Pode já ser demasiado tarde para salvar o Taj Mahal

OneEighteen / Flickr

Taj Mahal, na Índia

O Taj Mahal, monumento que é cartão postal da índia, está a ficar amarelado devido à poluição. O Supremo Tribunal indiano já ameaçou o Governo: “ou restauram ou demolem”.

Há um ditado que diz que o Taj Mahal, na índia, é rosado de manhã, branco leitoso à noite e dourado quando a lua brilha no céu. Todavia, apesar de isso ter sido verdade durante muito tempo para o famoso monumento de mármore, uma mistura de poluição e má gestão sobrecarregou-o.

O monumento condenado a “letargia” dos esforços de restauração, o Supremo Tribunal indiano ordenou a restauração do Taj Mahal – ou a sua demolição.

O Taj Mahal, construído em mármore branco translucido, foi decorado com pedras semipreciosas, incluindo safira e cornalina. No entanto, o tempo passou por ele e, nos últimos quatro séculos, o monumento envelheceu e escureceu bastante, como resultado de processos naturais de oxidação.

Encharcado de chuva ácida, coberto de fuligem de chaminés industriais e domésticas e corroídos por poluentes atmosféricos, o Taj Mahal está irreconhecível.

A monumental poluição nas cidades indianas não é novidade, e Agra não é exceção. À semelhança de muitas cidades asiáticas, o aumento significativo de circulação automóvel fez com que o tráfego aumentasse e, com ele, a poluição.

Além disso, o ar sujo que emerge das chaminés das refinarias de petróleo contém poluentes – dióxido de enxofre e, principalmente, partículas à base de carbono – que têm destruído a fachada branca e brilhante do monumento lendário, dando-lhe um brilho amarelado.

Apesar de estar inserido numa zona dentro da qual as emissões são, supostamente, controladas, as fotografias do Taj Mahal mostram uma deterioração acentuada e sem igual. Os limites legais de emissão foram contestados e são diariamente contestados.

Os esgotos e resíduos industriais chegam da cidade e criam águas ricas em nutrientes que são então absorvidos pelo vento e, consequente,e depositados na pedra cada vez mais porosa do Taj Mahal. Isso permite que microrganismos derivados do rio resistam, colorindo a fachada de verde.

Além disso, dejetos de muitos insetos presentes na água do rio aceleram os danos, mas o efeito é insignificante se comparado com o dióxido de enxofre e dióxido de nitrogénio derivado dos combustíveis fósseis.

Desde 1998, uma série de institutos de investigação indianos exploraram métodos de restauração, tendo sido gastos milhões na tentativa de reverter a descoloração do monumento. No caso dos excrementos, por exemplo, estes são esfregados para que saiam das paredes do Taj Mahal, mas a erosão danifica o brilho do mármore.

Seria preciso uma limpeza frequente para manter o edifício com o seu aspeto original, algo que seria trabalhoso e muito dispendioso.

Segundo o Jornal i, tanto o Governo estatal como o federal são acusados de serem os responsáveis pela visível degradação do monumento. O Supremo Tribunal está muito preocupado com a possibilidade do edifício de 400 anos “sofrer uma preocupante mudança de cor”, pelo que encostou o Governo à parede: “ou restauram ou demolem” o edifício.

O Governo já formou um comité para prevenir a poluição em redor do monumento e, entretanto, já se começaram a sentir os efeitos de algumas das medidas sugeridas por este grupo – como o fecho de algumas fábricas perto do edifício, por exemplo. Mas, apesar destes esforços, o estado de degradação continua a evoluir.

Espera-se agora que o Taj Mahal, que atrai diariamente 70.000 turistas, consiga sobreviver e sair vitorioso desta “suja batalha”.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu quero lá saber do Taj Mahal, a minha preocupação é o Irão, a Coreia do Norte, a Venezuela, o Estado Islâmico Daesh, a Alqaeda o Al Shabat, o Hamas, os migrantes, etc.

RESPONDER

ADN antigo revela mistério do extinto macaco das Caraíbas

Uma análise de ADN do misterioso macaco extinto das Caraíbas revelou que estes animais tinham um maior grau de parentesco com os macaco-titis oriundos da América do Sul do que com qualquer outra espécie.  Há cerca …

"Queria? Já não quer?". Finalmente, o livro que revela se está ou não correto

Brevemente nas livrarias, o livro Dicionário de Erros Falsos e Mitos do Português, da autoria de Marco Neves, promete desmontar os mitos que foram construídos em redor da língua portuguesa. Não, este não é só mais um …

Itália vs Portugal | Empate valeu apuramento e primeiro lugar

Portugal foi a Milão arrancar um empate sem golos ante a Itália, em jogo do Grupo 3 da Liga das Nações, e garantiram o apuramento para a final four da Liga das Nações. Numa partida …

Vespa asiática está a propagar-se pelo centro do país

A vespa asiática, ou vespa velutina, uma espécie invasora predadora das abelhas, está a propagar-se pela região centro do país, com ninhos identificados em todo o norte do distrito de Santarém, disse hoje à Lusa …

Já há mais de mil desaparecidos nos incêndios da Califórnia

As autoridades dos Estados Unidos informaram nesta sexta-feira que o número de desaparecidos no gigantesco incêndio que queima há mais de uma semana no norte da Califórnia já superam o milhar. Em conferência de imprensa, o …

As orcas partilham traços de personalidade com humanos e chimpanzés

As orcas exibem características de personalidade semelhantes aos humanos e chimpanzés, como a brincadeira, a alegria e o afeto, de acordo com uma nova investigação divulgada pela Associação Americana de Psicologia (AAP). Investigadores em Espanha analisaram …

Manifestante morre atropelada por mãe desesperada em bloqueio dos “coletes amarelos” em França

Uma manifestante dos “coletes amarelos” morreu em Sabóia, sudeste de França, atropelada por uma condutora em pânico, disse este sábado o ministro do Interior francês, Christophe Castaner. A condutora, que levava a filha ao médico, teve …

A César o que é de César. Costa fica a saber quem manda nos deputados do PS

António Costa está "muito satisfeito" com a liberdade de voto concedida pelo líder da bancada parlamentar do PS, Carlos César, aos deputados na proposta do Governo sobre o IVA da tauromaquia. Mas o mal-estar entre …

Distracção de professora provoca lesões em 40 crianças na China

A distracção de uma professora que se esqueceu de apagar uma luz ultravioleta numa escola de Tianjin, perto de Pequim, causou ferimentos e queimaduras em mais de 40 crianças, informou esta sexta-feira a imprensa local. Os …

A Terra está a comer os seus próprios oceanos

À medida que as placas tectónicas da Terra mergulham umas nas outras, arrastam 3 vezes mais água para o interior do planeta do que se pensava - e essa quantidade de água não está a …