Portugal investiga pouco subornos a agentes públicos estrangeiros, revela relatório

Manuel Araújo / Lusa

A acionista maioritária, Isabel dos Santos, durante a inauguração da Unidade Mobilidade Elétrica EFACEC

Um relatório da Transparência Internacional, divulgado esta terça-feira, revelou que Portugal faz pouco para investigar os crimes de pagamento de suborno a agentes públicos estrangeiros, algo que não melhorou nos últimos quatro anos.

O relatório, citado pelo Público, mostrou que, desde 2016, apenas quatro casos foram investigados no país, sem sanções. “A aplicação efetiva da lei contra a corrupção no comércio internacional em Portugal é dificultada pela falta de recursos, pela falta de especialização em crimes económicos e pela lentidão do sistema judicial no tratamento de casos”, apontou.

No documento recomendam-se “meios adequados e recursos à Unidade de Inteligência Financeira” para que “possa gerir e investigar adequadamente, aumentando o volume de relatórios de transações suspeitas e realizar análises estratégicas para identificar as tendências e padrões da lavagem de dinheiro e do financiamento do terrorismo”.

Portugal mantém uma ação moderada contra a corrupção. Dos 47 países avaliados, 35 não aplicaram praticamente as leis de suborno estrangeiras, apenas com os Estados Unidos, o Reino Unido, a Suíça e Israel a agir ativamente contra a corrupção nesse contexto. A China não abriu uma única investigação nos últimos quatro anos.

“O dinheiro perdido com a corrupção no comércio internacional desperdiça milhões de dólares que, de outra forma, poderiam ir para serviços salva-vidas como os cuidados de saúde”, disse Delia Ferreira Rubio, presidente da Transparência Internacional.

“Demasiados governos escolhem fechar os olhos quando as suas empresas recorrem à corrupção para ganhar negócios em mercados estrangeiros. Os países do G20 e outras grandes economias têm a responsabilidade de fazer cumprir as regras”, sublinhou.

Os casos investigados em Portugal relacionam-se com empresas angolanas: o ‘Luanda Leaks’, que envolve Isabel dos Santos; a aquisição por parte da empresária de participações no BPI e EuroBIC; o caso TAP/Sonair, que envolve subsidiárias da Sonangol; e um processo com a Fresenius Medical Care, que fez pagamentos indevidos em Angola.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Euro2020, 2º dia: Bélgica e Finlândia vencem em dia marcado pelo colapso de Eriksen

A Bélgica estreou-se hoje no Euro2020 de futebol com uma vitória expressiva sobre a Rússia (3-0), no Grupo B, num dia histórico para a Finlândia, mas manchado pelo colapso do dinamarquês Christian Eriksen, que lançou …

Bélgica 3-0 Rússia | Diabos belgas à solta em São Petersburgo

A Bélgica entrou com tudo nesta fase final do EURO 2020. Na noite deste sábado, os “diabos vermelhos” andaram à solta e silenciaram São Petersburgo. A Bélgica entrou hoje com o pé direito no Campeonato da …

Um braço robótico conseguiu ajudar um paciente a sentir o mundo

Recentemente, um implante neural permitiu que as pessoas escrevessem uma mensagem apenas com o pensamento. Agora, um novo braço robótico controlado por um implante está a criar curiosidade por conseguir enviar feedback tátil para o …

Dinamarca 0-1 Finlândia | Todos a pensar em Eriksen

A Finlândia venceu o seu encontro de estreia em fases finais de Campeonatos da Europa, num jogo em que o mais importante não foi o resultado final, mas sim a luta de Eriksen pela vida. A …

Polícia chinesa prende mais de mil suspeitos de lavagem de dinheiro com criptomoedas

As autoridades chinesas intensificaram o controlo de esquemas que envolvem criptomoedas e prenderam mais de 1.100 suspeitos de usar os ativos digitais para lavagem de fundos ilícitos. A mega operação ocorreu em 23 províncias, regiões e …

#CancelCanadaDay. População quer pôr fim ao Dia do Canadá

Uma cidade canadiana e uma "Primeira Nação" do país cancelaram formalmente o Dia do Canadá alegando que não querem continuar a homenagear a "tentativa de genocídio" contra os povos indígenas. A prefeita da cidade de Victoria, …

Plástico é responsável por 80% do lixo nos oceanos

Um estudo global publicado na quinta-feira revelou que 80% do lixo encontrado nos oceanos é composto por plástico, sobretudo sacolas e garrafas. Em seguida surge o metal, vidro, roupas e outros artigos têxteis, borracha, papel …

Governo sabia da partilha de dados de ativistas russos desde março

O Governo sabia do envio para a embaixada russa dos dados pessoais dos manifestantes anti-Putin desde março. A notícia foi avançada pela RTP. Os ativistas russos revelaram que a sua queixa sobre a atitude da Câmara …

Nome "Donald" atingiu um recorde de baixa popularidade nos EUA

Donald Trump parece ter garantido que será o "Donald" mais notável dos próximos anos, já que o nome do ex-presidente dos Estados Unidos atingiu o recorde de baixa popularidade, em 2020. Um novo relatório da Social …

Euro2020. Eriksen caiu inanimado no relvado, mas já está "estável"

O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do Grupo B do Euro2020, foi interrompido ao minuto 43 depois do médio Christian Eriksen ter caído inanimado do relvado. O jogador do Inter Milão, de 29 …