O plano B de Costa com a ida “bastante provável” de Centeno para o FMI

Mário Cruz / Lusa

Luis Marques Mendes

O habitual espaço de comentário de Luís Marques Mendes na SIC ficou marcado pela ida “bastante provável” de Centeno para o FMI e pelo “sufoco dos incêndios” que nada mudou.

Para Luís Marques Mendes, a ida de Mário Centeno para diretor-geral do FMI é “bastante provável” e António Costa já tem um plano B para a sua eventual saída. Nos últimos dias tem-se falado sobre a possibilidade de o atual ministro das Finanças assumir o cargo de topo no FMI e, segundo Marques Mendes, houve “grandes desenvolvimentos” nesse sentido.

No seu entender, esta seria uma “vitória pessoal” para Centeno, mas uma enorme “dor de cabeça” para o primeiro-ministro. “Pelo que apurei, é bastante provável mas ainda não é certo ainda”, disse Marques Mendes. Certo ou não, Centeno já confirmou que vai integrar as listas de deputados socialistas nas próximas legislativas a 6 de outubro.

A saída de Centeno seria, segundo Marques Mendes, uma grande perda para Costa, que se vê obrigado a procurar uma alternativa num partido em que “as soluções não abundam”. O antigo ministro do PSD sugere duas opções possíveis: Elisa Ferreira ou Ricardo Mourinho Félix. Falou ainda de Vieira da Silva, mas o atual ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social já admitiu que se vai retirar da vida política.

De acordo com o Público, Marques Mendes também confessou que a chegada de Mário Centeno ao FMI poderia alargar o leque de escolhas portuguesas para a futura comissão de Ursula von der Leyen.

Nada mudou no “sufoco dos incêndios”

Este fim-de-semana foi marcado por incêndios no centro do país — uma situação lamentável para Marques Mendes, que se repete como há dois anos atrás. “Há muito boa gente que está indignada com o que se está a passar, com a forma com que tudo isto uma vez mais está a acontecer. Parece que tem semelhanças com há dois anos. Parece que afinal nada mudou“, disse.

O político até começou o seu discurso com uma palavra de solidariedade às populações que estão a sofrer com o “sufoco dos incêndios” e um agradecimento aos bombeiros e à proteção civil que estão a lidar com a situação.

Marques Mendes falou ainda da lei de Bases da Saúde, sugerindo que o presidente vai promulgar a nova lei, tendo em conta o que Marcelo Rebelo de Sousa “disse ou sinalizou” antes da lei ser aprovada. O político social-democrata relembra que o presidente sugeriu que vetaria a Lei de Bases “caso as PPP estivessem expressamente proibidas”.

Luís Marques Mendes falou ainda sobre a comissão de inquérito à Caixa Geral de Depósitos, realçando o “excelente trabalho dos deputados, que desta merecerem um elogio”. Deixou ainda uma palavra para o futuro, acreditando que “não vai ser possível repetir situações de promiscuidade e de créditos mal concedidos”.

Foi ainda comentado o programa eleitoral do Partido Socialista e a eleição de Ursual von der Leyen para a Comissão Europeia.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …

Se recebeu uma chamada da Tunísia, não devolva. É fraude

Clientes de várias operadoras nacionais têm recebido, nas últimas semanas, um "anormal" volume de chamadas internacionais. As operadoras suspeitam de fraude. Segundo o Jornal de Notícias, várias pessoas têm recebido chamadas de u número internacional que …

FMI avisa que vêm aí "tempos sombrios" e que "todos vão sofrer"

Kristalina Georgieva, chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), avisou que os próximos tempos serão sombrios e que todos irão sofrer. Numa introdução às reuniões da primavera do FMI e do Banco Mundial, que decorrem entre 14 …

Merkel pede paciência: situação continua "frágil"

Angela Merkel pediu paciência aos alemães e admitiu que "não será necessário" impor no país medidas mais rigorosas de confinamento. A chanceler alemã, Angela Merkel, apelou esta quinta-feira à paciência dos alemães, num momento de crescente …

Detido bilionário chinês que criticou Presidente Xi Jinping. Estava desaparecido há um mês

O bilionário chinês Ren Zhiqiang que criticou a forma como Presidente da China, Xi Jinping, lidou com a pandemia, está sob custódia das autoridades chinesas devido a uma investigação em que é o principal suspeito. …

Bloqueio dos coronabonds pela Holanda é "irresponsável"

Jean-Claude Juncker, antigo presidente da Comissão Europeia, considera que o bloqueio pela Holanda do uso do Mecanismo Europeu de Estabilidade é "irresponsável". O antigo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, considerou esta quinta-feira “irresponsável” o bloqueio …

Creche recusou receber filho de enfermeira por falta de funcionários. Meteram baixa

A creche e pré-escolar "Voar mais alto", em Setúbal, recusou receber uma criança de três anos, filha de uma enfermeira, por falta de funcionários. A notícia é avançada esta quinta-feira pelo Observador que adianta que as …

Subsídio por assistência a filhos vai ser pago 100% em toda a função pública

O subsídio por assistência a filho sobe de 65% para 100% do salário aos funcionários públicos inscritos na Caixa Geral de Aposentações. O Governo aprovou, esta quinta-feira, um diploma que aumenta o subsídio por assistência …