Portugal vai receber 100 refugiados da Grécia

António Cotrim / Lusa

O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

Portugal vai receber cem refugiados que estão em campos na Grécia no âmbito de um acordo entre os dois países, podendo este número chegar aos mil no próximo ano, anunciou o ministro da Administração Interna.

O acordo foi alcançado durante a visita de dois dias que Eduardo Cabrita efetuou ao país. “Os dois países vão apresentar à Comissão Europeia um projeto de programa bilateral de transferência de refugiados da Grécia para Portugal”, disse o ministro.

O programa vai começar com um projeto piloto de 100 pessoas, podendo depois ser alargado, ao longo de 2019, até cerca de mil refugiados. Segundo Eduardo Cabrita, a estas pessoas será atribuído um estatuto legal definido na Grécia.

Na sequência de entrevistas que vão ser realizadas por equipas portuguesas em campos de refugiados na Grécia, vai ser atribuído a estas cem pessoas o estatuto de refugiado.

O ministro referiu que, para já, ainda não é possível estabelecer uma data quanto à chegada destes cem refugiados a Portugal, dependendo da realização das entrevistas de seleção e da apresentação da proposta conjunta à UE.

Eduardo Cabrita explicou que existem na União Europeia recursos disponíveis para apoiar processos de integração, sublinhando que a proposta apresentada à Comissão Europeia “tem fundamentalmente a ver com o modelo de financiamento”.

Eduardo Cabrita sublinhou que este acordo é encarado pelos governos de Portugal e Grécia “como um contributo para que se encontrem na Europa soluções permanentes e estáveis para tratar à escala europeia o tema das migrações e refugiados”.

Durante a visita à Grécia, Eduardo Cabrita teve encontros com os ministros gregos da Política de Migrações, do Interior e da Proteção dos Cidadãos, além de ter visitado na ilha de Samos, o contingente da Guarda Nacional Republicana e do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, integrados em missão da agência europeia de controlo de fronteiras Frontex.

O ministro da Administração Interna avançou ainda que, na terça-feira, chegaram a Portugal sete refugiados sírios que tinham deixado Portugal e estavam na Alemanha.

“Chegaram hoje as primeiras sete pessoas no âmbito do programa bilateral com a Alemanha sobre o controlo de movimentos secundários”, disse, frisando que Portugal foi o primeiro país da União Europeia a assinar um acordo desta natureza.

Segundo o ministério, este acordo agiliza o processo de retoma relativamente a pessoas que, tendo inicialmente solicitado proteção internacional num dos países, tenham também indevidamente solicitado o mesmo estatuto no outro, ou que aí permaneçam em situação irregular.

Um comunicado entretanto divulgado pelo Ministério refere que estas sete pessoas, duas das quais menores, vão ser acolhidas no Centro de Acolhimento do Conselho Português para os Refugiados, em Loures.

Também na semana passada, Cabrita anunciou que Portugal vai receber 150 refugiados do Egito no mês de novembro. Ao abrigo do programa europeu de reinstalação, o país manifestou disponibilidade para acolher mais de mil refugiados até ao final de 2019.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

João Félix coloca Benfica nas meias-finais da Taça

Um golo de João Félix, aos 14 minutos, bastou para o Benfica garantir hoje o apuramento para as meias-finais da Taça de Portugal em futebol, no encontro dos quartos de final com o Vitória de …

Hernâni marca no final do prolongamento e apura FC Porto para as 'meias' da Taça

O FC Porto, da I Liga, apurou-se hoje para as meias-finais da Taça de Portugal em futebol, após derrotar no prolongamento o Leixões, da II Liga, por 2-1, com Hernâni a fazer o golo do …

Eleito o destino turístico mais barato para 2019 (e Portugal fica à espreita)

O complexo Sunny Beach, na Bulgária, foi eleito o destino mais barato para turistas em 2019, de acordo com um estudo levado a cabo pela British Post Office, que analisou preços dos 42 pontos turísticos mais …

Netflix está a ser processada por causa de "Bandersnatch"

O episódio interativo de Black Mirror, que estreou no final do ano passado, não agradou à Chooseco, a editora responsável pela série de livros Escolhe a tua Aventura. A 28 de dezembro estreou o mais recente …

Piloto belga "admitiu" ter assassinado o secretário-geral da ONU em 1961

Dag Hammarskjöld, secretário-geral da ONU, morreu na queda de um avião quando tentava negociar a paz no Congo, e o desastre continua a ser investigado até hoje É um mistério com mais de cinco décadas cujo …

Acordo para o Brexit chumbado. Plano de May esmagado no Parlamento

O Parlamento britânico chumbou, por uma esmagadora maioria, o acordo de saída da União Europeia negociado pela primeira-ministra Theresa May. O líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn, aproveitou a derrota histórica de May para …

Senador italiano chamou “orangotango” a antiga ministra e foi condenado a pena suspensa

A justiça italiana condenou esta segunda-feira o senador da extrema direita Roberto Calderoli a 18 meses de prisão, com pena suspensa, por comparar, em 2013, a ministra da Integração, Cécile Kyenge, com um "orangotango". O tribunal …

Num restaurante do Dubai, deixar comida no prato dá multa (e é mais cara que a refeição)

Com o Dubai a tornar-se mais consciente do desperdício de alimentos, um restaurante lembrou-se de uma maneira de fazer com que os clientes não deixem comida no prato. O restaurante Gulou Hotpot, em Al Barsha, uma …

Roma e a Igreja em guerra milionária por causa das moedas da Fontana di Trevi

As moedas que os turistas lançam à Fontana di Trevi, um dos rituais mais populares entre quem visita Roma, está a causar problemas na relação entre a Igreja e a capital italiana. A câmara de Roma …

Frente Comum marca greve nacional da função pública

Os sindicatos da Frente Comum da Administração Pública decidiram marcar uma greve nacional para o dia 15 de fevereiro, anunciou Ana Avoila no final de um plenário realizado esta terça-feira em Lisboa. “Foi decidido marcar um …