Polícia iraniana parou cerca de 40 mil carros devido a mulheres com lenço mal posto

oct26driving / youtube

-

O chefe da polícia de trânsito de Teerão anunciou que nos últimos oito meses foram tomadas medidas contra cerca de 40 mil carros com mulheres que não cobriam corretamente a cabeça com um lenço.

O general Teymur Hosseini afirmou à agência de notícias Isna que “na maioria dos casos, as viaturas foram apreendidas e o dossier foi enviado para o tribunal”.

Em novembro, a polícia de Terrão tinha anunciado que seriam apreendidos durante uma semana os carros com uma condutora ou passageira sem lenço ou com este mal colocado.

Desde a revolução islâmica de 1979, a utilização do lenço na cabeça é obrigatória no Irão para as mulheres, tanto para mulheres iranianas como estrangeiras, e independentemente da sua religião.

Nos últimos anos, no entanto, tem havido mais tolerância do código de vestuário das mulheres. Nas ruas da capital e de outras grandes cidades, por exemplo, não é raro ver condutoras com os lenços sobre os ombros ou mulheres com casacos mais justos e mais curtos do que era habitual.

O presidente Hassan Rohani, um religioso moderado eleito em junho de 2013, defende uma maior abertura política e social do país, nomeadamente no que se refere ao respeito do código de vestuário.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

Responder a TU Cancelar resposta

Quim Torra perde mandato de deputado. Catalunha arrisca ficar sem Governo

O presidente independentista da Catalunha perdeu o seu mandato como deputado regional, esta segunda-feira, o que levanta dúvidas sobre a sua continuação à frente do Governo regional. Quim Torra, do partido Juntos pela Catalunha de Carles …

Herdeiros e casais têm até hoje para pedir alteração no Adicional ao IMI

Os casais e os beneficiários de heranças indivisas têm até esta terça-feira para entregar no Portal das Finanças o pedido de alteração à forma como foram tributados no Adicional ao Imposto Municipal sobre os Imóveis …

Tribunal de Contas trava medicamento "essencial" no Hospital de Guimarães

O Tribunal de Contas (TdC) recusou o visto a um contrato, no valor de 2,9 milhões de euros, celebrado pelo Hospital de Guimarães para aquisição de um medicamento considerado “essencial” para a prestação de cuidados …

Francisco Rodrigues dos Santos não se quer eternizar "na cadeira de presidente do CDS"

"À medida que as pessoas se vão eternizando nos lugares, começam a confundir o interesse público com o interesse particular". Por isso, Francisco Rodrigues dos Santos não se quer eternizar no CDS-PP. Em entrevista à TVI, …

Menos 115 deputados. Itália realiza referendo para reduzir Parlamento

A Itália organiza em 29 de março um referendo sobre a alteração da Constituição e a redução do número de deputados, uma data esta proposta pelo Governo de coligação entre o Movimento Cinco Estrelas (M5S) …

Flamengo chega a acordo com o Inter por Gabigol

Flamengo e Inter de Milão já chegaram a acordo para a transferência definitiva de Gabigol, jogador que esteve durante a última temporada na equipa brasileira por empréstimo. Segundo o portal brasileiro Globo Esporte, os dirigentes do …

Espanha quer "assaltar" o lugar de Centeno no Eurogrupo

Nadia Calviño, a número dois do Governo Espanhol, assume-se como favorita para assumir a presidência do Eurogrupo, caso o ministro das Finanças português, Mário Centeno, decida não entrar na corrida. A notícia é avançada esta terça-feira …

Dívidas de hospital de Lisboa travam compra de dois medicamentos para cancro

As dívidas do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte, que inclui os hospitais de Santa Maria e Pulido Valente, levaram o Tribunal de Contas (TdC) a chumbar a compra de dois medicamentos para um cancro …

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões da Sonangol para uma empresa de Isabel dos Santos

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões das contas da petrolífera estatal Sonangol no private banking do Eurobic, em Lisboa, para uma empresa de Isabel dos Santos, avança o Correio da Manhã esta terça-feira. …

Livro de John Bolton pode prolongar julgamento de Donald Trump

  Ao segundo dia de defesa dos advogados da Casa Branca no julgamento do impeachment de Donald Trump, caiu uma "bomba" no Senado. O livro escrito por John Bolton, ex-conselheiro de segurança nacional do Presidente dos …