Pó de talco cancerígeno vale indemnização de 29 milhões a uma das mulheres afetadas

A Johnson & Johnson foi condenada a pagar 29 milhões de dólares (25,6 milhões de euros) a Terry Leavitt, mulher que alega que o amianto presente no pó de talco esteve na origem do seu cancro.

A decisão jurídica foi anunciada esta quarta-feira num tribunal californiano. A empresa, que enfrenta mais de 13 mil processos nos Estados Unidos relacionados com os seus produtos, disse que ia recorrer da decisão, alegando existirem “erros processuais e probatórios” durante o julgamento, argumentando ainda que os advogados e a mulher indemnizadas falharam ao provar que o pó de bebé continha amianto.

Este processo começou a 7 de janeiro e durou nove semanas. A empresa é ainda acusada de saber da existência de amianto e de não ter alertado os seus consumidores.

A empresa nega também que o pó de talco seja cancerígeno. Garante que existem estudos e testes feitos pelo mundo que mostram que os seus produtos são seguros e não causam cancro.

“Respeitamos o processo judicial e reiteramos que os veredictos jurídicos não são conclusões médicas, científicas ou legislativas sobre um produto”, defendeu-se a empresa, citada pelo Público.

A mulher agora indemnizada diz que usou produtos da marca no passado, nas décadas de 1960 e 1970, e que desenvolveu mesotelioma – cancro na pleura, a membrana que cobre os pulmões – em 2017. Foi um dos primeiros casos a vir a público dos que serão agora julgados em 2019.

Já em julho do ano passado, a multinacional Johnson & Johnson foi condenada a pagar uma indemnização de mais de quatro mil milhões de euros a 22 mulheres que alegavam ter cancro do ovário por utilizarem produtos da marca.

Este veredicto foi conhecido depois de seis semanas de testemunhos e alegações por parte de especialistas da defesa e da acusação. A empresa foi processada por mais de nove mil mulheres que afirmaram que o pó de talco contribuiu para o desenvolvimento do cancro do ovário — seis das 22 queixosas morreram.

Em julho, especialistas médicos confirmaram que o amianto, conhecido cancerígeno, é misturado com o talco mineral, principal ingrediente do pó talco da Johnson & Johnson. De acordo com o advogado da acusação, Mark Lanier, “a multinacional encobriu provas da existência de amianto nos produtos durante mais de 40 anos”.

Desde os anos de 1970 que a empresa sabia que o pó de talco tinha amianto, mas não avisou os consumidores. A acusação garantia ainda que foram encontradas fibras de amianto e partículas de talco nos tecidos dos ovários de muitas mulheres.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …