Perdida há 130 anos, poderá ter sido encontrada a oitava maravilha do mundo

(dp) Wikimedia

Terraços Brancos da Nova Zelândia, por Charles Blomfield (1848–1926)

Terraços Brancos da Nova Zelândia, por Charles Blomfield (1848–1926)

Aquela que é considerada por muitos a “oitava maravilha do mundo”, os Terraços Rosa e Branco da Nova Zelândia, podem encontrar-se uns 15 metros abaixo do nível da terra, cobertos com cinzas vulcânicas.

Investigadores neozelandeses afirmam ter descoberto a localização exacta da mais conhecida maravilha perdida do hemisfério sul, de acordo com um artigo publicado no Journal of the Royal Society of New Zealand.

Os investigadores, Rexx Bunn e Sascha Nolden, basearam as suas conclusões em dados recolhidos no diário de Ferdinand von Hochstetter, um geólogo germano-austríaco que no século XIX tomou notas acerca da localização e aparência dos terraços naturais, antes de em 1886 o monumento natural ter sido aparentemente destruído pela erupção vulcânica do monte Tarawera, perto do lago Rotomahana.

“A nossa investigação baseia-se nos únicos dados disponíveis desta parte da Nova Zelândia, e por isso estamos convencidos de que podemos confiar na sua cartografia”, declarou Bunn Nolden ao jornal britânico The Guardian – segundo o qual Hochstetter era nesse tempo um reputado geólogo.

“Os terraços transformaram-se na atracção turística mais importante do hemisfério sul e do Império Britânico, e recebiam embarcações cheias de turistas oriundos do Reino Unido, da Europa e da América”, explica Bunn.

Segundo o cientista, durante mais de 100 anos não foi possível localizar os terraços porque o governo neozelandês da altura nunca se tinha preocupado em cartografá-los, pelo que se desconheciam a sua latitude e longitude.

Os Terraços Rosa e Branco estavam situados nas margens do lago Rotomahana, na ilha Norte, e atraíram muitos turistas durante a segunda metade do século XIX. Eram na realidade extraordinárias cascatas cor-de-rosa.

Rexx Bunn e Sascha Nolden, que receberam várias ofertas para formar uma equipe de investigação e explorar o lago Rotomahana, estão convencidos de que, apesar de se encontrarem por baixo das cinzas de um vulcão desde o século XIX, os terraços podem estar em bom estado.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O artigo não especifica qual a lista de maravilhas, porque há várias listas comummente aceites: 7 maravilhas do mundo antigo, 7 maravilhas do mundo moderno, 7 maravilhas da era medieval, 7 maravilhas naturais, etc. As três primeiras referem-se a obras construídas pelo homem. Ora, se a maravilha referida neste artigo é um “monumento natural” só poderia aparecer como a oitava maravilha natural. Sendo assim, apesar desta maravilha (perdida) ser a mais conhecida do hemisfério sul, felizmente há outras no mesmo hemisfério que ainda subsistem: cataratas do Iguaçu (Brasil), grande barreira de coral (Austrália) e cataratas Vitória (Zâmbia e Zimbábue). Ver link https://pt.wikipedia.org/wiki/Sete_maravilhas_do_mundo_moderno

Tesla vai abrir a sua primeira fábrica na Europa

O construtor de carros elétricos Tesla vai abrir uma fábrica nos arredores de Berlim, anunciou o presidente executivo da empresa, Elon Musk, na terça-feira à noite ao receber um prémio na capital alemã. “Tenho uma informação …

Continental vai contratar 300 engenheiros para o Porto

A Continental vai instalar no Porto um centro de desenvolvimento de tecnologias que poderá empregar "cerca de 300 engenheiros" e apoiará o desenvolvimento de soluções para veículos elétricos, condução autónoma e cibersegurança, anunciou esta quarta-feira …

Comissão Europeia aprova comercialização da primeira vacina para o Ébola

A Comissão Europeia anunciou no início da semana que concedeu uma autorização para a comercialização da primeira vacina contra o Ébola, designada Ervebo e produzida pela farmacêutica Merck. A vacina estava a ser produzida desde o …

Facebook lança o seu próprio MB Way

O Facebook lançou nos Estados Unidos uma nova funcionalidade para facilitar pagamentos através das quatro principais aplicações do grupo, que é semelhante ao funcionamento das transações com o MB Way. Em comunicado, Deborah Liu, responsável do …

O dilema dos chumbos, o "engano" de Ventura e o "falso liberal". O primeiro debate aqueceu

O primeiro debate quinzenal da legislatura arrancou esta quarta-feira e ficou marcado pelas retenções até ao 9.º ano - Chumba ou não chumba?, quis saber a direita, bem como pelo aumento do salário mínimo nacional …

Sondagem europeia defende tratado internacional que proíba "robôs assassinos"

Quase três em cada quatro pessoas querem que o seu governo colabore com outros países para proibir sistemas letais de armas autónomas. A organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) divulgou esta quarta-feira os resultados de uma …

Pentágono está a criar bactérias que detetam explosivos no subsolo

O Pentágono, em conjunto com a empresa de defesa Raytheon, está a desenvolver um sistema capaz de produzir bactérias geneticamente modificadas no subsolo, com o objetivo de detetar explosivos no subsolo. Neste projeto, iniciado pela Agência …

Hospitais voltam a não poder aumentar número de trabalhadores sem visto da tutela em 2020

Os hospitais vão continuar em 2020 impedidos de aumentar o número de trabalhadores sem a autorização prévia do Ministério da Saúde, segundo um despacho a que a agência Lusa teve acesso. O despacho assinado pelo secretário …

Onda crescente de ataques com explosivos alarma Suécia

A Suécia tem visto um aumento sem precedentes de ataques com explosivos. Em outubro, Estocolmo foi alvo de três ataques em apenas uma noite.  Se pensarmos num país com guerras de gangues constantes, o último nome …

Ruben foi libertado depois de passar 11 anos na prisão por crimes que não cometeu

Ruben Martinez Jr. saiu em liberdade do Supremo Tribunal de Los Angeles após ter passado 11 anos na prisão por uma série de assaltos à mão armada que não cometeu. Um homem que passou 11 anos …