/

PJ apanhou Dona Branca do Banco Best, suspeita de desviar 20 milhões dos clientes

1

Banco Best em Lisboa

A Polícia Judiciária apanhou a bancária que é suspeita de ter desviado 20 milhões de euros de clientes do Banco Best. A mulher de 57 anos teria um esquema em pirâmide ao estilo da D. Branca, mas numa versão mais moderna.

A bancária terá sido detida nas últimas horas, conforme noticia o jornal Correio da Manhã, frisando que é suspeita de burla a clientes do Banco Best, que é detido em 100% pelo Novo Banco.

Ana Mafalda Spínola Carvalho Prazeres, de 57 anos, terá desviado 20 milhões de euros, retirando partido das “relações de amizade” que teria com a maioria dos lesados, conforme sublinha o diário.

Entre as vítimas estarão grandes empresários da construção civil, dos transportes e da hotelaria, mas também pequenos clientes que terão perdido todas as poupanças.

A consultora financeira terá posto em prática um “esquema em pirâmide ao estilo da ‘Dona Branca’, conhecida burlona dos anos 80 do século passado”, aponta o CM, que frisa que era, porém, uma versão mais moderna “sob a fachada de um banco”.

Basicamente, ela convencia os clientes a subscreverem aplicações financeiras com a promessa de pagamento de juros elevados, pagando esses juros com o dinheiro de outros clientes.

Também simularia aplicações falsas em acções de seguradoras, desviando o dinheiro para proveito próprio, ou levava os seus clientes a aceitarem comprar moeda estrangeira, o que nunca acontecia.

A bancária terá também aberto várias contas em nome dos clientes lesados, emitindo cartões de crédito sem eles saberem.

Quando o esquema deixou de funcionar, os clientes procuraram resgatar o seu dinheiro, mas já não conseguiram.

Segundo o CM, a bancária terá gasto os 20 milhões de euros em proveito próprio, nomeadamente para jogar no Casino de Lisboa.

ZAP

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.