhou o ano passado 1,27 milhões de euros, o equivalente ao que ganham em média 90 trabalhadores do Pingo Doce, ganhou sozinho aquilo que paga em média a 90 trabalhadores do Pingo Doce e aumentou o seu próprio salário em 46%”.

“Será que algum dos trabalhadores do Pingo Doce teve um aumento salarial de 46%”, pergunta ainda Catarina Martins, questionando também, se algum dos fornecedores da Jerónimo Martins, produtores industriais ou agricultores, viram a sua situação melhorar “sequer um quarto” do que melhorou o salário do presidente do grupo.

Quanto ao presidente da EDP, Catarina Martins sustenta que “a cada dia que passou, António Mexia ganhou dez salários mínimos nacionais, por dia são mais de 5.500 euros, vejam bem”, refere.

A líder do BE acusa António Mexia de ser o patrão de uma empresa que tem trabalhadores temporários nos call center, com práticas abusivas de trabalho, insegurança, pressão e “quase nada de salário”.

“Dizem-nos que é mérito deles, o mérito deles é agravar a economia injusta, fazer a escolha pelos baixos salários dos trabalhadores, fazer a escolha por esmagar os seus fornecedores e, com isso, o emprego no país, fazer a escolha pelas piores práticas sociais“, acrescenta Catarina Martins.

Mexia melhorou lucros e “encheu bolsos dos accionistas”

O jornal Expresso fez as contas aos ganhos obtidos por António Mexia, entre 2007 e 2016, como presidente executivo da EDP, notando que auferiu uma média de 1,72 milhões de euros brutos por ano, um valor que “equivale a 0,16% do lucro gerado pela empresa desde 2006″.

Em termos globais, segundo o semanário, a administração executiva da EDP amealhou “95 milhões de euros de remunerações entre 2006 e 2016”, uma média anual de 9,2 milhões de euros, sem os vencimentos de Mexia, que equivale “a 0,86% dos lucros acumulados da empresa”.

Desde que Mexia assumiu as rédeas da EDP, a empresa “lucrou mais de 11 mil milhões de euros, elevou o EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) de 2,3 para mais de 3,7 mil milhões de euros anuais e, principalmente, encheu os bolsos dos seus accionistas”, atesta o Expresso.

Entre 2006 e 2016, a EDP pagou 6267 milhões de euros aos seus accionistas – o valor dos dividendos pagos está no patamar dos 671 milhões de euros por ano quando em 2006 tinha pago apenas 366 milhões, de acordo com o semanário.

O Expresso lembra que a EDP é “uma das empresas portuguesas mais lucrativas” e também, “uma das que mais impostos pagam”, tendo desembolsado para o Fisco, só em 2016, 89 milhões de euros.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Temos que nos reportar ao momento.
    Vão-se os anéis ficam os dedos
    Mas … não invalida de se dizer que indústrias base devem ser entregues a privados com regras.
    A fatura de energia pesa demais ao POVO
    E o resultado é encher bolsos a quem dispensa

  2. É Portugal de à 800 anos atrás.
    O golpe 25/04/1974 para quê?
    Otelo tanto nos enganas-te, ias encher o Campo Pequeno mas de quê?

  3. Onde está a ética, a equidade e a noção de bom senso e de razoabilidade desta besta voraz e descontrolada que colocaram à frente da EDP? A Quem a prazo interessa uma coisa destas e que, em consequência de tudo, paguemos a eletricidade e os combustíveis mais caros do mundo num país pobreta, trapalhão e improvisado? Mais tarde ou cedo, alguém vai ter de fazer alguma coisa… não sei se os militares se outem, porque simplesmente a Nação Portuguesa não é viável a título algum e as gerações mais jovens, pelo menos essas, precisam de ter futuro.

  4. ” encheu os bolsos dos accionistas” e esvaziou os bolsos depauperados dos mesmos do costume, ou seja, todos nós.
    Esta foi mais uma bela privatização desta gentinha direitalha. E nós? Ganhámos alguma coisa com isto? ZERO. Nem melhores preços, nem melhores serviços mas o giro e triste ao mesmo tempo, é que há uns teóricos da treta que acham que sim, que ganhámos imenso com a privatização. Isto só foi bom negócio para alguns, entre eles este “Mexilhão” e o “Pintelho” Catroga, outro chulo da pandilha psd. Cambada!

RESPONDER

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …

Reutilizável, dobrável e esterilizável. Novo "escudo" protege profissionais de saúde

Uma equipa de cientistas desenvolveu, recentemente, um dispositivo dobrável em forma de tenda que atua como um escudo físico para os profissionais de saúde na linha da frente contra a covid-19. A tenda redutora de gotículas …