/

Piloto de avião russo abatido em 1987 no Afeganistão encontrado vivo

Wikimedia

O piloto soviético terá sido abatido pelos mujahedeen em 1987

Um piloto soviético cujo avião foi derrubado durante a intervenção das tropas da antiga União Soviética no Afeganistão foi encontrado vivo e quer voltar a seu país natal, informou um general russo esta sexta-feira.

“Um piloto russo, cuja aeronave foi abatida na década de 1980 sobre o Afeganistão, acaba de ser encontrado. Está vivo. É incrível“, afirmou o general Valeri Vostrotin, da União de Paraquedistas russos, citado pela agência de notícias Ria Novosti. “Agora, necessita de ajuda”, acrescentou o militar.

O avião foi abatido em 1987, durante o conflito que entre 1979 e 1989 opõs as forças russas à resistência afegã. “Deve ter pelo menos 60 anos e talvez esteja no Paquistão, país em que foram instalados todos os campos de prisioneiros soviéticos”, disse à agência uma outra fonte, sob anonimato.

Quando as tropas do Exército Vermelho deixaram o Afeganistão, em 1989, 125 aviões russos foram abatidos, e cerca de 300 soldados foram dados como desaparecidos. Cerca de 30 destes soldados reapareceram entretanto, graças a esforços das famílias e de ex-combatentes soviéticos para os encontrar. A maior parte regressou ao país de origem.

O piloto, cujo nome não foi revelado, “quer voltar ao seu país natal”, adiantou Viatsheslav Kalinin, responsável de uma organização de ex-combatentes russos, citado pela Ria Novosti, segundo o qual decorrem negociações com diplomatas afegãos para confirmar a identidade do piloto e tratar do seu regresso.

Segundo o diário russo Kommersant, Sergei Panteliuk, piloto soviético da região de Rostov, dado como desaparecido em 1987, poderá ser o homem agora encontrado. “É surpreendente que ele ainda esteja vivo, depois de o seu avião ter sido abatido pelos mujahedeens“, disse Kalinin.

Desconhecem-se para já as razões pelas quais o piloto desaparecido não deu sinal de vida. “É surpreendente o piloto ter sobrevivido, mas não termos recebido informações todo este tempo também o é”, disse Valeri Vostrotin.

Stuart Brown / Wikimedia

125 aeronaves soviéticas foram abatidas pelos mujahedeen durante a invasão do Afeganistão

Segundo a agência AFP, este não é o primeiro caso de um combatente soviético desaparecido durante a invasão do Afeganistão que é encontrado algumas décadas mais tarde.

Em março, segundo o jornal on-line russo Golbis, Igor Bilokurov, soldado soviético de origem ucraniana feito prisioneiro pelos afegãos em 1988, foi encontrado por acaso, no norte do Afeganistão, por uma expedição científica ucraniana.

Alguns anos antes, em 2013, também o soldado uzbeque Bakhretdin Kakimov foi encontrado vivo no Afeganistão. Segundo o jornal russo Argumenty i Fakty, o piloto, que tinha sido gravemente ferido em 1980, foi salvo por civis afegãos e permaneceu no país, onde mudou de nome.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.