Playboy está de volta ao nu integral

(dr) Playboy

Capa da Playboy de Março de 2017

Capa da Playboy de Março de 2017

Um ano depois de ter banido a nudez, a revista Playboy está de volta às origens. O novo director criativo da revista sexagenária anunciou a mudança de estratégia e o regresso do nu integral a partir da edição de Março.

Em Outubro de 2015, a Playboy anunciou, para choque da sua legião de fãs, que deixava de publicar fotos de mulheres nuas. Mas essa decisão durou apenas um ano e uns meses.

O filho de Hugh Hefner, o fundador da Playboy, assinala a mudança e o regresso ao nu integral com uma publicação no Twitter onde assume que “a forma como a revista ilustrava a nudez estava ultrapassada”, mas que “removê-la por completo foi um erro”.

“A nudez nunca foi o problema porque a nudez não é um problema. Hoje, estamos a recuperar a nossa identidade e a reclamar quem somos”, sustenta Cooper Hefner.

Cooper Hefner assumiu, no ano passado, o cargo de director criativo da Playboy e já tinha contestado publicamente o fim do nu integral.

“Quando tens uma empresa e o fundador é responsável por ter começado a revolução sexual e, depois, desligas esse aspecto do ADN da empresa, removendo a nudez, faz com que muitas pessoas, incluindo eu, se sentem e digam ‘O que está a empresa a fazer?'”, disse numa entrevista recente.

“Em nome da liberdade”

Divulgação Playboy

Capa da Playboy de Março de 2017.

Capa da Playboy de Março de 2017.

Na coluna sobre a “filosofia da Playboy“, no site da publicação, Cooper Hefner justifica ainda, este regresso ao nu integral, em nome da “liberdade”, lembrando também, o passado de activismo político da revista e os tempos actuais das ameaças da Presidência de Donald Trump.

“Neste ponto da história, a discussão intelectual mais vital que podemos ter é como criar uma sociedade que seja tão livre quanto possível, sem ignorar as implicações sociais e económicas das nossas decisões”, escreve.

“Precisamos de identificar quem são os nossos aliados num tempo em que, do lado liberal, uma cultura de correcção política desencoraja o debate que pode magoar os sentimentos das pessoas e, do lado conservador, políticos se sentem confortáveis a pôr em cheque os direitos de grupos específicos na crença de que isso fará da “América grande de novo”, continua o filho do criador da Playboy.

“Independentemente das nossas orientações sexuais ou pontos de vista políticos, o que vemos na sociedade já aconteceu antes e todos concordamos que os ataques aos muçulmanos americanos, aos direitos de saúde das mulheres, à comunidade LGBTQ ou à Primeira Emenda são, na verdade, ataques a todos os nossos direitos“, constata.

Assim, o novo director criativo da Playboy reinstaura o nu com a declaração de princípios de que deveremos todos estar “prontos a defender esses direitos a todo o custo”.

A próxima edição já deverá incluir este lado mais “intelectual” e interventivo, de que Cooper fala, apostando em temas como uma entrevista à actriz Scarlett Johansson, a que maiores rendimentos teve em 2016, amealhando 1,2 mil milhões de dólares com os seus filmes; um perfil do comentador político Van Jones; um guia para ambos os sexos sobre os preservativos modernos; e uma análise sobre a pornografia de realidade virtual.

E na capa, surge a playmate Elizabeth Elam, como Deus a deu ao mundo, no seu mais natural possível, e o título “Nu é normal”.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os animais começaram a fazer sons para poderem conversar no escuro

O reino animal está cheio de diferentes vocalizações. A produção sonora apareceu há entre 100 milhões e 200 milhões de anos e a sua origem está fortemente ligada à vida no escuro. Os vertebrados são animais …

O novo líder do CDS reclama uma nova direita (e quer um partido "sexy")

Francisco Rodrigues dos Santos sagrou-se este domingo o 10º presidente do CDS, reclamando no seu discurso de vitória a herança de todos os seus antecessores, desde o fundador, Freitas do Amaral, a Assunção Cristas. O tom …

Paços 0 - 2 Benfica | “Águia” não vacila e passa pressão

O Benfica foi a Paços de Ferreira vencer por 2-0, colocando pressão sobre o FC Porto, segundo classificado, que na próxima terça-feira recebe o Gil Vicente. A formação “encarnada” foi superior na maioria dos principais momentos …

Governo reabre processo para corrigir mapa das freguesias

O Governo reabriu o processo para a correção ao mapa de freguesias, num compromisso com as associações de municípios e de freguesias, anunciou o secretário de Estado da Descentralização e Administração Local, Jorge Botelho. “Iremos retomar …

Google cria modelo de cérebro mais detalhado (e com maior resolução) de sempre

A recriação 3D do cérebro de uma mosca da fruta - que mostra 20 milhões de sinapses e 25 mil neurónios - é a que tem a maior resolução até ao momento. Uma equipa de …

Morreu Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Kobe Bryant, um dos maiores basquetebolistas de sempre, morreu na manhã deste domingo em Calabasas, Califórnia, num desastre de helicóptero. De acordo com a TMZ, Bryant viajava com, pelo menos, três outras pessoas num helicóptero privado, …

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …

A Cybertruck de Musk poderá ser "incrivelmente barata" de produzir

A Cybertruck de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, pode ser "incrivelmente barata" de produzir graças à sua inovadora tecnologia de carroçaria, afirmou um especialista em entrevista à Autoline Network. O engenheiro Sandy …

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …