Preços da TAP entre a Madeira e continente são “inaceitáveis” e “vergonhosos”

Os deputados do PSD eleitos pela Madeira classificaram este domingo como “vergonhosos” e “inaceitáveis” os preços das viagens aéreas que a TAP está a praticar na Páscoa entre a ilha e o continente português.

Numa iniciativa junto ao Aeroporto Internacional da Madeira – Cristiano Ronaldo, o deputado Paulo Alves adiantou que o objetivo da ação partidária era “denunciar a vergonha dos preços que estão a ser praticados” nas viagens aéreas.

As viagens para a Madeira têm, nesta altura, custos na ordem dos 600 euros quando habitualmente ficam na ordem dos 100 euros.

Na opinião do deputado social-democrata, esta é “uma situação absolutamente inaceitável”, sublinhando que “o Governo e a TAP estão a atingir o limite da decência e, os madeirenses, estão a atingir o limite da paciência” nesta matéria.

O parlamentar recordou que o partido “tem denunciado” esta situação dos altos preços e do sistema de apoio social de mobilidade nos últimos quatro anos, mas “o Governo da República não tem feito nada para alterar quer os preços, quer o sistema”.

Para Pulo Neves, a responsabilidade deve ser atribuída ao primeiro-ministro e aos partidos que apoiam o executivo nacional (BE e PCP) pelo “arrastar” desta situação. Salientou que o executivo madeirense “tem feito tudo para minimizar” o problema, adiantando o subsídio de mobilidade e facilitando a burocracia.

O deputado ainda indicou que o partido entregou na Assembleia da República duas perguntas regimentais dirigidas ao Governo. Na primeira destas perguntas, questionam se o Governo da República” tem consciência dos preços que estão a ser praticados, nesta linha, concretamente agora, na altura da Páscoa”, perguntando na outra o que “tenciona fazer” sobre o assunto.

Os deputados sociais-democratas da Madeira realça que a situação das ligações fica ainda agravada, “de forma inaceitável”, porque a TAP “decidiu não reforçar, este ano, o seu número de voos para a Madeira nesta quadra, ao contrário do que sucede sempre que existem alturas especiais”.

Governo quer regime de 86 euros para residentes

Também neste domingo, o presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, anunciou que o seu Executivo quer adotar um regime que permita aos residentes no arquipélago comprar voos para o continente a preço máximo de 86 euros.

“O que nós vamos fazer é avançar rapidamente para ver se, antes do Verão, conseguimos montar um sistema semelhante àquele que montámos para os estudantes, no sentido de os madeirenses só pagarem 86 euros”, afirmou Miguel Albuquerque.

O líder do Governo da Madeira adiantou que o montante necessário para pagar o restante até ao teto máximo de 400 euros será feito “através de um fundo”.

Em declarações ao grupo RTP Madeira, à margem da Festa do Limão, que se realiza na freguesia da Ilha, no norte da Madeira, Miguel Albuquerque reconheceu, no entanto, que tem receio do que o Governo da República possa decidir, já que a região precisa de uma autorização do executivo de António Costa e da colaboração dos CTT.

“O que nós receamos é que nós precisamos da colaboração dos Correios para o fazer e precisamos de uma autorização do Governo da República e, portanto, vamos avançar com o sistema e vamos tentar antes do Verão concretizá-lo. E a única coisa que o pode impedir é a autorização do Governo da República ou a influência que o Governo da República pode ter nos CTT”, disse Albuquerque.

Desde novembro de 2018 que o executivo tem o programa “Estudante Insular” que permite quatro viagens de ida e quatro de volta aos estudantes madeirenses no continente português por 65 euros, pagando a região o remanescente, até ao máximo de 400 euros.

Miguel Albuquerque voltou a criticar os preços da TAP, afirmando estar “em rédea livre” e “a praticar preços inqualificáveis”, classificando o que se passa em termos de valores “como um desaforo aos madeirense e à economia regional”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Olha, olha… os gajos que privatizaram a TAP acordaram agora!…
    Então não eram a favor do mercado “livre”?!
    Aí está!!!

  2. O governo da Madeira que dê facilidades às companhias Low Cost, em vez de favorecer os interesses da TAP. O preço Low Cost deverá rondar os 40 euros.

    • Pois… mas há várias low-cost a voar para a Madeira!!
      A EasyJet, a Transavia, etc voam para o Funchal – mas não é por 40€…

  3. Os preços da TAP são vergonhosos em toda a linha.
    Exemplos:
    Numa viagem transatlântica (Portugal-Brasil), fazem-nos o favor de nos deixar levar SÓ a bagagem de mão.
    Agora eu pergunto. Quem é que vai para o outro lado do mar só com um par de cuecas na bagagem? Queres dar-te ao luxo de levar mais uma malinha de porão, pagas por isso mais cem ou duzentos euros em cima de uma passagem que custa 500 euros.
    Ah… e se partires de Faro, ou Porto fazendo conexão em Lisboa, pagas quase trezentos euros a mais (!!!), em cima dos 500 euros base, e da bagagem extra. Estranha politica de preços, quando um bilhete normal para este trajeto custará cerca de noventa euros. Ou seja, viajar de Faro para Lisboa, custará mais caro que um voo de Londres ou Frankfurt para Nova Iorque.
    Ah… e se for época alta, só não nos arrepelam o couro e cabelo porque não podem.
    Pena é não haver concorrência nalguns percursos onde parecem ter o monopólio. Porque quando ha outras opções estão lixados. Depois choramingam que perdem dinheiro e reputação.

  4. nao sei porque os deputados estao indignados
    se fosse eu era de admirar, mas eles ate têm um subsidio para deslocaçoes, logo a viagem fica uma bagatela.
    para quem so faz corpo presente na AR, ate ganham para essas viagens

Cientistas criam algoritmo para identificar covid-19 a partir do som da tosse

Investigadores de vários países criaram um algoritmo que afirmam poder identificar se uma pessoa tem covid-19 a partir do som da sua tosse. Cientistas do México, Estados Unidos, Espanha e Itália, liderados por uma equipa do …

Para proteger o fundo do mar, novo sistema permite atracar vários barcos com uma só "âncora"

Quando vários barcos se amontoam numa enseada durante a noite, cada um deles lança uma âncora que pode potencialmente danificar os corais e a vida marinha no fundo do mar. O sistema Seafloat foi criado …

Japão e Estados Unidos assinam acordo de cooperação para exploração da Lua

O Ministério da Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia do Japão e a agência espacial dos Estados Unidos (NASA) assinaram um acordo de colaboração entre os dois países no programa Artemis, para a exploração da …

Washington Redskins mudam de nome por ser considerado racista

A equipa de futebol americano, até aqui denominada de Washington Redskins, vai abandonar essa designação, considerada de teor racista, para designar nativos da América do Norte. Em comunicado, a equipa de Washington explicou que, depois de uma …

Flores precisaram de cerca de 50 milhões de anos para se tornarem o que são hoje

As plantas com flor evoluíram há cerca de 100 milhões de anos, mas precisaram de outros 50 milhões de anos para diversificar e tornarem-se aquilo que são hoje, sugere uma equipa de investigadores. Os cientistas documentaram …

Estudo sugere que imunidade à covid-19 pode desaparecer em poucos meses

A imunidade adquirida por anticorpos após a cura da covid-19 pode desaparecer em alguns meses, o que poderá complicar o desenvolvimento de uma vacina eficaz a longo prazo, sugere um estudo britânico divulgado esta segunda-feira. "Este …

60 anos depois, já se sabe o que aconteceu aos 9 russos que desapareceram na Montanha da Morte

Passados 61 anos, o mistério da morte de nove esquiadores russos que faziam uma caminhada pelos Montes Urais, perto da chamada Montanha da Morte, foi finalmente resolvido. Em 1959, nove viajantes russos que faziam uma caminhada …

Médicos Sem Fronteiras é "institucionalmente racista", acusam atuais e ex-colaboradores

Uma declaração assinada por mil atuais e ex-funcionários revela que a Organização Não Governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF) é "institucionalmente racista" e reforça o colonialismo e a supremacia branca no trabalho humanitário que pratica. Na …

Empresa culpada pela crise de opioides fez contribuições políticas após declarar falência

A Purdue Pharma, empresa culpada pela crise de opioides nos Estados Unidos, fez contribuições políticas após ter sido processada e declarado falência. Os opioides são usados para aliviar a dor, mas também provocam uma sensação exagerada …

Norte-americano morre após ir a festa para provar que a covid-19 é uma farsa

Um norte-americano de 30 anos, de San Antonio, no estado do Texas, morreu de covid-19 depois de ir a uma festa para provar que a doença era uma farsa, informou a media local. O homem foi …