Portugal está contra quarentena obrigatória para quem chega ao país

Manuel de Almeida / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

Portugal mostra-se contra a quarentena obrigatória para quem chegue ao país. No entanto, o Ministério da Administração Interna admite negociações a nível europeu.

Portugal não considera impor quarentena obrigatória a quem chegar ao país, mas poderá vir a adotar esta medida no quadro de negociações da União Europeia, escreve esta terça-feira o Diário de Notícias.

O Ministério da Administração Interna diz que o país “apoia a posição da Comissão Europeia de que não devem ser adotadas, unilateralmente, quarentenas de caráter geral”.

Vários países europeus têm imposto quarentenas de 14 dias a quem chega ao país, mesmo que não apresentem sintomas da covid-19, como é o caso de Espanha.

Questionado sobre eventuais negociações bilaterais com outros países para isentar os cidadãos portugueses desta obrigação, o ministério tutelado por Eduardo Cabrita garante que “Portugal não se pronuncia sobre as decisões soberanas de outros Estados Membros para combater a pandemia e às quais ficam sujeitos os cidadãos portugueses que passem pelas respetivas fronteiras”.

Admitindo negociações com os outros Estados membros da União Europeia, o Ministério da Administração Interna aponta para o “restabelecimento gradual da livre circulação” na Europa.

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, explicou que os emigrantes ficam de fora desta obrigação quando passarem por Espanha para regressar ao território português: “As possibilidades de os emigrantes regressarem por via terrestre existem, como sempre existiram”.

O controlo de fronteiras terrestres com Espanha mantém-se até 15 de junho e não há voos comerciais, pelo que a circulação de pessoas entre os dois países é muito restrita, explica ainda o DN.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Um título como este não é claro.
    Quando diz Portugal, está a falar mais precisamente de quê?
    Dos portugueses? De uma sondagem? Ou de uma posição oficial tomada por alguém?
    É que não é a mesma coisa. E dizer simplesmente Portugal, sem mais contexto, é demasiado abrangente.
    Já o título do DN, que este artigo cita, por enquadrar o contexto da afirmação/posição, torna-se muito mais claro, e menos passível de enganos. Clareza é preciso, mais ainda nestes tempos.

    • Caro leitor,
      Obrigado pelo seu reparo.
      “Portugal está contra” e “portugueses estão contra” são obviamente títulos diferentes.
      Quando um governante, nessa qualidade, anuncia uma posição do seu governo, é a “posição de Portugal” sobre o assunto.
      É este o caso — razão pela qual não consideramos que o nosso título esteja incorreto ou pouco claro.

  2. À semelhança do que aconteceu nos Açores, Portugal não pode estar contra nem a favor, simplesmente, porque a Constituição não o permite. O que talvez possa fazer, ainda à semelhança dos Açores, é pedir às pessoas que façam voluntariamente a quarentena. Caso não queiram, ser-lhes-á impedida a entrada. Penso que é assim, agora, nos Açores mas posso estar enganado. De qualquer maneira, já se sabe que isto não irá acontecer.

RESPONDER

Vacina da Johnson & Johnson chega esta semana. Portugal recebe 30 mil vacinas na quarta-feira

As primeiras 30 mil vacinas da Janssen, do grupo Johnson & Johnson, vão chegar a Portugal na próxima quarta-feira. Portugal vai receber, já na próxima quarta-feira, o primeiro lote de 30 mil vacinas da Janssen. No …

Reembolsos do IRS já começaram a ser processados (e chegam “a meio desta semana”)

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) já começou a processar os primeiros reembolsos do IRS e o valor deverá chegar à conta dos contribuintes a meio desta semana, avançou à Lusa o secretário de Estado …

Todos os anos, caem mais de 5 mil toneladas de poeira extraterrestre na Terra

A Terra está constantemente sob uma chuva de poeira espacial. Após duas décadas de recolha de material na Antártida, uma equipa de cientistas conseguiu quantificá-la: caem cerca de 5.200 toneladas de micrometeoritos a cada ano. Os …

Encontradas três "estrelas fracassadas" ultrarrápidas. Estão prestes a autodestruir-se

Uma equipa de cientistas identificou as três anãs castanhas de rotação mais rápida já encontradas. Estas estrelas, conhecidas como "estrelas fracassadas" estão a girar tão depressa que podem estar prestes a desfazer-se. Usando dados no Spitzer …

“É como ser queimado com ácido quente“. Planta venenosa australiana causa dores que podem durar anos

Os "cabelos" da planta gympie-gympie causam uma picada tão tóxica que a dor pode durar anos. Esta pode ser encontrada nas florestas australianas. A gympie-gympie, ou dendrocnide moroides, é um tipo de arbusto que recebe o …

Sporting 1-1 Famalicão | Leão volta a tremer e vê Porto a 6

Segundo empate consecutivo do Sporting na Liga NOS, e pelo mesmo resultado, 1-1. Na recepção ao Famalicão, o líder do campeonato começou bem, marcou, mas sofreu um golo de imediato e nunca mais se encontrou …

Arqueólogos descobrem túnel medieval na Polónia. Tinha restos mortais de 18 carmelitas

Uma equipa de arqueólogos descobriu um cemitério medieval onde estava sediado um mosteiro do século XIV. No local foi ainda encontrado um túnel com dezoito esqueletos de padres carmelitas. A descoberta ocorreu em Jaslo - uma …

Militantes apoiados pelo Al-Qaeda defendem uso de mel contra a covid-19

O Al-Shabaab, um grupo rebelde islâmico apoiado pela Al-Qaeda, apela ao boicote à vacina da AstraZeneca contra a covid-19. A alternativa é "cominho preto e mel". A vacina da AstraZeneca não está apenas a levantar preocupações …

Em menos de um ano, a polícia foi chamada a intervir pelo menos nove vezes na mansão dos Sussex

A vida nos Estados Unidos não tem sido fácil para os duques de Sussex. No último ano, a polícia da Califórnia foi chamada pelo menos nove menos à mansão onde o casal habita desde que …

Rivalidade entre China e Índia é obstáculo à maior aproximação entre os BRICS, diz especialista

Apesar de os BRICS representarem "o tipo de relações entre países que queremos no século XXI", a rivalidade entre a Índia e a China ainda é um obstáculo a uma maior integração, dizem os especialistas. Na …