Portugueses fazem cada vez mais lixo (e a reciclagem não está a funcionar)

Os investimentos nacionais para aumentar a reciclagem não estão a ter os resultados que se previa. Segundo a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), as metas definidas dificilmente serão atingidas.

Os portugueses estão há quatro anos seguidos a produzir mais lixo (+2% em 2017), mas o maior problema é que, invertendo uma tendência com vários anos, diminuíram os resíduos recicláveis recuperados: menos cerca de 50 mil toneladas (descida de 9%).

O relatório anual sobre resíduos urbanos da APA fala mesmo numa “significativa diminuição” destes números fruto da queda na seleção do lixo pelos portugueses, mas também pela seleção mecânica nos centros de tratamento.

O documento, avança a TSF, revela que a seleção de resíduos feita diretamente pelos portugueses e empresas também caiu de 11% para 10% do total de lixo produzido no país. A agência, tutelada pelo ministério, a admitir que as mudanças culturais, como a compra de menos jornais ou e bens embalados, não justificam tudo.

Por outro lado, contrariando mais uma tendência dos últimos anos, outra conclusão que preocupa as autoridades ambientais: aumentaram, em 2017, os resíduos depositados em aterro, numa “inversão na tendência de decréscimo que poderá comprometer os objetivos definidos” para 2020 no Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos.

O relatório diz ainda que os esforços feitos para aumentar a recolha seletiva de lixo para reciclagem “não têm tido os devidos reflexos nos comportamentos da população”. Se Portugal quiser cumprir as metas para 2020, “urge avaliar possíveis alternativas” para levar os portugueses a separarem mais os resíduos.

Uma das propostas da APA é que as pessoas “participem ativamente na seleção do lixo” e que se continuem a desenvolver incentivos financeiros para quem faça essa separação, penalizando quem não a faça.

A Agência Portuguesa do Ambiente conclui que “há que fazer uma análise das possíveis alternativas para combater e inverter esta situação e iniciar a sua implementação de forma a ser possível atingir os valores definidos para 2020”, daqui a apenas dois anos.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Que empreguem gente para separar o lixo na lixeira. Um bom EPI e um banho no final e está a andar. Ainda há muitos desempregados. Querem é o povo a trabalhar de graça para eles como fazem aqui na rua. Entregam contentores que os vizinhos deixam à porta dia sim dia não. O dia do plástico, o dia do cartão, o dia das ervas…Depois do camião recolher o lixo toca a levar o contentor outra vez para dentro. A solução passa pela origem do lixo e não pelo seu fim. Como estamos a ver com a proibição dos plásticos descartáveis.

RESPONDER

Portugal com mais de 60 nomeações nos óscares do turismo

Portugal está nomeado para mais de 60 categorias dos World Travel Awards, conhecidos como “Óscares do Turismo”. Segundo o jornal Público, há 66 nomeações para destinos ou empresas portuguesas na edição de 2019. Depois de em …

Polícia acaba com o maior fornecedor de televisão pirata da Europa. Clientes podem pagar 25 mil

Uma operação conjunta de polícias de vários países, coordenada pela Eurojust, levou ao desmantelamento da Xtream Codes, um serviço de fornecimento de serviços de televisão pirata, que tinha milhões de clientes na Europa. As ações policiais …

Rui Pinto acusado de crimes de acesso ilegítimo e extorsão na forma tentada (e fica na prisão)

O hacker Rui Pinto foi acusado pelo Ministério Público dos crimes de acesso ilegítimo e extorsão na forma tentada no caso Doyen. A par de Rui Pinto foi também acusado Aníbal Pinto, advogado que intermediou as …

PAN explica medidas ambientais propostas que "já estavam em vigor"

A revista Visão noticiou na quarta-feira que o PAN, no capítulo do programa eleitoral dedicado ao Ambiente, faz propostas que já estão implementadas. Na sua página do Facebook, o partido de André Silva desconstruiu as medidas, …

Greta Thunberg diz ao Senado dos EUA que "não estão a esforçar-se o suficiente"

A ativista sueca Greta Thunberg reuniu-se na terça-feira com o grupo de trabalho que trata das questões ambientais no Senado norte-americano e pediu acões, não elogios. A adolescente de 16 anos é uma das ativistas …

Pelo menos três mortos e 100 feridos em reparações pós-tufão no Japão

Pelo menos três pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas em obras de reparação de edifícios na província de Chiba, a leste de Tóquio, dias depois da passagem de um tufão pelo arquipélago nipónico. Um …

Prisão preventiva para bombeiro suspeito de atear fogos em Torres Vedras

O Tribunal de Torres Vedras decretou prisão preventiva para um bombeiro detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas de fogo posto no concelho de Torres Vedras, no distrito de Lisboa, disse fonte judicial esta quinta-feira. O …

Aeroporto do Montijo. Consulta pública termina hoje, mas a palavra final é da APA

A consulta pública do Estudo de Impacte Ambiental do futuro aeroporto do Montijo termina esta quinta-feira. O estudo tem apontado diversas ameaças para a fauna e efeitos negativos sobre a saúde da população por causa …

Após dúvidas no Parlamento Europeu, Elisa Ferreira vende ações da Sonae

A comissária europeia indigitada Elisa Ferreira decidiu esta quinta-feira “dar ordem de venda” às ações que detém no grupo Sonae, após as questões levantadas pela comissão de Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu quanto a um …

Tribunal Constitucional chumba lei dos metadados

À segunda, o resultado foi o mesmo de há quatro anos: o Tribunal Constitucional voltou a rejeitar a possibilidade de os serviços de informações terem acesso aos metadados, ou seja, a informações telefónicas e de …