Preço da gasolina dispara e ministro pede para não irem abastecer a Espanha

USP Imagens

Esta segunda-feira, os combustíveis vão sofrer a subida mais alta do ano. Cada vez mais portugueses vão abastecer o carro a Espanha, mas o ministro da Economia apela ao patriotismo e pede para não o fazerem.

Manuel Caldeira Cabral, ministro da Economia, mostra-se preocupado com o facto de muitos condutores que vivem perto de Espanha estarem a optar por abastecer as suas viaturas do outro lado da fronteira, onde os combustíveis são mais baratos.

Uma situação que tem tendência para subir, face aos significativos aumentos nos combustíveis que estão previstos para segunda-feira, em Portugal.

“Temos de olhar com preocupação porque corresponde também a impostos que deixam de ser pagos em Portugal“, salienta Manuel Caldeira Cabral em declarações à RTP1 citadas pelo Jornal de Negócios.

Frisando o facto de muitos contribuintes nacionais estarem assim, “a pagar impostos em Espanha”, o ministro sublinha que “é algo que temos de pedir aos portugueses que não façam”.

O agravamento do imposto sobre os Produtos Petrolíferos, previsto no Orçamento do Estado para 2016, que já foi posto em prática no início de Fevereiro passado, aumentou os preços nas gasolineiras, mas, na segunda-feira, haverá o maior aumento do ano.

O Diário Económico reporta que o preço da gasolina vai subir “na ordem dos quatro cêntimos por litro”, devendo superar a barreira dos 1,4 euros, máximo verificado em Novembro do ano passado.

O gasóleo deverá aumentar “até três cêntimos”, de acordo com o mesmo Económico.

Subidas que acompanham o aumento das cotações dos mercados internacionais, mantendo Portugal com a quarta gasolina mais cara da União Europeia, atrás de Holanda, Itália e Dinamarca.

O governo tinha prometido baixar os impostos sobre os combustíveis, caso os preços dos mercados internacionais subissem, mas não vai fazê-lo. O Ministério das Finanças entende que “não existem razões para reavaliar o aumento do imposto”, conforme refere a Rádio Renascença.

SV, ZAP

PARTILHAR

19 COMENTÁRIOS

  1. Era bom se eu mora-se perto de Espanha..abastecia em Espanha e era sem hesitar..Quais patriotismo qual carapuça?! Oh sr. Ministro..seja patriótico e não aumente tanto o imposto sobre os produtos petrolíferos…Dê o exemplo…Só impostos e mais impostos e o país cada vez mais na miséria….
    Quem me dera a mim morar perto de Espanha…trinta cêntimos por litro é dinheiro que não se pode desperdiçar para atestar um depósito…É preciso cá uma lata…oh sr. Ministro..

  2. Palhaço. Tem salários altíssimos, carro de borla, gasolina de borla e mais não sei quantas coisa já para não falar de quando sair o cargo que o espera e ainda tem a lata de dizer isto! Acabar com esta raça é pouco….

  3. Ao preço a que está o barril nunca se facturou tanto em combustíveis cá no burgo.
    Em 2008 quando o barril começou a descer, um poderoso da Galp disse numa entrevista à TV que nas bombas nunca haveriam os combustíveis de baixar de 1 euro e até hoje não foi contrariado, excepto pontualmente nalgumas do Jumbo.

    http://i.imgur.com/VIRPiId.png

    e não só nos combustíveis mas em quase tudo. A matéria prima cada vez tem o preço de custo/produção mais baixo mas no consumidor final os preços são sempre mais elevados. Electricidade, electrónica, texteis etc… então com o €uro… o que aumentava dantes 1 ou mais escudos agora “é só mais 1 euro” como costumam apregoar para alguns mais novos são só mais 200$482

  4. Que tal fazer o seguinte: baixar os preços em Portugal abaixo dos de Espanha e assim eram os Espanhóis que mostravam grande patriotismo, vindo abastecer em Portugal.

  5. Boa ideia, Pedro!

    De facto estas medidas e estas declarações à Rádio Renascença, foram um tiro ao lado, ò Costa!..

  6. Que grande palerma. Como é que chegamos ao ponto de ser governados por gente deste tipo!? Patriotismo é querer ter a pátria (entenda-se, os portugueses) a viver o melhor possível. Este palerma pede ao povo o contrário, que gastem mais (quando podem poupar algum) para sustentar por meia dúzia de pançudos, nas suas mordomias e afins. E não, não vou enumerar, porque infelizmente os maus exemplos são tantos (e de tantos lados) que pecaria sempre por largo defeito. Neste momento, da forma como o dinheiro dos impostos é gasto, o verdadeiro patriotismo é outro…

  7. Que grande palerma. Como é que chegamos ao ponto de ser governados por gente deste tipo!? Patriotismo é querer ter a pátria (entenda-se, os portugueses) a viver o melhor possível. Este palerma pede ao povo o contrário, que gaste mais (quando pode poupar algum) para sustentar meia dúzia de pançudos, nas suas mordomias e afins. E não, não vou enumerar, porque infelizmente os maus exemplos são tantos (e de tantos lados) que pecaria sempre por largo defeito. Neste momento, da forma como o dinheiro dos impostos é gasto, o verdadeiro patriotismo é outro…

  8. Como o Sr. Ministro não precisa de se preocupar com os aumentos, pois tem carro e gasolina de borla ( usurpadores), nós o comum dos mortais temos de cortar na comida (nossa e filhos) para podermos trabalhar.
    O Sr. ministro se andasse de autocarro, eléctrico ou metro já poderia falar.
    EU VOU ABASTECER A ESPANHA E TRAGO JERRICANS CHEIOS.

  9. Este senhor ministro vai pôr ao dispor de cada português que habite num raio de 50 quilómetros de Espanha uma viatura como a que ele tem direito e a não pagar do seu bolso a manutenção da mesma tal como acontece a ele próprio, isto sim, é que vai ser patriotismo e socialismo e ainda vamos ver os espanhóis a virem habitar nessa zona fronteiriça para usufruírem dos mesmos direitos. Asfixiam-nos depois ainda nos pedem para sermos subservientes!.

  10. Pagavam os combustíveis bem mais caros em 2014 e 2015 mesmo com o barril do petróleo sempre a descer, (pois os combustíveis em Portugal estavam bem longe de descer na mesma proporção) mas esta gente andavam muito calados.
    Agora com 6 cêntimos de imposto mesmo com os combustíveis muito abaixo daquilo que pagavam é este falatório todo.
    Então antes não precisavam ir a Espanha ou estava tudo rico com o governo anterior?
    E a comunicação social? Só agora é que descobriu os combustíveis mais baratos em Espanha?
    Ou serão os 25 € a mais no salário mínimo que incomoda tanto esta canalha toda?
    Vinte cinco euros, deve ser talvez aquilo que gastam em cada pequeno almoço…

  11. No fundo quem tem a culpa é o dr. coelho porque, com um bocadinho de mais experiência e de caco, tinha ganho as eleições com maioria absoluta. Bastava ter feito o contrário do que esta cambada de “xuxas” está a fazer: aliviar o cinto em apenas um furo, baixando justamente o ISP, uma vez que o petróleo estava e está a descer e a medida não iria ter reflexo no programa de reajustamento que por acaso até estava a dar frutos: estávamos a financiar-nos a juros negativos, a bolsa estava a recuperar, o consumo também e as exportações superavam as importações num numero significativo de sectores. Veio esta cambada e a reversão do reajustamento instalou-se porque os credores há muito que conhecem o socialismo à portuguesa e o estado em que colocaram o país entre 2005 e 2011 e já não embarcam em promessas e muito menos na reposição de uns tostões nos salários. A bolsa não mais parou de descer, o financiamento do estado está outra vez nos cerca de 4%, o desemprego mantém uma taxa de permanente de dois dígitos, o que empobrece o país e as famílias e, como se não bastasse, tiveram as bestas a bestial ideia de aumentar o ISP, o que significa o aumento em cadeia de tudo. Os tostões a mais nos salários transformaram-se num sério amargo de boca que se tornará cada dia mais ácido até que corram novamente com eles. E enquanto esperamos não tenhas dúvidas oh ministro: estima-se, só nas frotas TIR, que todos os dias vão de Portugal para Espanha cerca de 60 milhões de euros e, no conjunto, à volta de 75 milhões (as contas são dos espanhóis e eles não são tolos, o que leva a crer que a “transferência” diária deve ser bem maior). O teu primeiro ministro e o teu ministro das finanças são burros que nem portas e o engodo que lançaram sobre o povo vai-nos custar, a breve trecho, austeridade redobrada ou não tivessem já lançados às canelas as “autoridades” europeias, que querem que os credores recebam o que lhes pertence enquanto os pacóvios querem renegociar a dívida, ou seja, querem pagar 40 em vez de 20, hipotecando por muitas décadas o desenvolvimento nacional. Se o dr. Marcelo não dissolve a geringonça espera-nos um segundo resgate, ou seja, lançamos fora os sacrifícios dos últimos 4 anos e comemos com austeridade a dobrar. Pobre Povo Português!

    • Concordo inteiramente consigo e o sr. é que devia ser ministro de qualquer coisa.
      Tenho uma trailer que comprei logo que me casei e que paguei com muito custo. Tenho avençadas mensalmente duas cargas a países do leste e, só para ter uma ideia e referindo-me apenas a Espanha, um depósito de gasóleo custa-me menos 370 € em Espanha do que em Portugal. E já não falo em óleos e outras manutenções que, feitas com fidelização em Espanha, custam cerca de menos 600€ por comparação a Portugal. É dinheiro caralh… sobretudo para quem tem de dormir muitas noites em parques de estacionamento dentro do veículo e não em hotéis de cinco estrelas, como faz o ministro, quando vai a Bruxelas ou onde seja, normalmente para nos f… a vida. De modo que, como muito bem diz, ou há alguém que põe termo a isto ou, mais dia, menos dia, temos sarrabulho em Portugal. Eu, por mim, digo que , por enquanto, ninguém venha para Portugal, pois aqui os políticos são ou foram insensíveis e corruptos e os grandes criminosos, alguns dos quais têm processos a correr, foram ou são políticos e banqueiros. Quem tiver ouvidos para ouvir e olhos para ver que ouça e veja. Passe bem amigo.

  12. Sim senhor ministro! Durante muitos anos atestei em Espanha. Agora não o tenho feito mas vou fazer contas. Se o senhor ministro tivesse vergonha na cara não atirava essas toardas. Quanto é que o senhor ministro e outros da sua pandilha pagam? E os ex presidents de república??? Já sei, é tudo a borliú e à conta dos contribuintes. Vãoprócaralh!!!

  13. Claro que devem is abastecer a Espanha, afinal o Governo de Direita Espanhol não cobra tantos impostos como o de Esquerda em Portugal. Vivemos num país asfixiado de impostos. Quem pode escapa-se, sejam os habitantes da raia a abastecer em Espanha, sejam as empresas a pagar impostos na Holanda ( quase todas as do PSI20) . A história da galinha dos ovos de ouro é tão simples de entender, até as crianças a percebem, mas os nossos governantes não. Os impostos têm um limite até onde se pode ir a partir daí há fuga, seja no país ou para o estrangeiro… e já passamos claramente esse limite, ou seja o Estado não está a receber tudo o que devia. A lição é que com menos impostos às vezes ganha-se mais …

  14. Só valeria a pena comentar, se o idiota, tivesse acesso ao comentário e eu o pudesse olhar “olhos nos olhos”, enquanto ele tentasse justificar a enormidade do que disse, Estamos bem tramados com a pequenez, falta de vergonha e ainda menos inteligência desta cambada que agora nos desgoverna. No caso, não muda a m….. e o cheiro também é o mesmo. Sendo eu, como todos os contribuintes, “patrão” desse tolo, era mesmo só o tempo de lhe retirar o telemóvel, o carrinho com motorista, as mordomias extra e levá-lo pela mãozinha até ao primeiro centro de emprego.

  15. Se o meu ordenado igualasse o do Sr. Ministro não teria problemas em abastecer em Portugal… Se eles soubessem como é viver com 500€!

  16. Quem se der ao trabalho de se informar devidamente vai ver que foi em 2014 / 2015 que os combustiveis em Portugal atingiram o preço mais elevado (já não se lembram da gasolina quase a 1,60 ?) apesar da forte descida do barril de crude.
    O ministro foi infeliz com aquela historia de Espanha, mas a verdade é que, apesar do aumento do imposto, a gasolina está mais barata que nos dois ultimos anos.
    Não me parece que todo este alarido tenha muita razão de ser, é apenas um aproveitamento politico pouco honesto.

RESPONDER

Filho de Deeney tem problemas respiratórios. Jogador foi alvo de abusos por recusar treinar

O futebolista Troy Deeney, capitão do Watford, revelou que tem sido alvo de abusos e comentários depreciativos, por ter recusado voltar aos treinos, face aos problemas respiratórios do seu filho. “Vi comentários em relação ao meu …

Parlamento aprova alargamento de apoios a todos os sócios-gerentes afetados pela pandemia

O parlamento aprovou hoje, em votação final global, um texto final que alarga os apoios no âmbito do `layoff´ aos sócios-gerentes das micro e pequenas empresas afetadas pela pandemia covid-19, independentemente do volume de faturação. Com …

Pandemia de covid-19 alimenta corrupção na América Latina

A propagação da Covid-19 na América Latina está a alimentar a corrupção nos vários países que a integram, que vai desde a inflação dos preços a situações de aproveitamento económico e de ligações entre políticos …

Mais de 500 católicos portugueses contra proibição de comunhão na boca

Mais de 500 católicos portugueses, entre leigos e sacerdotes, apelaram à Conferência Episcopal Portuguesa para revogar a proibição de os fiéis receberem a comunhão na boca, por causa da pandemia de covid-19, informou na quarta-feira …

Adeptos recusam devolução dos bilhetes. Bayern distribui dinheiro por clubes amadores

Os adeptos do Bayern renunciaram ao direito de serem reembolsados pelos bilhetes comprados para os jogos até ao final da temporada. O clube decidiu distribuir o dinheiro pelos emblemas amadores da região da Baviera. Tal como …

Trabalhadores acusam TAP de pagar abaixo do salário mínimo a tripulantes em lay-off

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) acusou hoje a TAP de não estar a pagar o previsto na lei do ‘lay-off’, indicando vários casos em que a remuneração é inferior …

Tesla baixa preço de quase todos os modelos nos Estados Unidos

A empresa de carros elétricos Tesla baixou o preço dos Modelos 3, S e X no mercado norte-americano, visando estimular as vendas que estão em declínio durante a pandemia, avança a agência Reuters. O semanário …

Assessor de Boris cometeu infração ao confinamento, conclui polícia

A polícia britânica concluiu que Dominic Cummings, assessor do primeiro-ministro, Boris Johnson, cometeu uma violação "menor" das regras de confinamento introduzidas para combater o novo coronavírus, mas não pretende abrir um processo. Cummings admitiu ter conduzido …

Infarmed suspende hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com covid-19

O Infarmed suspendeu o uso de hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com covid-19. Para além da OMS, outros países já tomaram a mesma decisão que Portugal. A decisão vem no mesmo sentido da Organização Mundial de …

PCP mantém festa do Avante! e pede calma às "almas mais inquietas"

O secretário-geral do PCP admitiu hoje que “não seria um drama”, devido à pandemia de covid-19, cancelar a festa do Avante, e garantiu que não é por dinheiro que os comunistas estão empenhados em realizá-la …