Portugal com 21 917 casos e 31 mortes nas últimas 24 horas. Internamentos sobem

Há mais 125 doentes hospitalizados, num total de 1938. O número de pacientes nas unidades de cuidados intensivos também aumentou, sendo agora 174, mais seis do que no último boletim da DGS.

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 21 917 novas infecções por covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direcção-Geral da Saúde, voltando a contabilização a descer depois dos recordes batidos na semana passada.

A maioria foi dos novos casos foi identificada na região do Norte (8937), seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo (7938), Centro (2078), Madeira (1232), Algarve (796), Alentejo (532) e Açores (404).

Mais 31 pessoas perderam a vida com a doença. A nível das regiões, a maior parte dos óbitos ocorreu em Lisboa e Vale do Tejo (17), seguindo-se o Norte (seis), o Algarve e o Centro (três cada), e a Madeira e o Alentejo (um cada). Não houve nenhuma morte nos Açores.

O número de internados subiu para 1938, mais 125 do que ontem. Nas unidades de cuidados intensivos estão agora 174 pacientes, mais seis do que no último boletim

Há mais 18 083 recuperados e também mais 3803 casos activos, num total de 331 158. Mais 20 217 contactos de risco estão também em vigilância, sendo o valor total 301 161.

A incidência, tanto a nível nacional como só no continente, é de 3840 casos por 100 mil habitantes. Na última actualização divulgada na sexta-feira, a incidência era de 3813,6 a nível nacional e 3790 casos de infecção em território continental.

Portugal está no quadrante mais escuro da matriz de risco e o r(t) está nos 1,13 a nível na nacional, tendo descido relativamente aos dados de sexta-feira, quando se encontrava nos 1,19.

1 906 891 portugueses foram infectados com covid-19 desde o início da pandemia, tendo 1 556 399 recuperado. No total, 19 334 pessoas morreram com a doença.

  Adriana Peixoto, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE