Petição pede que português que lutou contra o Estado Islâmico seja condecorado

O militar de 21 anos desertou em janeiro do ano passado para combater o grupo terrorista ao lado das milícias curdas. Morreu esta semana e agora uma petição online pede que seja condecorado.

Uma petição online pede que Mário Nunes, o português que foi para a Síria lutar contra o Estado Islâmico, seja condecorado com o título da Ordem da Liberdade.

O ex-militar da Força Aérea, que desertou em janeiro do ano passado para se juntar às milícias curdas, morreu esta semana, depois de ter sido capturado e executado pelo grupo terrorista.

A notícia chegou aos seus familiares por parte de elementos das chamadas Unidades de Proteção Popular (Yekineyen Parastina Gel ou YPG).

Na petição, já assinada por quase 800 pessoas, destaca-se o facto de o jovem de 21 anos ter tomado a “iniciativa de dizer basta” e de ser “merecedor do reconhecimento e do louvor nacional”.

Numa entrevista à revista Sábado, Mário Nunes afirmou que “preferia morrer a não fazer nada”.

“Senti que podia fazer a minha parte sendo o primeiro português a combater na Síria e fazer com que outros portugueses se preocupassem ao verem um deles a combater pelo lado certo e não pelo Estado Islâmico”.

“Estou disposto a pegar numa arma para contribuir para um mundo melhor. Todas as pessoas escolhem como podem ajudar: com dinheiro, com voluntariado, a curar pessoas. Mas há aqueles que dão o sangue e se batem frente a frente com pessoas más”, disse na altura.

Os familiares estão agora a tentar localizar o corpo do filho para o poderem sepultar em Portugal.

ZAP

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Ou eu não estou a perceber qualquer coisa ou esta petição é uma burrice. Que seja de louvar o homem estar a combater um bando de malfeitores, eu até posso concordar. Mas que eu saiba o país condecora valor militar ao serviço do país… Não ao serviço de forças Curdas e sobretudo, não depois de desertar as forças militares do país.

  2. Era só o que faltava. Um desertor ser condecorado!!!!

    Quanto mais pelo que li ele apenas o fez oque fez pelo protagonismo, coisa que está em voga hoje em dia devido às redes sociais!!!

    Se queria fazer algo pela humanidade/sociedade, não falta o que fazer dentro da sua própria pátria… Ah pois, não dá para fazer bonito no Facebook ou para dar uns tiros!!!

  3. Fiz a guerra do Ultramar PORTUGUÊS e com muita honra, fui condecorado várias vezes e considero isso um ultraje aos verdadeiros combatentes. Por aí se vê a miséria moral onde continua atolado o meu “pobre” PORTUGAL que tantas lições deu ao mundo. Se não bastasse o ridículo de ter tido um presidente (com a menor letra possível) que espezinhou a BANDEIRA em Paris, agora…isto!!

  4. concordo com o sr. António. ha tantos militares que morreram na guerra do ultramar e nunca foram condecorados. mario nunes desertou (crime militar) e ainda quer que ele seja condecorado. para isso condecorem quem lutou pelo portugal ultramarino (que na altura era portugues)

  5. Mais uma estupidez “patrocinada” pelo facebook!…
    Coitados, não devem ter vida/identidade própria e vão todos com a carneirada…

  6. Um verdadeiro herói da humanidade que que fez o Sacrifício final por a liberdade, já agora acrescento que só vejo comentários ridículos vindos de gente completamente ignorante,,,,ironicamente Mário Nunes também faleceu para que essas pessoas Covardes possam escrever as coisas mais parvas e injustas que se consegue imaginar.

  7. O que é hoje a nossa força militar? Desculpem-me, mas não é nada. É um pátio para algumas “crianças” se divertirem e outras encherem os bolsos. Imagino que o jovem tenha sentido isso mesmo e achou que poderia ajudar uma causa maior em vez de andar a “pastar” em territorio nacional a brincar aos soldadinhos. Louvada seja a atitude dele. Estes comentarios provenientes de ex-militares soam-me a inveja…no tempo deles iam para o ultramar por obrigação e sabiam as consequências se desertassem….foram para a guerra OBRIGADOS. E agora tem inveja de um jovem “com eles no sitio” que desertou de uma tropa de brincar e teve a coragem e a determinação de ir ajudar um povo que esta a ser massacrado, pondo a sua vida em risco. Portanto, caros compatriotas, não tenham inveja da coragem dele, respeiteim-no e respeitem a sua familia. Antes de comentarem negativamente as suas ações, desafio-vos a pensarem se teriam coragem de abandonar as vossas familias, o conforto do vosso lar, arriscarem o vosso pescoço e combaterem em situaçoes absolutamente precárias, onde para sobreviver é necessário recolher os equipamentos dos inimigos mortos…
    Facam um favor a humanidade….calem-se e deixem de se vangloriar dos feitos ocorridos no ultramar…que foi uma guerra sem sentido e quem participou não passou de um elemento da carneirada medrosa e obediente ao regime. Pésames sentidos à familia do jovem.

RESPONDER

Adesão ao IVAucher quase duplicou no último mês - mas restauração quer mais medidas

No último mês, quase duplicou o número de contribuintes que se inscreveu no programa que permitirá rebater os descontos acumulados no âmbito da iniciativa IVAucher. De acordo com o Jornal de Notícias, a 23 de agosto, …

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos culpa Rússia pelo assassinato de Alexander Litvinenko

Decisão remonta ao incidente de novembro de 2006, que ocorreu num hotel londrino, seis anos após o dissidente político se ter mudado para o Reino Unido, precisamente para fugir às ameaças do regime de Vladimir …

"Tratam-nos assim por causa da cor da nossa pele". Polícias nos EUA filmados a chicotear migrantes

Fotos e vídeos mostram polícias na fronteira a carregar contra migrantes e a usar objectos semelhantes a chicotes. A Casa Branca já condenou a situação e promete que vai investigar o sucedido. Pareciam imagens do tempo …

Benfica: a principal ameaça na Liga dos Campeões será Darwin

Pelo menos é a visão catalã. Benfica é o próximo adversário do Barcelona. Mais um jogo, mais uma vitória. O Benfica só sabe ganhar no campeonato português, para já, e na noite passada venceu em casa …

Estado vai financiar formação de funcionários públicos em universidades e politécnicos

Verbas destinadas ao projeto provêm do Orçamento do Estado e do Plano de Recuperação e Resiliência — cerca de 600 milhões. O Estado vai financiar, inteira ou parcialmente, as formações profissionais dos profissionais públicos, através do …

Sevilha rescinde com jogador por má forma física

O Sevilha anunciou a rescisão de contrato com o defesa-central Joris Gnagnon por falta de profissionalismo relativamente à sua forma física. De acordo com o jornal A Bola, o Sevilha rescindiu contrato com o defesa-central francês …

"O nosso Governo está pronto". Trudeau volta a ganhar as eleições - mas sem maioria absoluta

O líder do Partido Liberal do Canadá (LP) Justin Trudeau disse hoje, depois de ganhar as eleições gerais do país, que os eleitores canadianos escolheram "um plano progressivo" e que está pronto para formar um …

Travar margens nos combustíveis pode acabar por prejudicar os consumidores (e até fechar bombas)

A proposta de lei do Governo aprovada, na semana passada, para a limitação das margens das petrolíferas nos preços dos combustíveis pode acabar por travar a concorrência e até levar ao encerramento de bombas de …

"Nunca se pode tirar Messi" (mas há um gesto que pode explicar a sua substituição)

A substituição de Messi, e a forma como reagiu, no jogo entre o Paris Saint-Germain e o Lyon da Liga francesa, continua a dar que falar. E agora avança-se a possibilidade de o craque argentino …

Médicos querem que norma de isolamento tenha em conta a atual taxa de vacinação

Com o regresso às aulas, médicos de saúde pública defendem a revisão da norma referente ao isolamento de contactos de risco, para que esta tenha em consideração a elevada taxa de vacinação. O ano letivo arrancou …