Portugal está falido, avisam economistas alemães

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

O ministro das Finanças, Mário Centeno

Da Alemanha chegam sérios avisos a Portugal e críticas ao governo de António Costa pela voz de dois reputados economistas. Um defende mesmo que o país está “falido” e que a saída do Euro pode ser a única alternativa de salvação.

Esta opinião é defendida pelo ex-economista chefe do Deutsche Bank, Thomas Mayer, que, em declarações divulgadas pela Rádio Renascença, constata que é preciso chamar os “bois pelos nomes” e assumir que Portugal está “falido”.

Para o comprovar, Mayer nota que “basta olhar para a dívida pública portuguesa, superior a 130% do Produto Interno Bruto (PIB)”, conforme realça a Renascença.

Este economista nota ainda que se não fosse o rating da agência financeira DBRS, o país estaria em sérios apuros. “Assim que a DBRS reduzir o rating, Portugal deixa de se conseguir financiar no mercado”, alerta Mayer que diz também, que o crescimento de 1,5% previsto pelo governo, para 2017, é demasiado baixo.

Mayer critica ainda o fim das reformas iniciadas pelo governo de Passos Coelho, alinhando pelo discurso do ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schäuble, e defende que Portugal devia adoptar medidas como “mais horas de trabalho, mercados de trabalho mais flexíveis, talvez uma taxa de desemprego mais alta temporariamente”.

Caso contrário, “resta uma única alternativa, sair do Euro”, salienta Mayer.

Para o ex-consultor do Boston Consulting Group, Daniel Stelter, também citado pela Renascença, o mais “racional seria sentarmo-nos, reestruturar a dívida, fazer reformas”. “E olharmo-nos olhos nos olhos e perguntar: quem consegue aguentar o espartilho do Euro e quem não consegue”, conclui.

ZAP

PARTILHAR

80 COMENTÁRIOS

  1. Muita lata este senhore ex-economista chefe do Deutsche Bank, Thomas Mayer… Chamando os bois pelos nomes… o Deutsche Bank é que tem uma divida de multas para pagar… por venda irregular de produtos financeiros… eram para ser 14 mil milhões mas fizeram acordo para 5 mil milhões… Falam dos outros é para desviar a atenção dos seus próprios problemas…

    • Não é necessária muita inteligência para saber que o país que tem mais de 60% do PIB penhorado é um país falido.
      E o dia que o Deutsche Bank tremer arrasta toda a porcaria que é a UE.
      E não é nenhuma mentira que Portugal nunca devia ter entrado no euro.

    • Pois mas a Alemanha ou as empresas Alemãs tem toda a ligitimidade de falarem pois são eles que nos financiam e tem défice 0 aliás produzem a sério o Zé Povinho quer esquerda para se encostar ao balcão de um café a ver futebol ou em casa a ver novelas vergar a mola pouco direitos muitos deveres residuais depois temos um país de opurtonistas que roubam o país á descarada fazem se de vítimas e o PS paus de todos os males já faliu o país desde 74 três vezes e vamos a caminho da quarta vez e quem está no governo a aplicar as mesmas políticas de o último que feche a porta por isso continue a ignorar os factos e continue a falar de 5 ou 14 mil milhões recuperáveis quando o Sócrates gastou 70 mil milhões não recuperáveis em só 6 anos duplicando a dívida para o dobro com a consequente terçeira falência do país as mãos desse partido outro facto

  2. Muita dor de corno os alemães têm por não aturar-mos mais nazis chulos e por o caminho alternativo estar a funcionar muito melhor que a austeridade nazi!!

    • O problema dos alemães é que contavam continuar a chular-nos e a esfarrapar-nos até ao osso. Para isso, estavam à espera que Passos se mantivesse como primeiro ministro, visto ser um subserviente sem igual face á Merkel. Como o “tiro lhes saiu pela culatra” e este primeiro ministro tem mais personalidade e “bate o pé”, lixaram-se.
      Agora resta ir fazendo jogo sujo pra ver se o barco vira e “metem” lá o amigo subserviente Passos outra vez.

  3. Vindo o aviso de quem vem… não podemos levar a sério.
    Que olhem primeiro para dentro de casa (deutsche-bank), e depois podemos ouvi-los com toda a atenção…
    Até posso concordar com eles em relação ao “euro”. Foi o nosso maior erro… não estávamos preparados para isso, assim como grande parte dos países da zona euro. Vamos ver o que acontece com a Itália…
    Quando aderimos ao “euro” existia muito desequilíbrio entre todas as economias, que se agravou mais com a moeda única…

  4. Diz o cego para o paralítico “não vejo onde queres chegar”
    Portugal está falido (com elevada probabilidade)e o Deutche Bank está como?
    Portugal deve alguma coisa ao DB para estar a apontar para aqui?
    Thomas Mayer vai cantar para outro lado!

  5. E qual é a novidade? Portugal não tem dinheiro e quem está minimamente por dentro do assunto sabe isso há muito. Não é uma novidade.
    Efetivamente, Portugal está falido. No mesmo sentido, não é preciso ser-se um Nostradamus para profetizar que Portugal nunca conseguirá pagar a dívida que tem atualmente e que diariamente cresce. A solução… só mesmo renegociando dívida com um forte perdão dos credores, isto entrar de vez nos eixos, aumentar o grau de informação e educação dos portugueses de forma a serem mais exigentes com o poder político, começar a tolerar pessoas ricas, incentivar a criatividade e a inovação desde cedo, criar estímulos à fixação de multinacionais em Portugal, pôr as universidades de uma vez por todas alinhadas com as necessidades do tecido empresarial,…. Isto é… não há solução para as próximas décadas, considerando a mesquinhez e ignorância generalizada que grassa neste país. O que o país precisa é de uma verdadeira transformação cultural e de mentalidades e isso é sempre algo que leva décadas a realizar.

    • É sempre bom perceber que há alguém que se refere à “mesquinhez e ignorância generalizada que grassa neste país”, assim sempre se vai percebendo que ao menos, ainda há eruditos devidamente capacitados para rotular o resto dos portugueses de estúpidos ignorantes e mesquinhos.
      Pena que não se resolvam a salvar a pátria…

      • criticar é fácil e generalizar pode ser equivoco mas não tenha duvidas que o comentário foi na mouche sobre o problema de Portugal. somos um pais atrasado em termos de educação e pobre em termos de geração de riqueza que vive como os ricos e desenvolvidos.

  6. Realmente é preciso ter lata!
    Só estou de acordo na saída do euro! Nunca devíamos ter aderido e muito menos sem referendo! Esta europa a duas velocidades condenou os países menos preparados como o nosso!
    Voltarmos ao escudo desvalorizaria a moeda na ordem dos 30%, mas tornaria Portugal mais competitivo!
    Para finalizar…Thomas Mayer, vai dar banho ao cão!

  7. Este ex Responsável do Detsch Bank já foi ou vai ser incriminado pela sua gestão e desempenho que poderá constituir mais uma grande catástofre no sistema financeiro Europeu. Devolveu ou vai devolver as enormes gratificações que recebeu pela valorização (negativa) do Banco para os accionistas e o enorme descalabro do valor do banco ?

  8. Tem também uma certa piada que não nos queiram no euro. Já não dá jeito. Temos atualmente uma balança de pagamento superavitária e a Alemanha já não se pode “encavalitar” no nosso contributo antes deficitário para a moeda, para embaratecer as exportações alemãs. Mas há que dizê-lo que com perdão (âmbito mais abrangente que reestruturação da dívida) não direi que não há saída do euro. Torna-se para mim num cenário ponderável.

  9. O Duetsche Bank está falido!!! Lá estão os GERMS a desviar as atenções…
    Já chega de estes senhores e de esta europa massacrar as economias mais vulneráveis para encher os bolsos… se calhar a solução é mesmo sair do euro e seguir o nosso caminho sozinhos, pelo menos seriamos independentes e capazes de seguir o nosso caminho bem ou mal… esta europa está podre!

  10. É verdade que a situação de Portugal não é famosa já quanto a sair do Euro eu penso que quem está a mais e a destruir tudo é a Alemanha. É também ela a principal beneficiária da Europa e do euro forte.

  11. Ó viajante! Não é “aturar-mos” é aturarmos sem hífen. Vai mas é para a escola.
    Onde é que tu viste escrito “aturar-mos”? Heim?

  12. Ó viajante! Os nazis já morreram e estes não são nazis. Tu a falar é que me pareces um autêntico nazi. Os alemães de agora não tem de pagar as favas do que os outros fizeram.

    • então também não tem que usufruir do que os outros roubaram e mataram. ou abdicam das regalias indemnizando os familiares das pessoas que assassinaram e devolvendo o que roubaram ou então foram, são e serão para sempre NAZIS, NAZIS, NAZIS, NAZIS, NAZIS, NAZIS, NAZIS, NAZIS, NAZIS, NAZIS, NAZIS, NAZIS, NAZIS, NAZIS.

      • Eles farão isto quando o senhor resolver devolver aos pretos os anos, décadas e séculos de escravização a que os seus antepassados os submeteram. Enquanto não o fizer, será sempre ESCRAVAGISTA, ESCRAVAGISTA, ESCRAVAGISTA, ESCRAVAGISTA, ESCRAVAGISTA, ESCRAVAGISTA, ESCRAVAGISTA, ESCRAVAGISTA, ESCRAVAGISTA, ESCRAVAGISTA, ESCRAVAGISTA… Quer começar por onde? Talvez por Wiriyamu? Vai mas é… não digo, que sou bem educado!

  13. É curioso ver como, no seio da Europa, têm sido os alemães e só os alemães a mandar bitates, que são estratégicamente colocados no tempo. Repare-se que neste mês de Dezembro irão sair as “notas” de classificação da divida portuguesa, pela DBRS. Habilmente, os alemães exercem uma espécie de pressão sobre a DBRS, por via do lançamento de notícias “venenosas”, num jogo que já se começa a tornar habitual.
    Portugal está a pagar a tempo e horas aos credores, tem registado diminuição de desemprego, embora lenta, teve o melhor crescimento económico da UE e foi mesmo caso único num governo de esquerda, em 42 anos de democracia registou os mais baixos níveis de despesa pública (nem governos de direita conseguiram igual), apesar de terem aumentado reformas e reposto muitos dos cortes feitos pelo anterior governo. Esta postura alemã é vergonhosa e nada séria.

  14. Só quem não quer ver, ou é funcionário publico, é que não vê a realidade. Portugal está falido á muito tempo. Quando a França aumenta o horário dos funcionários públicos de 35 para 38 horas nós cá reduzimos para 35. Os outros (privado), os que realmente pagam isto tudo, continuamos na mesma. Portugal está falido sim. O Costa não nos meta areia nos olhos. Os alemães também falam demais, isso é verdade, mas não deixa de ser verdade que nunca deveríamos ter entrado no euro. Provalmente não teríamos 3 ou 4 LCDs em casa e telemóveis topo de gama mas vivíamos de certeza melhor. Portugal podia ser um paraiso na europa.

  15. Ora bem, a ser verdadeira a notícia, hoje é complicado saber-se o que é verdadeiro, ou se foi aquilo que a pessoa quis mesmo dizer, esse senhor economista (Thomas Mayer), 1º, devia debruçar-se como o Banco de que foi ex-economista chefe, está no estado em que está?…e qual a preocupação com Portugal? e não com outros Países?…em 2º o que teria levado Portugal ao estado em que se encontra?…será que a culpa é exclusiva dos políticos portugueses? (do Povo não é, com certeza)…Em 3º quem estará ou estaria interessado que Portugal saísse da União Europeia?….4º Será que daqui a algum tempo ainda haverá União Europeia e Euro?….Será que algum dia a Alemanha virá a ter uma qualquer hegemonia e comando da Europa?…Pois eu respondo a esse Mayer, com a minha opinião “NUNCA” …nem o conseguiram pela lei das armas na 1ª e 2ª guerra mundiais e muito menos agora o conseguirão através da economia, o tempo Sr. Mayer, já não está para esses desideratos, queira o senhor ou não, e se Portugal algum dia tiver que sair, nós Povo Português saímos de cabeça erguida, (ninguém nos perguntou se queríamos entrar, e como entramos também podemos sair) este mundo é globalizado e nós somos descobridores e comerciantes e temos muito com quem negociarmos, até não sei quem nesta altura, faz mais falta a quem?….é ver as suas taxas de juro e as nossas Sr. Mayer, e de exploração estão os portugueses e muitos europeus fartos, o que tiver de acontecer que aconteça, nós Portugueses, não temos medo nem somos piegas como alguém que vocês tanto gostam, certo dia pediu!!

  16. à muito tempo escreve-se há muito tempo. 35h para 38h??? 35h chega e sobra pois muitos não têm o que fazer; é esperar que alguns vão reformados.
    Dívida???? Nós não temos dívida. Se e repito, se gastámos o que não devíamos é porque alguém nos emprestou….certo??? Esse alguém é que tem de assumir o risco da boa cobrança avaliando a capacidade de Pagamento do Devedor. Se estimou de forma errada só tem duas hipóteses: 1- perdoar a dívida totalmente ou parcialmente, 2- esmifrar o devedor e o mais provável é receber apenas uma pequena parte até o devedor sucumbir e 3- dilatar o prazo de pagamento, não abusar nos juros e ajudar o devedor a delinear estratégias para reduzir um pouco a despesa mas investindo para produzir, gerar lucro e ir pagando a dívida. Não há campo que dê colheita sem que seja cultivado e regado. Estes SENHORES QUE TIVESSEM ADIVINHADO A SOBREVALORIZAÇÃO DO MERCADO IMOBILIÁRIO E ESTARÍAMOS TODOS MUITO MELHOR. QUANTO ÀS EMPRESAS DE RATING, NÃO ME LEVEM A MAL, MAS NÃO TÊM QUALQUER CREDIBILIDADE, MUITO MAIS QUANDO SÂO REGIDAS POR INTERESSES POLÍTICOS.
    VIVA PORTUGAL… VIVA A GERIGONÇA…VIVA AO SÓCRATES…. VIVA AOS DOIS SUBMARINOS QUE ANDAM POR NÃO SEI ONDE….VIVA A VW E TODAS AS OUTRAS MARCAS SÉRIAS ENVOLVIDAS EM ESCÂNDALOS…. VIVA O BES… O BANIF…. O BPN…. ETC…. E TAL
    MAS QUANDO ANDAVAM TODOS DE BOLSOS CHEIOS, SEM SABER COMO PRODUZIAM PARA TAL, NINGUÉM RECLAMAVA 🙂

    • Caro smile, com tamanho poder de argumentação relativamente a como não se pagar o que se pede emprestado, vejo que é useiro e vezeiro em não pagar as suas dívidas, na sua opinião não foi a mão que deu uma bofetada, mas sim a cara que se precipitou na direção da mão!
      Com este tipo de honestidade, realmente o País nunca ha-de ir em frente… também já todos percebemos os principios políticos que apoia, que não são diferentes do seu…

  17. Infelizmente os problemas de Portugal com o dinheiro vêm de longe. Já por altura dos descobrimentos apenas víamos o dinheiro passar a caminho das cidades do norte da Europa. Recentemente e durante muitos anos importávamos tudo e mais alguma coisa. Crédito fácil, fronteiras abertas, décadas de privação no consumo, um mundo de facilidades, um banco de Portugal que sempre se assumiu como o principal defensor dos bancos e não como o seu supervisor, governos irresponsáveis que não só gastavam o que não tinham como incentivavam particulares e empresas a endividarem-se em força (e isso fez-se com deduções ao IRS dos valores gastos na compra de habitação própria incentivando a construção e o endividamento de empresas e particulares, políticas comerciais agressivas por parte da banca a que o regulador fez vista grossa, permanente incentivo às empresas a endividarem-se mediante linhas “bonificadas”, atrasos permanentes nos pagamentos aos fornecedores do estado, transferindo assim a necessidade de financiamento do estado para as empresas,…).

    Resultados:
    Sistema financeiro por um fio.
    Tecido empresarial totalmente endividado e descapitalizado (e tirando um ou dois setores) com forte dificuldade em ser competitivo à escala global.
    Estado obeso e faminto de mais receitas.
    Centros de decisão económicos totalmente dominados por entidades estrangeiras.
    Mas felizmente temos um país alcatroado de norte a sul. Maravilha.

    Em síntese: isto não tem ponta por onde se lhe pegue nas próximas décadas.

    • Que pena que eu tenho destes garotos que mandam bitaques sem saber do que falam….
      Que pena que eu tenho dos meus e dos teus filhos…

    • Grande verdade, os problemas do empobrecimento e falência de Portugal já remontam ao tempo dos ditos Descobrimentos, nessa altura roubava-se outros continentes para depois lançarmos os espojos na Holanda, Itália ou seja nunca soubemos ser ricos.
      Portanto não é nenhuma novidade, Portugal está falido e jamais conseguirá pagar a dívida. Jamais.

      • Ó Pereiro… tem toda a razão. Quem nos tirou a pinta logo no início foram os Romanos. Olharam para nós e disseram: mas que raio de povo é este que nem se governa nem se deixa governar?!

  18. Não há problema, quando precisar-mos de mais dinheiro sabemos muito bem à porta de quem teremos que ir bater! Qualquer das maneiras depois de Salazar já ninguém mais exerceu matemática neste país.

  19. esses bandalhos já se esqueceram da dívida que lhes foi perdoada pela europa quando esses nazis perderam a guerra tenham vergonha de se focarem só no meu PAÍS .OU SENTEM SE MAL POR TERMOS FINALMENTE UM PRESIDENTE DA RÉPUBLICA COMO NÃO ME LEMBRO DE TER ,E TENHO 60 ANOS O MAL DO NOSSO GRANDE PAÍS É HAVER MUITOS SAUDOSISTAS E PARASITAS VIVA PORTUGAL!!!!!!!!!!!!!!!!

  20. esses boschs estão a chover no molhado. há quanto tempo dizem o BE e o PCP que temos que sair do euro e que a divida tem que ser renegociada. por cá os direitolos berram que nem touros enraivecidos em defesa dos pobrezinhos a quem há bem pouco tempo colocaram no mais baixo nivel de pobreza alguma vez visto em Portugal, numa doentia perseguição a esses malvados pobres que viviam à custa do estado, qual santa inquisição que chegou ao ponto de penhorar bolos em pastelarias. esta canalha é um bando de cataventos imbecis querendo indicar direcções que distraiam as atenções dos roubos e outras canalhices que eles andam praticando com toda a impunidade.todos pendurados numa corda e mesmo assim ainda era um gasto exagerado de corda.

  21. ESta falido???? Possivelmente sim,.. nem sei. Terei de me informar e aprender com os alemães,…porque não sei. Aproveito e até pergunto também:

    Caso seja verdade,… as falencias existem? Ou são estágios de uma determinada fase do comercio? Nenhuma até hoje foi recuperada?

    O capitalismo não aceita as falências? Ou vê-as como natural evolução da vida negocial ? Estou em séria dúvida…, sempre julguei, (e fui educado por um sistema capitalista onde me diziam que uma falencia era o contrario de um negocio bem sucedido) que era aceite, até mesmo como ultima instancia, a aprendizagem dentro da evolução. Isto é, uma falencia, logo que honesta, e analisados os seus erros de gestão ou circunstancias, até era uma fonte de informação positiva à evolução do tecido empresarial. Já não é? Fui mal educado?

    Normalmente,.. matam-se os falidos? Ou entregam-se os Empresários ( neste caso os Países) à escravatura??!!!

    Os falidos, mesmo nos regimens super capitalistas são irrecuperáveis? Ou tomam o estatuto de pobres e escravos para o resto da vida? Será que podem e devem declarar honestamente falencia para novamente recuperar e de novo começar a trabalhar no bom sentido das suas novas vidas? Ou não é possivel?

    As falencias,, honestamente declaradas e com causas que ultrapassam a honestidade, são crime?

    Tanto quanto sei, nos USA ( País pai do capitalismo aberto) são preferidos e até por vezes obrigação curricular, os gestores de empresas antes falidas do mesmo ramo. Têm maiores conhecimentos, dizem os apoiantes desta teoria.

    “Os ALEMÃES NÃO FALIRAM DEPOIS DA SEGUNDA GUERRA? OS USA E ATÉ PORTUGAL, NÃO COLABORARAM PARA A SUA RECUPERAÇÃO E BOM SENTIDO? ” Já recuperaram????????????????!!, já estão ricos outra vez? Não sabia…. Parece que esse povo não tem experiência de falencias. NÃO AS CONHECE….! As falencias dos outros serão garbo dos alemães? Parece que sim, não conhecem, nunca passaram por essas circunstancias.

    Acho que mais haveria para dizer, julgar e concluir acerca da consideração destes gestores de boca cheia. Mas enfim, mais não vale,.. Deus é grande e naturalmente não se esquecerá da atitude alemã perante os pequenos que puxou intencionadamente para a Europa.

  22. Quantos milhões de euros já pagámos em juros a estes senhores?
    Não pagámos sempre a tempo e horas? O que eles querem é que a situação dure quanto mais tempo melhor.

  23. Tempo de meditar. Quem gasta mais do que ganha acaba sempre mal e assim na vida um Pais que gasta recursos que não possui acaba da mesma forma não tem como mudar o comboio, vamos pagar caro o devaneio destes governantes medíocres.

  24. vindo de quem vem não merece a mínima atenção mas infelizmente é uma informação totalmente acertada sobre o estado da nação: continuamos falidos.
    a reestruturação devera ser feita mas apenas quando a trajetória da divida se inverter e com este novo governo alternativo só irá piorar.
    a jogada do governo é ganhar folga se conseguirem reestruturar mas os mercados não irão vacilar se a trajetória pre reestruturação não for diferente da que estamos outra vez a seguir. a despesa do estado com o suporte artificial da suposta classe media neste pais continua a enterrar a nação.

  25. Lamento o masoquismo de quem escreve e publica estas notícias. De certo que na mesma altura aconteceram coisas boas em Portugal que poderiam ser igualmente ser publicadas . Alguém diz o que lhe apetece e é transformado em acontecimento ! Muitas pessoas trabalham, empenham-se para que o país vá para a frente e não se escreve nada a propósito. É triste !

  26. Para os senhores BASTÃO e TUGA72

    BASTÃO
    Com tantas “nuvens negras” o melhor mesmo é mandares-te já da ponte… Phonix!

    TUGA72
    Que pena que eu tenho destes garotos que mandam bitaques sem saber do que falam….
    Que pena que eu tenho dos meus e dos teus filhos…

    Do que referi anteriormente é que os prezados senhores discordam?
    Será do Sistema financeiro por um fio. – Não é preciso sequer ser da área para o saber. Se não fossem os estrangeiros (angolanos, espanhóis e chineses) a comprarem praticamente a banca toda, já grande parte dos bancos teria fechado. Isto para além do resgaste e dos processos de recapitalização.

    Tecido empresarial totalmente endividado e descapitalizado (e tirando um ou dois setores) com forte dificuldade em ser competitivo à escala global. – Acredite que pela minha atividade profissional sei muito bem do que falo. Se tiver dúvidas informe-se através dos quadros setoriais do Banco de Portugal. De resto, as empresas em Portugal já nascem descapitalizadas. Continua com dúvidas? Informe-se e perceberá as razões.

    Estado obeso e faminto de mais receitas. – É um exagero o peso da fiscalidade face à capacidade da nossa economia em gerar riqueza. É um facto. Existem de resto muitos estudos comparativos a nível internacional.

    Centros de decisão económicos totalmente dominados por entidades estrangeiras. – Nem vale a pena dizer mais nada. Só mesmo quem anda muito distraído é que poderá pensar o contrário.

    O caro TUGA72 é que deveria ter um pouco mais de moderação nos seus comentários. Para começar está a chamar garoto a uma pessoa de 59 anos. Pelo seu nome (Tuga72) presumo que seja um “garotito” nascido em 72. Segundo, pelo seu comentário dá bem para perceber que o senhor deve viver alienado deste país numa outra qualquer realidade e assim comenta sem fazer a mínima ideia do que diz. E como não tem argumentos apenas recorre ao insulto. Mas se é feliz assim…

    • Amigo Paulo Futre
      Concordo, quase na generalidade, com tudo o que escreveu. O meu “reparo”, humoristico (porque obviamente não estava a mandá-lo atirar-se da ponte em sentido mais literal) visou apenas alertá-lo para o facto de que, não devemos pôr a cabeça na areia, claro, mas temos de ter um espirito mais optimista. Já provámos ser um povo resiliente e lutador, estou convicto por isso que também vamos sair desta crise. Não vai ser fácil, para mais que de vez em quando vão aparecendo uns alemães de competencia duvidosa e com interesses ainda mais duvidosos, a mandar umas “coisas” para os jornais para criarem a confusão e instalarem a desconfiança nos mercados relativamente a nós. Estou em crer que vão ser mal sucedidos pois quando Scheuble falou (há uns tempos) fazendo o mesmo jogo sujo contra nós, no dia a seguir o juro da divida publica até baixou nos mercados, em todos os prazos. Com inumeros problemas e fragilidades por ultrapassar que bem referiu, temos hoje um defice dentro do que está acordado (abaixo dos 3%), estamos a pagar a tempo e horas os nossos compromissos, o Estado foi o menos despesista desde 1974 ( e com um governo de esquerda, o que é ainda mais curioso), o nosso crescimento foi o maior da UE (e não apenas pelo consumo privado como muitos dizem, mas também pelo aumento das exportações), o desemprego baixou, pouco, é certo, mas baixou, e tudo isto deve servir de estimulo para todos nós, até porque são dados oficiais (Eurostat e INE).
      Em suma, não devemos “assobiar para o lado” perante os nossos problemas mas devemos focalizar a nossa atenção no que está a melhorar caso contrário entramos numa espiral neurótica que será sempre mais parte do problema do que da solução.
      Um abraço para si e muita força para todos nós

  27. Confesso que acho piada a uma série de comentários que aqui leio. Leva-me a pensar se esta gente tem a devida sanidade mental ou se se encontra bem informada. Então Portugal não está falido? Mas qual é a dúvida? Deixem a DBRS baixar o nosso nível de risco e já vão perceber finalmente a realidade em que o nosso país se encontra. Esperemos que tal nunca aconteça. Será que não compreendem que se isso acontecesse o resultado imediato é que o estado português deixaria num curtíssimo prazo de ter dinheiro para pagar salários e assumir as suas responsabilidades? Ahhh!!!! Não sabiam? E pensam que iam ao multibanco levantar dinheiro como bem entendiam?!! Lembrem-se da Grécia, da Argentina, da Venezuela. Preparem-se para filas. Muitas filas.
    Como disse, esperemos não chegar a esse ponto. Muito embora não seja apoiante do atual governo reconheço que o Costa tem sido um bom equilibrista (e neste caso não o digo de forma depreciativa) e está a aguentar bem o barco tendo em conta as fortes vagas que tem pela frente. Mas basta uma para afundar o barco. Força timoneiro.

  28. Estes nazis, andam sempre a ladrar contra todos os governos que nao lhe lambam as botas. Estavam habituados com Passos, sempre a correr para Berlim a pedir a bênção dos nazis. Como este governo nao lhes presta vassalagem, tentam derruba-lo com estas atoardas.

  29. Alemães não dizem nenhuma novidade.
    Portugal está mesmo falido !
    O facto da dívida ser impagável, e o facto de Portugal continuar a aumentar a dívida soberana ( bateu novo recorde com Costa, em 133,5% do PIB ), é sinal de falência.
    A solução e atitude dos últimos governos portugueses, é não falar no problema, deixar as coisas a arrastar até ao facto consumado – acabar o euro ou sermos corridos.
    Curiosamente o PCP é o partido mais realista na análise da situação do país, aconselhando preparar a saída.
    O BE tem a solução mais infantil – “não pagar aos nossos credores, mas obrigá-los a emprestar-nos dinheiro” !!
    Os restantes partidos preferem não falar nisso para já !
    Se ainda há dúvidas, olhem o gráfico:
    http://www.tradingeconomics.com/charts/og.png?url=/portugal/government-debt

  30. espero que nao seja verdade “portugal esta falido” o que me preocupa nao sao os alemaes, mas a divida que portugal tem que pagar, sera que teremos dinheiro pra isso?

  31. Continuam parte dos Portugueses a terem uma miopía superior a 80%,senão vejamos:- quantas vezes a Alemanha chamou a Tróia? Qual o país no mundo que consegue sobreviver com uma dívida real de 150%(não 130%, como mentirosamente dizem)Crescimento de 1,9%. Um Governo de 70 elementos, querem desmentir os economistas Alemães que Portugal está tecnicamente falido? A queda imediata será operada com o aumento da taxa de juro do BCI que não pode continuar mais 2 anos com taxas negativas, assim como a deminuição das receitas do Turismo. Já verificaram que no último semestre a nossa balança foi deficitária? As exportações ficaram muito abaixo das importações. Mais não digo porque devo estar a falar para 60% dê cegos.

  32. esta falido porque nao tem mais colonias para roubar,viveram seculos como parasitas da coisa alheia, quando o dinheiro acabava era so aumentar o imposto de algum povo sob seu dominio. pais abortista, socialista que sonha com reinados passados…..

    • Como se vê em practicamente todas as ex-colonias de países europeus, os ladrões ficaram lá e os resultados estão à vista!…
      É olhar bem para esses países e nota-se logo quem anda a roubar e a viver como parasita…
      Desde que se tornaram independentes, ficaram logo paises super-desenvolvidos… ou não…
      Portugal, mesmo falido e sem “roubar as colónias” ainda consegue ficar muito à frente em todos os indicadores de desenvolvimento humano e ter o dobro do PIB per capita do Brasil!!
      Pensa nisso!…
      .
      Se tivesses alguma cultura/educação saberias que a Alemanha destruiu a Europa 2 vezes com duas Guerras Mundiais e que é o maior caloteiro da Europa, além de que as sua colónias, principalmente em África, ficaram muito bem tratadas e são o paraíso na Terra…

  33. Se o DEUTSCH BANK quebrar, quebra toda a Europa! ai os Russos vão cobrar as almas de vocês pelo gás! É bom começarem a pensar no BRASIL PARA NÃO MORREREM DE FRIO!

    • Realmente, só se lê barbaridades por estas bandas! Pessoas que gostam de mandar bitaites para todo o lado mas que não têm, nem procuram o mínimo de informação. Vou-te fazer um grande favor porque estou com uma crise de generosidade (às vezes acontece-me antes de ir dormir) e informar-te que os países da Península Ibérica não consomem gás russo. O resto, se tiveres curiosidade (o que duvido) procura saber com o teu próprio esforço. Quanto a pensar no Brasil para não morrer de frio, não sei se é alguma referência subtil aos fogos da Amazónia ou de outra coisa qualquer. De água quente nas torneiras não é com certeza, porque não a têm.
      Outra coisa: Na internet, escrever com maiúsculas significa gritar. Por acaso estavas a gritar? Se sim, poderás explicar a razão de tal alarido?

  34. É o socialismo fazendo suas vítimas. Não adianta atacar o mensageiro, nem buscar desculpas. O cerne de problema é o sistema político. Não há almoço grátis. A Grécia passou por algo semelhante, guardadas as devidas proporções, e só melhorou com fórceps no sistema político. O povo gritou, esperneou, mas teve de render-se à realidade dos fatos. Se o povo não se unir para mudar está realidade vai sofrer muito mais tempo. Alguem escreveu que falência nao é escravatura, mas também não será um mar de rosas. Vai ter sérias consequências na vida do povo. Aceitem o aviso e tomem providências antes que a convulsão social arrebente tudo.

    • Mais uma vítima da ignorância!!
      Socialismo é enterrar milhares de milhões na banca enquanto se corta nos serviços públicos essenciais?!
      Deve ser um socialismo muito moderno!…

  35. Não é necessária muita inteligência para saber que o país que tem mais de 60% do PIB penhorado é um país falido.
    E o dia que o Deutsche Bank tremer arrasta toda a porcaria que é a UE.
    E não é nenhuma mentira que Portugal nunca devia ter entrado no euro.

  36. NADA DE NOVO NO REINO DOS SOCIALISTAS. ISSO E O QUE TODA A GENTE ESTA A ESPERa: NOVA BANCA ROTA. VOTARAM NELES, mas uma das solucoes e a saida do euro, a outra e o presidente demitir este governo para as coisas nao piorarem. OS ESPECIALISTAS DAS BANCAS ROTAS NO SEU MELHOR!

  37. Olha quem é ele… mais um parasita incompetente da mafia financeira que vive da especulação e da dedesgraça dos outros e, mesmo assim, conseguiu pôr o Deutsche Bank como se sabe!…

    • só me assusta as pessoas que não querem ver a realidade
      estamos dentro de um balão de ar quente que quando rebentar morremos de frio
      muita gente quer encobrir o está para acontecer..

      • Sim, e também há muitos (como este vigarista mafioso do Deutsche Bank e a máfia financeira em geral) que vivem da especulação e das crises que provocam/ajudam a provocar, para manter sempre a “carneirada” debaixo da sua alçada!…
        De qualquer maneira, tal como referi no comentário anterior, como se tem visto na ultima década, a Alemanha (sendo o maior exportador do mundo!) é o país que provoca mais desigualdades no Euro e, se não fizesse parte do Euro, certamente que este seria mais amigo das economias mais pequenas…

  38. Estes senhores descobriram a pólvora, Portugal sempre gastou mais que a riqueza produzia, fez flor nos reinados com os Diamantes vindos do Brasil, de Angola e com algum da Guiné da guiné menos porque também tinha menos diamantes, mesmos na ditadura para Portugal não recorrer a empréstimos o povo viveu na miséria, depois do 25 de Abril mais concretamente fez flor com os milhões que vieram por dia, os Diamantes já foram, os milhões que vieram por dia também já acabaram, resumindo nunca tivemos governantes a pensar no País nem nos reinados nem na República, nos reinados fizeram foi grandes Palácios e Palacetes, com os milhões que vieram desde 1985 não fizeram Palácios nem Palacetes mas distribuíram-no pelas clientelas politicas sem qualquer controle, e hoje estamos nesta situação, continuamos sem políticos com sentido de Estado, basta ver os actuais políticos que ideias apresentam para o futuro de Portugal? Zero, vão entretendo o Povo com o empurrar de culpas á boa maneira de quem não tem ideias para o nosso futuro nem propostas e como as aplicar, além de empresários dignos do nome Empresário termos meia dúzia deles os restantes só existem porque vivem sobre a protecção do Estado que somos todos nós, aos anos que digo enquanto Portugal não começar a criar riqueza para pagar o que deve e dar bem-estar ao Povo Portugal nunca irá sair da cepa torta, bem podem os políticos acusarem-se uns aos outros e as claques partidárias defenderem as suas Damas que não vão resolver um problema que tem décadas, Portugal na criação de riqueza está atrasado em dezenas e dezenas de anos.

  39. No currículo do Thomas Mayer constam passagens no Salomon Brothers e no Goldman Sachs, isto é, escândalos financeiros, fraudes e outras práticas desonestas. Não esquecer que o Goldman Sachs é um dos principais responsáveis pela crise financeira da Grécia. O próprio Deutsche Bank tem sérios problemas que já levaram a considerar uma solução semelhante à que foi aplicada no BES, a criação de um banco mau. Não se pode levar este homem a sério ou correremos o risco de começarmos a cometer erros de difícil resolução.

  40. UMMMMMMM DESCONFIO desta NOTICIA vou e as NOTICIAS GERAIS sobre a ALEMANHA E ler os COMENTARIOS eos DEPOIS pensarei sobre os ASSUNTO zzzzzzzzzzzzz………………
    a.g.p.

  41. Acho interessante muitos aqui falarem do povo alemão sem nunca terem vivido e interagido de perto com o mesmo nos tempos de hoje. Perguntem aos milhares de emigrantes na Alemanha se tem problemas com o povo alemão. Por incrível que pareça, os emigrantes portugueses na Alemanha tem mais problemas com o seu próprio povo do que com o povo alemão. E porquê? Porque continuam a ter a mentalidade “pequena”, com inveja do que outro conterrâneo conseguiu alcançar, com receio que outro conterrâneo lhe roube o lugar, com a necessidade de mostrar aos outros conterrâneos que vive bem na Alemanha (ou outro país qualquer em que esteja emigrado).
    Na generalidade, o povo alemão hoje em dia é bem tolerante, educado e prestável.
    Os funcionários públicos na Alemanha trabalham em média 41 horas por semana! Qual é o motivo para em Portugal apenas trabalharem 35 horas semanais se Portugal já tem uma despesa pública elevada?
    Antes de criticarem os alemães, vejam como é que eles evoluíram como nação após a 2ª Guerra Mundial. Deixo-vos aqui um vídeo muito interessante que vos dá uma breve ideia como é que a actual sociedade alemã está estruturada: https://www.youtube.com/watch?v=5nn8ve82mHc
    Eles tiveram perdões de dívidas e empréstimos, mas eles souberam aproveitar-se disso para evoluir tecnologicamente, algo que Portugal não soube e não sabe fazer, pois não soube e não sabe aproveitar os fundos comunitários para evoluir o país, mas sim para enriquecer alguns “amigos” dos Estado.
    Problemas como por exemplo o escândalo da VW: antes de criticarem o povo alemão, lembrem-se da quantidade de estrangeiros em quadros superiores nessas grandes empresas (podemos falar de turcos, indianos, italianos, japoneses, austríacos, suíços… até portugueses, como é agora o caso do CEO do grupo PSA que detém a marca alemã da Opel)…

    • Já cá faltava!…
      Baralhas tudo e não dizes nada!!
      Mas alguém falou do povo alemão (em geral) ou de emigrantes rafeiros que andam na Alemanha (etc) a fazer cenas?
      Como é que sabes quem “interagiu” ou não com o “povo alemão”?
      E, nem uma palavra sobre o economista vigarista ou sobre a máfia do Deutsche Bank?
      Muito bem…
      Então a VW faz a maior burla de sempre da industria automóvel e o problema agora são os quadros estrangeiros?!
      Hahahaaaa!…
      Com vários casos de fraude e corrupção dos maiores da Europa (Siemens, MAN, Deutsche Bank, Commerzbank, Federação Alemã de Futebol (DFB), Ferrostaal, etc, etc) e queres ver que afinal os alemães são todos santinhos e a culpa é toda dos estrangeiros?
      Está boa…. até o Hitler era “estrangeiro”!…
      .
      O Carlos Tavares é CEO da PSA desde 2014 e antes esteve muitos anos na Renault (e Nissan) e, nunca esteve envolvido em nenhum casos de fraude, burla ou corrupção – como estão muitos alemães!!

  42. Não disse nenhuma mentira!
    Mas não é o povo que tem que pagar a dívida do país pois não foi o povo que a criou. Foram e continuam a ser os grandes corruptos que reinam em Portugal.

  43. Boa noite a todos,
    Sou português de alma e juramento feito.
    Verifico que parte dos meus compatriotas levam a vida de uma forma fácil, como se fosse possível.
    Gastam mais do que ganham e poupança nem se fala. A nossa economia e desenvolvimento depende da cada economia e capacidade de produzir de cada um de nós. Esta é a verdade. a economia portuguesa depende de cada formiguinha portuguesa.
    Mas sabemos que há muitas formiguinhas que estão abaixo da sua capacidade produtiva e também formigões que se aproveitam das formigas trabalhadoras…
    Bom, deixo esta fábula á consideração de cada um de vós.
    Um abraço Natalício

  44. Com a leitura desta reportagem sobre factos estragados e notícias de mau-agoiro, fiquei aqui a pensar com os meus botões…
    Por onde andará o aluno bem modelo da Europa? E o CR5 das Finanças…?!

    • É o mesmo!!
      E isso já é mais do que suficiente para se perceber que algo vai muito mal com este sistema!…
      Mesmo sendo o bom aluno e com o CR7 das finanças, afinal estes “experts” dizem que país continua falido… felizmente houve dinheiro para salvar a banca, como a de onde vem este vigarista, perdão, economista – e que até foi um dos que muito contribuíu para a crise…
      E, com cortes na saúde, na educação, etc, etc (para depois dar milhares de milhões à banca), ainda há que fale em socialismo!…

  45. Sim, e também há muitos (como este vigarista mafioso do Deutsche Bank e a máfia financeira em geral) que vivem da especulação e das crises que provocam/ajudam a provocar, para manter sempre a “carneirada” debaixo da sua alçada!…
    De qualquer maneira, tal como referi no comentário anterior, como se tem visto na ultima década, a Alemanha (sendo o maior exportador do mundo!) é o país que provoca mais desigualdades no Euro e, se não fizesse parte do Euro, certamente que este seria mais amigo das economias mais pequenas…

RESPONDER

Cientistas perto de provar que microgravidade inibe crescimento de tumores

Cientistas já testaram com sucesso em laboratório que a microgravidade inibe o crescimento de tumores. Agora, os investigadores querem testar em órbita. Onde quer que esteja, Stephen Hawking permanece presente na ciência, e os seus mais …

Vibrações provocadas por "estrelamotos" permitem precisar a idade da Via Láctea

Os tremores estelares registados pelo telescópio espacial Kepler, da NASA, ajudaram a responder a um antigo enigma sobre a idade do "disco espesso" da Via Láctea. Uma equipa de cientistas, liderada por investigadores do Centro de …

Este casaco foi desenhado para nos ajudar a dormir em qualquer lado

A britânica Vollebak lançou um casaco, inspirado nos astronautas, que facilita a ideia de poder dormir, literalmente, em qualquer lado. A pensar em todas aquelas pessoas que gostam de fazer uma sesta ou outra, independentemente do …

DJ Juice WRLD morre aos 21 anos

A estrela do hip-hop norte-americano Juice WRLD faleceu este domingo (8), depois de sofrer convulsões no Aeroporto de Midway, em Chicago, avança o TMZ. O rapper tinha feito 21 anos a 2 de dezembro. De acordo …

"A Favorita" arrebata prémios do cinema europeu

O filme "A Favorita", do realizador grego Yorgos Lanthimos, arrecadou oito prémios da Academia de Cinema Europeu, numa cerimónia realizada em Berlim. "A Favorita" conquistou, entre outros, os prémios de Melhor Filme Europeu, Melhor Comédia, Realização …

Belenenses 1-1 Porto | "Dragão" escorrega e deixa fugir líder

O FC Porto não foi além de um empate na visita ao Jamor, ante o Belenenses. André Santos abriu as “hostilidades” e Alex Telles, na marcação de uma grande penalidade, fixou o resultado final. Com esta …

Caligrafia desleixada de Isabel I denuncia-a como a tradutora anónima de um livro romano

A rainha Isabel I de Inglaterra foi identificada como a tradutora anónima do livro "Anais" de Tácito. As idiossincrasias da sua caligrafia acabaram por ser fundamentais para a descoberta. Na análise a uma tradução de século …

Hashtags políticas como #MeToo tornam as pessoas menos propensas a acreditar em notícias

Tendem a passarem despercebidas, mas as hashtags são mais importantes do que julgamos. A questão que se impõe é: serão benéficas para a saúde democrática da Internet? Uma hashtag (#) é uma marca funcional, amplamente usada …

Sporting 1-0 Moreirense | "Leão" resolve à cabeçada

O Sporting regressou às vitórias na Liga NOS, embora não sem sentir algumas dificuldades, em especial no ataque. Os "leões" bateram o Moreirense por 1-0, numa partida em que remataram muito (28, máximo na Liga até …

Orçamento do Estado. "Sentido de voto do BE está completamente em aberto"

A coordenadora do BE afirmou, este domingo, que o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", desejando que o Governo socialista atenda às reivindicações bloquistas. "Fizemos uma …