Políticas de natalidade: “é preciso insistir e persistir”

Estela Silva / Lusa

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas

Para Assunção Cristas, a natalidade continua a ser um problema, num país com cada vez menos nascimentos comparativamente com 1976.

Esta quinta-feira à noite, a presidente do CDS-PP defendeu, num debate organizado pelo partido, “políticas concertadas” e duradouras e que “é preciso insistir e persistir” no combate à baixa natalidade em Portugal.

Assunção Cristas participou num debate que juntou algumas dezenas de pessoas no auditório dos bombeiros de Paço de Arcos, Oeiras, distrito de Lisboa, integrado na pré-campanha para as legislativas de outubro, e que teve na assistência o presidente do município, Isaltino Morais.

A líder do CDS recordou que, quando entrou no partido, em 2007, um dos primeiros trabalhos que fez, no gabinete de estudos, foi sobre a natalidade, “numa altura em que ninguém falava do assunto”. Desde então, houve “avanços e recuos”, a natalidade continua a ser um problema para o país, com cada vez menos nascimentos comparativamente com 1976, por exemplo, mas anotou uma diferença.

“Uma coisa mudou em 12 anos, é que o tema da natalidade está na agenda de todos os partidos políticos”, independentemente das soluções que cada força política propõe. “O problema em Portugal é que não conseguimos acertar na receita, tem havido avanços e recuos”, mas “é preciso insistir e persistir”, afirmou.

Um dos recuos criticados por Cristas foi quanto ao quociente familiar, que considera todos os elementos do agregado familiar no apuramento do rendimento coletável em sede de IRS, aprovado pelo Governo PSD/CDS e que o executivo do PS substituiu depois de 2015.

Essa é uma proposta que os centristas colocaram no programa eleitoral para as legislativas, admitindo a líder centrista que, para aumentar a natalidade, “não há uma receita mágica”.

O quociente familiar existe em França e não foi posto em causa ao longo do tempo por nenhum Governo, fosse ele de direita ou de esquerda, disse. O que tem de existir, defendeu, é um mix de medidas e de políticas que passam pela fiscalidade, pelo aumento da licença de parentalidade, alargando-a, se for essa a opção, aos avós, “uma proposta que é uma marca do CDS”.

O mais importante, afirmou a presidente dos centristas, “é que as pessoas sejam felizes e tenham os filhos que querem”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Crise no PSG. Mbappé e Di Maria dispensam 70% do salário, Neymar não abdica de um euro

Visando minimizar os impactos financeiros da covid-19, o PSG reuniu com a equipa para discutir uma redução salarial. De acordo com o francês Le Figaro, não houve consenso: Mbappé e Di Maria estão dispostos a …

Bruxelas propõe Fundo de Recuperação de 750 mil milhões de euros

A Comissão Europeia vai propor um Fundo de Recuperação de 750 mil milhões de euros para a Europa superar a crise provocada pela pandemia da covid-19. "A Comissão propõe um Fundo de Recuperação de 750 mil …

Gabriel confirma recuperação. "Pronto para voltar aos relvados"

Recorrendo às redes sociais, o médio brasileiro do Benfica Gabriel confirmou que já recuperou da lesão ocular e que se encontra pronto para voltar aos relvados. "Estou recuperado e pronto para voltar aos relvados graças …

Défice está a agravar-se. Medidas contra a pandemia custaram 660 milhões ao OE

O défice orçamental em abril agravou-se em 341 milhões de euros, quando comparado com o mesmo mês do ano passado. Os impactos da pandemia de covid-19 já se estão a fazer sentir. De acordo com os …

Equipas da I Liga vão poder fazer cinco substituições até ao final da época

As equipas da I Liga vão poder fazer cinco substituições e ter nove jogadores suplentes nos restantes encontros da edição 2019/20, anunciou a Liga de clubes. "No remanescente da época desportiva 2019/20, os clubes devem designar …

António Costa avisa TAP. Plano de rotas "não tem credibilidade"

O primeiro-ministro considera que a Comissão Executiva da TAP tem o dever legal de "gestão prudente" e "não tem credibilidade" um plano de rotas sem prévia informação sobre a estratégia de reabertura de fronteiras de …

Acordo iminente entre FC Porto e PSG por Alex Telles. Dragões encaixam 25 milhões

O desportivo A Bola garante esta quarta-feira que está praticamente alcançado o acordo para a para a transferência de Alex Telles do FC Porto para o PSG. De acordo com o jornal, o negócio que levará …

Líder do CDS não descarta coligações com o Chega (nem apoio a Marcelo nas Presidenciais)

Francisco Rodrigues dos Santos disse, esta quarta-feira, que os "partidos à direita do PS" devem ter as mesmas ferramentas que a geringonça. Por esse motivo, não descarta coligações com o Chega. Numa entrevista à TSF, o …

Sem contrato com Estado, CP só tem dinheiro até junho

A CP - Comboios de Portugal enfrenta dificuldades de liquidez, não só por causa do impacto económico da pandemia, mas também porque o Estado ainda não pagou a respetiva compensação anual pelo serviço público prestado. De …

Encontradas ruínas de uma cidade chinesa construída há 5.300 anos

As ruínas de uma antiga cidade chinesa com 5.300 anos foram encontradas por uma equipa de investigadores. A descoberta revela um planeamento urbano sem precedentes. Uma equipa de investigadores encontrou as ruínas de uma antiga cidade …