Poema na Estátua da Liberdade sobre migrantes “refere-se a pessoas vindas da Europa”

Tono Balaguer / Canva

Após a publicação de uma lei sobre a migração no país, o poema “The New Colossus”, escrito em 1883 por Emma Lazarus, está agora a provocar um debate sobre o seu verdadeiro significado.

Ao longo do tempo, a Estátua da Liberdade tem assumido um crescente simbolismo nos debates sobre a imigração do país norte-americano.

Agora, com a publicação de uma lei sobre migração, Ken Cuccinelli, diretor interino dos Serviços de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos, revelou a sua interpretação do poema escrito há 136 anos por Emma Lazarus, na base da estátua.

Cuccinelli começou a responder questões sobre o poema na segunda-feira, quando deu uma conferência de imprensa na Casa Branca.

“Estão a implementar uma regra de encargo público pela primeira vez“, disse Steven Portnoy, jornalista da CBS News Radio. “Esse sentimento — ‘dai-me os teus cansados, os teus pobres’ — ainda opera nos Estados Unidos? Ou essas palavras devem sair?, perguntou Portnoy.

Cuccinelli respondeu que “certamente não estava preparado para derrubar nada da Estátua da Liberdade” e, acrescentou que os EUA tinham uma longa história de boas-vindas aos migrantes.

O poema voltou a surgir na manhã de terça-feira, durante uma entrevista com Rachel Martin na National Public Radio. “‘Dai-me os teus cansados, os teus pobres’, os que se conseguem apoiar nos seus pés e que não se vão tornar num fardo público” explicou o oficial do governo à NPR.

O comentário voltou a ser repetido pelo funcionário da Casa Branca, na terça-feira, durante uma entrevista com Erin Burnett na CNN.

“Bem, é claro que o poema se referia a pessoas vindas da Europa, onde tinham sociedades baseadas em classes e onde as pessoas eram consideradas infelizes se não estivessem na classe certa”, disse Cuccinelli na entrevista.

No que diz respeito à interpretação do poema, Annie Polland, diretora executiva da American Jewish Society, tem uma opinião diferente de Cuccinelli. “No poema, (Lazarus) refere-se à estátua e à América como mãe dos exilados; não disse uma mãe dos exilados europeus, disse uma mãe dos exilados“, elucida.

“O que Lazarus ambicionava, era uma ideia expansiva e inclusiva dos imigrantes e a maneira pela qual os próprios Estados Unidos se definiriam ao fornecer essa segurança e oportunidade para os mesmos”, conclui Polland.

De acordo com Polland, Lazarus dedicou-se em 1881 e 1882 a ajudar imigrantes judeus da Europa Oriental. Na altura, ensinava-lhes inglês e defendia-os legalmente. “Escrevia sobre o anti-semitismo na Rússia que provocou grande parte dessa migração”, explica Polland.

A poeta e escritora era judia americana de quinta geração, de ascendência sefardita — ou seja, descendente de judeus originários de Portugal e Espanha. Os seus ancestrais foram expulsos destes países, viajaram e, em 1700, encontraram um lugar seguro para viver: os Estados Unidos.

Lazarus escreveu “The New Colossus“, em 1883, como parte de uma campanha de arrecadação de fundos para pagar o pedestal da estátua, feito nos Estados Unidos, diz o The New York Times.

A estátua ia servir de farol no Canal Suez, no Egito. Mas quando o projeto caiu, o escultor decidiu colocar a Lady Liberty no porto de Nova Iorque. O monumento foi concebido como uma celebração da liberdade, o fim da escravidão e a confraternização entre França e Estados Unidos.

DR, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Professores exigem negociações sobre progressão da carreira e ameaçam avançar para tribunal

Cerca de 50 professores concentraram-se esta quinta-feira em Bragança, onde decorre o primeiro Conselho de Ministros descentralizado, para exigir a abertura das negociações com a tutela, avisando que, se o Governo não o fizer, a …

Governo dá mais dias de férias a funcionários que se mudem para o interior

O Governo aprova esta quinta-feira em Conselho de Ministros um regime de incentivos para os funcionários da Administração Pública que decidam ir trabalhar para o interior, com ajudas de custo ou compensações financeiras e mais …

Autarquias têm mais um ano para preparar descentralização

O Governo decidiu dar mais tempo às autarquias para estas se prepararem para a descentralização. O prazo passa para o primeiro trimestre de 2022. Segundo avançou o Jornal de Notícias, citado pelo ECO, após críticas aos …

Sá Fernandes ponderou sair do Livre (e apoia eventual candidatura de Ana Gomes a Belém)

Na sua primeira grande entrevista após o caso Joacine, Ricardo Sá Fernandes, dirigente do Livre, revelou ao Observador que ponderou sair do partido e admitiu apoiar uma possível candidatura da ex-eurodeputada socialista Ana Gomes às …

Medina diz desconhecer caso do alegado falso engenheiro

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse esta quarta-feira que não ter informação sobre o alegado falso engenheiro da empresa Tanagra, com quem a autarquia celebrou vários contratos para obras públicas. A TVI noticiou …

Parlamento debate fim das comissões bancárias no MB Way e nas prestações da casa

O Parlamento debate esta quinta-feira projetos do BE, do PCP, do PS, do PAN e do PSD sobre limitação e proibição de comissões bancárias, tendo os bloquistas, que agendaram esta discussão, expectativa de que os …

Castração química. Bloco de Esquerda é contra veto a projeto de lei do Chega (e explica porquê)

A Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias considerou que o projeto de lei do Chega "não preenche os requisitos do ponto de vista constitucional". O Bloco de Esquerda votou contra e explicou …

Estado pode deixar de ganhar dinheiro com empréstimo ao Novo Banco

Atualmente, o Fundo de Resolução paga juros de 2% e 1,38% pelos empréstimos contraídos junto do Estado para financiar as medidas de resolução do BES e do Banif, respetivamente. Porém, esse valor pode descer para …

Equipa de campanha de Trump processa The New York Times por difamação

A equipa de campanha de Donald Trump processou o The New York Times. Em causa está um artigo publicado em março do ano passado. A equipa de campanha de Donald Trump alega que o jornal publicou, …

Enfermeiros que deixem de ser chefes regressam ao início da carreira

Há enfermeiros que regressaram ao início de carreira depois de terem abandonado as suas funções de chefia, revela o jornal Público. Tal como escreve o matutino, que avança a notícia esta quinta-feira, para que estes …