Portugal vai receber imigrantes do navio Lifeline

António Cotrim / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

O ministro da Administração Interna revelou que Portugal vai acolher imigrantes resgatados pelo navio alemão Lifeline, que navega há uma semana no Mediterrâneo com centenas de pessoas a bordo sem autorização de desembarque.

Falando a propósito da crise humanitária gerada pelo fenómeno das migrações, durante a audição na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, Eduardo Cabrita indicou que o navio humanitário alemão Lifeline vai poder atracar hoje em Malta, tendo o Governo local pedido a Portugal e a outros países para acolher os imigrantes que estão a barco.

Segundo o ministro da Administração Interna, as centenas de imigrantes a bordo do Lifeline serão acolhidos por vários países, incluindo Portugal. Entre os migrantes a bordo estão mulheres e crianças.

O navio não recebeu autorização para atracar em Itália e navegou durante vários dias sem ter um porto de abrigo como destino, devido às dificuldades levantadas pelos países do sul da Europa.

Durante a audição parlamentar, motivada por requerimentos do PSD e do CDS/PP relacionados com os meios aéreos de combate a incêndios e limpeza de terrenos, Eduardo Cabrita salientou que Portugal é um dos países que melhor integra os imigrantes, ocupando o segundo lugar na lista europeia.

Ainda relativamente à questão das migrações, o ministro da Administração Interna garantiu que o país participará com “responsabilidade e solidariedade” na resolução à escala europeia daquele problema.

Eduardo Cabrita referiu também que Portugal foi o sexto país que recebeu mais imigrantes vindos da Grécia e de Itália, tendo colocado em prática vários programas de recolocação.

O governante adiantou igualmente que Portugal está a preparar um outro programa para receber refugiados de países terceiros, sendo disponibilizada aos interessados informação útil sobre Portugal como país de acolhimento.

Recorde-se que o ministro do Interior italiano, Matteo Salvini, tem recusado receber migrantes resgatados no Mediterrâneo, situação que começou com o navio Aquarius e que só foi desbloqueada com a oferta do primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, de acolher o barco no porto de Valência.

Entretanto, o cargueiro dinamarquês Alexander Maersk, que transportava 108 migrantes resgatados ao largo da Líbia, foi finalmente autorizado a atracar em Pozzalo, depois de três dias de espera frente a este porto do sul de Itália.

Porém, Salvini, que também é vice-primeiro-ministro e chefe do partido de extrema-direita Liga, já reafirmou que não aceitaria mais navios humanitários das organizações não-governamentais que socorrem os migrantes ao largo da Líbia a entrarem nos portos italianos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …

Japão diz que é seguro libertar água radioativa de Fukushima no Pacífico

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão afirmou esta segunda-feira que é seguro libertar água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico, de acordo com o jornal local Japan Today. A central nuclear, recorde-se, sofreu …

Dez autarcas e quatro clubes entre os 68 acusados na operação Ajuste Secreto

O Ministério Público da Feira deduziu acusação contra 68 arguidos, incluindo dez autarcas e ex-autarcas, quatro clubes desportivos e os seus respetivos presidentes, no âmbito da operação "Ajuste Secreto". Numa nota publicada no seu site oficial, …

Poluição do ar em Sydney entre as 20 piores do mundo devido aos incêndios

A poluição do ar em Sydney, a maior cidade da Austrália com mais de cinco milhões de habitantes, está hoje entre as 20 piores do mundo devido ao fumo dos incêndios no leste do país. "Sydney, …

Audições da RTP sobre "Sexta às 9" aprovadas pelos deputados

Os deputados da comissão parlamentar de Cultura e Comunicação aprovaram "por unanimidade", esta terça-feira, as audições da diretora de informação e do presidente da RTP sobre o programa "Sexta às 9". O grupo parlamentar do PSD …