“Ainda tem muito a oferecer”. Poiares Maduro vê Passos a suceder a Ursula von der Leyen na Comissão Europeia

PSD / Flickr

O ex-presidente do PSD, Pedro Passos Coelho

Miguel Poiares Maduro, ex-ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, disse, em entrevista à TSF, que Pedro Passos Coelho “tem qualidades políticas que lhe permitem aspirar a qualquer cargo político em Portugal”.

Em entrevista à TSF, o ex-ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, lançou a hipótese de o ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho vir a ser o candidato do Partido Popular Europeu (PPE) à presidência da Comissão Europeia.

“Grande admirador de Passos Coelho”, Poiares Maduro fala do que acredita serem as suas “enormes qualidades” e, como tal, “tem ainda muito para oferecer ao país e que o pode fazer de forma muito diferente”.

Segundo o ex-ministro, não faz sentido ponderar um regresso de Passos à liderança do PSD. “O próprio partido tem de demonstrar que é capaz de sobreviver a um líder político específico, e penso que ele próprio reconhece isso. Mas haverá muitas outras formas de ele ter uma participação política e de ele poder vir a ser útil, não apenas ao PSD, mas até, de forma mais importante, ao país”.

Segundo o ex-governante, Passos Coelho pode ser “útil” ao país além fronteiras. Poiares Maduros disse mesmo que “via muito bem” que o ex-presidente do PSD fosse a aposta do centro-direita europeu para suceder a Ursula von der Leyen, cujo mandato teve início há pouco mais de um ano.

Em relação à política interna, Poiares Maduro reconheceu que Rui Rio, sendo o líder natural da oposição, não tem tido um percurso tranquilo.

O presidente dos sociais-democratas “tem vivido com a tal dificuldade, a tal tensão, de não saber exatamente se o papel do PSD passa por se assumir como partido do centro que faz oposição a um PS que está mais radicalizado” ou se passa por “tentar fazer uma federação de todas as direitas, que inclua também uma tentativa de moderação da direita mais radical que tem vindo a crescer”.

Segundo Poiares Maduro, a “alternativa moderada” pode estar a contaminada pela “ideia” de eventuais alianças com o Chega. O ex-ministro disse-se “contrário a alianças com partidos radicais e, desde logo, com um partido como o Chega”.

Nas presidenciais de 2021, Poiares Maduro assume que apoiará Marcelo Rebelo de Sousa “no contexto de todos os benefícios e desvantagens de todas as candidaturas”, ainda que “não deixo de reconhecer que há aspetos do seu exercício da função que ele tem de melhorar”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. O Passos Coelho tem tantas qualidades que mesmo só sendo licenciado dá aulas na Universidade, Poiares Maduro diga quantos cidadãos sem terem cartão partidário e sendo licenciados dão aulas em Universidades, neste País a competência quase deixou de contar, o que conta é ter o cartão dos partidos do arco da Governação.

    • E se não fosse o Passos o BES ainda exisitiria, obviamente às nossas custas (CGD).
      E o homem até se livrou do problema da TAP. Porque motivo foram estes recuperar o problema para o erário público?!! Ahhh, já sei, foi para empregar a mulher do Medina e outros tantos tachistas do partido. É isso que todos nós andamos a pagar.

RESPONDER

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

 A doença misteriosa foi identificada, pela primeira vez, em 2015, num doente considerado um "caso isolado e atípico". Há quase dois anos, Roger Ellis desmaiou depois de ter tido uma convulsão durante o 40.º aniversário de …

Estudo sugere que há quatro tipos de Alzheimer

Uma equipa de investigadores sugere que há quatro tipos da doença de Alzheimer, que atacam diferentes zonas do cérebro e têm sintomas distintos. Um novo estudo sugere que o Alzheimer é uma doença bem mais complexa …

Jovens tentam salvar vidas na Índia através do Youtube. Plataforma elimina vídeos por serem "perigosos"

A Índia continua a debater-se com a grave crise sanitária desencadeada pela covid-19. Jovens indianos publicaram no Youtube vídeos a produzir oxigénio em casa, usando processos químicos ensinados nas escolas. A plataforma eliminou-os. De acordo com …

Shuvuuia era um dinossauro do tamanho de uma galinha, que caçava às escuras

Os investigadores descobriram que Shuvuuia, um pequeno dinossauro do tamanho de uma galinha, tinha uma excelente audição e visão noturna, que lhe permitiam caçar de noite. São poucas as aves que têm aquilo que é preciso …

Na China, é ilegal pedir comida em excesso nos restaurantes

A China aprovou uma lei anti-desperdício de alimentos que proíbe clientes de restaurantes de pedirem mais do que precisam, uma legislação abrangente pode prejudicar a experiência de comer fora de casa. A lei, que entrou em …

Sindicato de pilotos denuncia pedidos da TAP para voos em folga

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) denunciou pedidos da Transportadora Aérea Portuguesa (TAP) para que alguns trabalhadores efetuem voos em dias de folga, ao mesmo tempo que afirma ter pilotos em excesso. Num email …

Bayern Munique 'festeja' nono título consecutivo com goleada

O Bayern Munique coroou este sábado o seu nono título consecutivo na Liga alemã de futebol com uma goleada no triunfo diante do Borussia Moenchengladbach (6-0), num jogo com um hat-trick de Lewandowski. Antes de pisar …

A piscina infinita mais alta do mundo fica no Dubai

Haverá poucas coisas tão libertadoras como dar um mergulho numa piscina infinita com vista para o oceano. Agora, quem visitar o Dubai poderá fazê-lo numa piscina a quase 300 metros acima do nível do mar. Segundo …

"Polskie Babcie", as avós que lutam pela democracia na Polónia

Um grupo de idosas polacas organiza protestos, todas as semanas, para lutar pela democracia no país, governado pelo partido de direita nacional-conservador e democrata-cristão Lei e Justiça (PiS). É hora de ponta em Varsóvia, capital da …

Cimeira Social. Jerónimo de Sousa diz que não se respondeu aos verdadeiros problemas

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou este sábado, no Porto, que a Cimeira Social da União Europeia não respondeu às necessidades associadas ao emprego, à valorização dos salários e ao fim da precarização …