5G. Presidente da Altice exige demissão do presidente da ANACOM

André Kosters / Lusa

Alexandre Fonseca, CEO da Altice Portugal

O presidente da Altice Alexandre Fonseca pediu a demissão do presidente da ANACOM, João Cadete de Matos, pelos atrasos nas frequências para o 5G.

Alexandre Fonseca pediu esta terça-feira a demissão de João Cadete de Matos, presidente da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) devido ao atraso na libertação das frequências a utilizar pelo 5G, atualmente incluídas no espectro utilizado pela Televisão Digital Terrestre (TDT). O pedido surgiu depois de ser conhecida a decisão da Altice de impugnar a decisão da Anacom.

“Se temos o Governo a dar recados graves e bem incisivos à postura do regulador, se temos os governos regionais preocupados, se temos os fabricantes tecnológicos a nível mundial a dizerem que Portugal está irremediavelmente atrasado, parece-me evidente que se devem tirar as respetivas conclusões […] eu, no lugar do regulador, tiraria as minhas ilações, e neste caso particular obviamente que me demitiria”, disse o presidente da Altice esta terça-feira à TSF.

A libertação do sinal para a implementação do 5G é, para Alexandre Fonseca, um problema que se está a tornar demasiado demorado.

“À data de hoje ainda está a decorrer a consulta pública da ANACOM aos operadores sobre o tema da TDT. Essa consulta pública vai ser respondida no final de setembro. Depois disso, passarão certamente um ou dois meses até ser publicada uma decisão final”, explicou o presidente da Altice.

Alexandre Fonseca acrescentou ainda que “o TDT estará nas novas frequências algures depois do verão de 2020”, data que coloca Portugal mais atrás na lista de países a implementar a nova tecnologia de comunicação.

A Altice garantiu esta terça-feira que impugnaria junto do tribunal a decisão do regulador de iniciar a deslocação das frequências entre a terceira semana de janeiro e a primeira de fevereiro, uma vez que se trata “de um calendário que será impossível de cumprir, como aliás, desde há um ano, tem vindo a reiterar e justificar repetidamente desde o início da atividade do grupo de trabalho”.

De acordo com a empresa, o processo só poderá ser desenrolado “a partir da segunda semana de fevereiro”. Além disso, o calendário “não inclui qualquer margem para imprevistos, o que só demonstra amadorismo e irresponsabilidade no planeamento”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Estes vigaristas da Altice tem mesmo lata para tudo!…
    O artista até se “esqueceu” que a Altice é responsável pela TDT (onde trabalharam muito bem, como se sabe!) e vem agora mandar recados à ANACON… felizmente já vai o tempo em que a PT/Altice faziam o que queriam sem o regulador dizer nada…
    Eles ainda mamam forte e feito no Estado (cabines telefónicas, TDT, etc), mas a mama está a diminuir…
    Vamos lá ver como é que esta multinacional de vigaristas (francesa, mas com sede na Holanda!) com uma dívida mais de 50 mil milhões de euros vai investir no que quer se seja!…
    Tão preocupados e com pressa para implantar o 5G e nem tem dinheiro para fazer a manutenção na sua infraestrutura actual!…

  2. A preocupação seria legítima (e necessária) se não houvesse uma questão prévia.
    É que tenho muita dificuldade em entender, porquê toda esta indignação com o “atraso do 5G” quando metade do país nem o 4G tem, e quando o operador PT/Altice/Meo (presidida pelo indignado) tem maior parte das zonas de cobertura sob sua responsabilidade, traduzida no número de contratos.
    Em Odemira, quer a nível empresarial quer a nível dos particulares, salvo meia dúzia de casos (porventura ligados a peso de ouro, ou de algumas entidades institucionais), fibra nem vê-la…
    No caso da n/ Empresa, refidelizámos Contrato a 29/03/2019, com obrigação escrita contratual de efetuar a migração, até hoje, 6,5 meses depois, continuamos com a ADSL…
    A funcionar a entre 8 e 14 Mbit, e muitas vezes sem conseguir acesso à cloud, embora pagando para isso.
    Alternativas conhecidas não há, que saibamos.
    Só visto!

RESPONDER

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …