Portugal e Venezuela reuniram-se em Genebra. TAP em cima da mesa

Mario Cruz / Lusa

Ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE), Augusto Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros português e o seu homólogo venezuelano reuniram-se esta segunda-feira em Genebra, na Suíça, uma semana após o regime de Nicolás Maduro suspender as operações da TAP.

A informação foi publicada no Twitter pelo próprio ministro das Relações Exteriores venezuelano, Jorge Arreaza, mas sem avançar pormenores sobre o encontro com Augusto Santos Silva.

Segundo o canal estatal Venezuelana de Televisão (VTV), os dois ministros “falaram sobre temas de interesse para ambas as nações”. “Na reunião, ambos diplomatas reiteraram a disposição de continuar a trabalhar para consolidar as relações bilaterais.”

https://twitter.com/CancilleriaVE/status/1231991660093100032

No encontro, o chefe da diplomacia portuguesa terá posto ao corrente o seu homólogo das conclusões do relatório da Inspecção-Geral da Administração Interna que iliba a TAP e o aeroporto de Lisboa de terem violado as regras de segurança no caso de um voo para a Venezuela, segundo o Ministério da Administração Interna.

Os resultados desta investigação “são muito claros ao indicar que, no aeroporto de Lisboa, na atuação quer das autoridades aeroportuárias, quer da companhia aérea TAP, não houve nenhuma violação de regras de segurança”, disse o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

A reunião de Genebra acontece uma semana após o Governo de Nicolás Maduro ter suspendido por 90 dias as operações da companhia aérea portuguesa na sequência de acusações de transporte de explosivos num voo oriundo de Lisboa, no qual viajou Juan Guaidó, autoproclamado Presidente interino do país, e por ter ocultado a identidade deste.

Augusto Santos Silva considerou, há uma semana, que a decisão das autoridades de Caracas era “inamistosa” e “injustificada”. Aliás, no mesmo dia, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, repudiou a suspensão considerando-a injusta, inaceitável e incompreensível.

Um dia depois, em Lisboa, o ministro dos Negócios Estrangeiros anunciou que não ia mudar a política de Portugal para com a Venezuela. “A política externa portuguesa é muito estável, clara e simples, toda a gente a entende”, insistiu o ministro. “A nossa expectativa é que a Venezuela levante a suspensão, porque não há motivo”, insistiu.

A TAP reagiu à sanção imposta pelo executivo de Maduro, referindo que “não compreende” a suspensão de voos que lhe foi aplicada, garantindo que esta é uma “medida gravosa”, que prejudica os passageiros e orçando em 10 milhões de euros os prejuízos pela suspensão, por 90 dias, dos seus voos duas vezes por semana entre Lisboa e Caracas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Afastado juiz que disse que "fechar as pernas" impedia agressão sexual

Um juiz de Nova Jersey, nos Estados Unidos (EUA), que disse que fechar as pernas poderia evitar uma agressão sexual foi impedido de presidir um tribunal, tendo sido afastado da Suprema Corte do Estado. Segundo noticiou …

"Tofu nunca causou uma pandemia", publica PETA em outdoors

A organização de direitos dos animais PETA está a incentivar os norte-americanos a experimentar tofu, através de anúncios em 'outdoors' nos Estados Unidos (EUA) onde defendem que o produto de soja "nunca causou uma pandemia". A …

Portugueses estão menos preocupados com a pandemia, mas apreensivos com a economia

O grau de preocupação com a pandemia diminuiu de 80,9% durante o estado de emergência para 76,2% no estado de calamidade, mas os portugueses estão mais alerta quanto ao impacto na economia, conclui um inquérito …

Nova morte, saqueamentos e protestos. Minneapolis vive caos após homicídio de George Floyd

Um homem foi encontrado morto a tiro, na madrugada de hoje, suspeito de ter sido vítima dos protestos, em Minneapolis, contra a morte de um homem negro sob custódia policial. Durante a noite de quarta-feira, milhares …

Filho de Deeney tem problemas respiratórios. Jogador foi alvo de abusos por recusar treinar

O futebolista Troy Deeney, capitão do Watford, revelou que tem sido alvo de abusos e comentários depreciativos, por ter recusado voltar aos treinos, face aos problemas respiratórios do seu filho. “Vi comentários em relação ao meu …

Parlamento aprova alargamento de apoios a todos os sócios-gerentes afetados pela pandemia

O parlamento aprovou hoje, em votação final global, um texto final que alarga os apoios no âmbito do `layoff´ aos sócios-gerentes das micro e pequenas empresas afetadas pela pandemia covid-19, independentemente do volume de faturação. Com …

Pandemia de covid-19 alimenta corrupção na América Latina

A propagação da Covid-19 na América Latina está a alimentar a corrupção nos vários países que a integram, que vai desde a inflação dos preços a situações de aproveitamento económico e de ligações entre políticos …

Mais de 500 católicos portugueses contra proibição de comunhão na boca

Mais de 500 católicos portugueses, entre leigos e sacerdotes, apelaram à Conferência Episcopal Portuguesa para revogar a proibição de os fiéis receberem a comunhão na boca, por causa da pandemia de covid-19, informou na quarta-feira …

Adeptos recusam devolução dos bilhetes. Bayern distribui dinheiro por clubes amadores

Os adeptos do Bayern renunciaram ao direito de serem reembolsados pelos bilhetes comprados para os jogos até ao final da temporada. O clube decidiu distribuir o dinheiro pelos emblemas amadores da região da Baviera. Tal como …

Trabalhadores acusam TAP de pagar abaixo do salário mínimo a tripulantes em lay-off

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) acusou hoje a TAP de não estar a pagar o previsto na lei do ‘lay-off’, indicando vários casos em que a remuneração é inferior …