População mundial pode atingir os 10 mil milhões em 2050

A população mundial está a ficar mais velha e a crescer a um ritmo mais lento, mas espera-se que suba dos atuais 7,7 mil milhões para 9,7 mil milhões em 2050, segundo o novo relatório da Organização das Nações Unidas.

O Departamento dos Assuntos Económicos e Sociais da Divisão de População da ONU divulgou um novo relatório que a população mundial pode atingir o seu pico no final do século, em torno dos 11 mil milhões de pessoas.

Mas o diretor da Divisão de População, John Wilmoth, avisou que este resultado, uma vez que 2100 ainda está à distância de várias décadas, “é incerto, e que o pico pode acontecer mais cedo ou mais tarde e num nível inferior ou superior da população total”.

As novas projeções populacionais indicam que nove países vão ser os responsáveis por mais de metade do previsto crescimento populacional até 2050. Por ordem decrescente do aumento esperado, são Índia, Nigéria, Paquistão, Congo, Etiópia, Tanzânia, Indonésia, Egito e Estados Unidos da América. Na África subsariana, a população deve duplicar até 2050.

O subsecretário-geral para os Assuntos Económicos e Sociais, Lu Zhenmin, afirmou, em comunicado: “Muitas das populações com crescimentos mais rápidos estão em países que são dos mais pobres, onde o crescimento populacional traz desafios adicionais para o esforço de erradicar a pobreza”, promover a igualdade de género e melhorar os cuidados de saúde e a educação.

O documento confirma que a população mundial está a envelhecer, devido à crescente esperança de vida e à descida dos níveis de fertilidade.

A taxa global de fertilidade caiu de 3,2 nascimentos por mulher em 1990 para 2,5 nascimentos em 2019 e prevê-se que caia para 2,2 nascimentos até 2050. É necessária uma taxa de fecundidade de 2,1 nascimentos por mulher para garantir a reposição da população e evitar declínios, de acordo com a relatório.

Em 2019, a taxa de fertilidade na África subsariana foi a mais alta, com 4,6 nascimentos por mulher, com as ilhas do Pacífico, norte da África e oeste, centro e sul da Ásia acima do nível de reposição, disse o relatório. Mas, desde 2010, o país disse que 27 países ou áreas perderam 1% ou mais da sua população.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Equivocaram na reportagem, seria 9,7 bilhões “biliões” de habitantes mundial em 2050 pois só aqui no Brasil somos aproximadamente 215 milhões e estamos em 2019.

RESPONDER

Professores regressam à greve ao trabalho extraordinário

A paralisação poderá comprometer as avaliações intercalares dos alunos, alertam os sindicatos que pedem o cumprimento do horário de 35 horas semanais. A greve dos professores ao trabalho extraordinário regressa esta segunda-feira às escolas, sem data …

Caos na Síria. Bombardeamentos turcos levam à fuga de centenas de militantes do Daesh presos

Cerca de 800 militantes do Daesh fugiram neste domingo da prisão de Ain Issa, de acordo com a administração autónoma curda, que acusa a Turquia de ter dado “cobertura aérea” para que a fuga fosse …

Supremo Tribunal espanhol reativa mandado de detenção europeu contra Puigdemont

Um juiz do Supremo Tribunal de Justiça espanhol, Pablo Llarena, aceitou o pedido do Ministério Público e reativou o mandado de detenção europeu para a extradição de Carles Puigdemont. O ex-Presidente do governo regional da Catalunha …

A partir de agora, os saldos têm mesmo que ser saldos

Já estão em vigor as alterações à lei relativa aos saldos e promoções. As novas normas definem que um produto vendido em saldo ou promoção não pode ter um preço mais alto do que o …

Marcelo Rebelo de Sousa critica "instrumentalização do medo" pelo poder

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse hoje haver demasiados poderes com medo que o medo acabe, considerando a "instrumentalização do medo" para acorrentar os outros como um problema na ordem do dia. “Há …

CGTP ameaça Costa: “Ou dá resposta às reivindicações ou conta com contestação” nas ruas

O secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos, defendeu a alteração das leis laborais e o aumento do salários na próxima legislatura, avisando que caso estas reivindicações não sejam atendida, o Governo terá forte contestação nas ruas. Arménio …

Das eleições resultou um "Governo instável" e Marcelo foi "o grande ganhador sem ter participado"

Para Luís Marques Mendes, o PS teve mais votos, mas tem piores condições para governar. Além disso, na opinião do comentador político, foi Marcelo quem ganhou estas eleições, por não ter havido maioria absoluta. O Partido …

"Querem que pique a bolha?" Conselheiros do Banco de Portugal compararam Montepio ao caso BES

Numa "discussão acesa" no Banco de Portugal, conselheiros da entidade de supervisão compararam a situação do Banco Montepio ao caso BES, com referências a um "esquema de Ponzi", em pirâmide, e a ideia de que …

CGD e Novo Banco vão atrás da fortuna de Paulo Maló

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) e o Novo Banco vão tentar executar o património pessoal de Paulo Maló, médico e empresário que fundou a Malo Clinic, empresa especializada em medicina dentária, escreve o Jornal …

Comandante que desviou dinheiro da Proteção Civil recebe avença do Estado

Gil Martins foi condenado de desviar mais de cem mil euros da Proteção Civil. Ainda assim, o antigo comandante recebe uma avença de mil euros brutos por mês. O ex-comandante nacional da Autoridade Nacional de Emergência …