“Pequenos” níveis de radiotividade na Europa não são perigosos, garante agência

A Agência Internacional de Energia Atómica disse esta terça-feira que os ligeiros níveis de radioatividade detetados no norte da Europa não constituem perigo para a saúde e ambiente, mas desconhece a causa que provocou o fenómeno.

Grupos que medem os níveis de radioatividade nuclear na Finlândia, Noruega e Suécia alertaram que tinham detetado “uma pequena quantidade de isótopos” em zonas do território finlandês, no sul da Escandinávia e no Ártico.

O diretor da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), Rafael Grosse, disse na segunda-feira que os “níveis comunicados” ao organismo das Nações Unidas são “muito baixos” e que não constituem riscos para a saúde das populações ou para o ambiente.

A agência da ONU com sede em Viena contactou os países europeus no passado sábado para obter mais informações.

DE acordo com a AIEA “os 29 países reportaram” as informações de forma voluntária indicando que não se verificaram ocorrências nos respetivos países que possam explicar a concentração dos isótopos radioativos na atmosfera.

Alguns Estados fora do espaço europeu também forneceram informações, mas a Rússia não consta da lista de países que respondeu diretamente agência da ONU. “Espero que mais países nos forneçam informações relevantes para continuarmos a esclarecer o público”, acrescenta Grossi num comunicado.

O Instituto Holandês para a Saúde Pública e Ambiente disse na sexta-feira que os isótopos podem ter-se formado na Rússia e podem “indicar estragos numa central de energia nuclear”.

O organismo russo responsável pela energia nuclear já afirmou entretanto que as duas centrais localizadas no noroeste do país não comunicaram qualquer problema.

Os isótopos são átomos que possuem o mesmo número de protões sendo espécies distintas do mesmo elemento, diferindo apenas no número de massa e de neutrões.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Peixe racista". Estátua da Pequena Sereia novamente vandalizada

A icónica estátua da "Pequena Sereia" em Copenhaga, um dos monumentos mais famosos da Dinamarca, foi novamente vandalizada, ao ter sido pintada com uma frase antirracismo, divulgou hoje a polícia dinamarquesa. “A Pequena Sereia foi vandalizada …

Itália admite segunda vaga e defende restrições a viagens

Itália abriu esta terça-feira fronteiras aos viajantes de países que não integram o espaço europeu de livre circulação Schengen, mas com restrições. O ministro da Saúde de Itália afirmou, esta quinta-feira, não poder afastar uma segunda …

Menos férias e mais dias de aulas para quem não tem exames no próximo ano letivo

O próximo ano letivo vai ter menos dias de férias e mais dias de aulas para os alunos que não tenham exames. Os alunos terão aulas presenciais e aulas à distância. O ministro da Educação, Tiago …

FC Porto revela camisola para a próxima época (e as opiniões dividem-se)

O FC Porto revelou a camisola oficial do clube para a próxima temporada. Pelas redes sociais, as opiniões dividem-se, havendo quem não esteja satisfeito com a mudança. Os adeptos portistas acordaram esta sexta-feira com a imagem …

Veto da Índia ao TikTok pode custar mais de 5 mil milhões de euros à ByteDance

O executivo indiano anunciou o bloqueio de 59 aplicações móveis chinesas, assegurando que as aplicações roubam dados dos utilizadores e partilham informações com o governo chinês. O grupo chinês de tecnologia ByteDance, que desenvolveu o TikTok, …

Covid-19. “Exemplo de Portugal mostra muito claramente como a situação é frágil”

A comissária europeia da Saúde, Stella Kyriakides, considerou que a situação pandémica é ainda "frágil", dando o exemplo da evolução da covid-19 em Portugal para sustentar que é necessário continuarmos vigilantes. “Penso que o exemplo de …

Catarina Martins diz que há neste momento um acordo entre PS e PSD

A líder do BE, Catarina Martins, considerou hoje que "o Orçamento Suplementar não é uma primeira parte do Orçamento do Estado", mas avisou que o que está a acontecer neste momento no país "é um …

Quase 40% dos restaurantes tenciona avançar para insolvência

Quase 40% das empresas de restauração e bebidas e 18% do alojamento turístico tencionam avançar para insolvência. Os números são resultado de um inquérito mensal da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) esta …

Cientistas ingleses acreditam que um número significativo da população tem imunidade natural ao coronavírus

Cientistas ingleses que estão a desenvolver uma vacina para a covid-19 acreditam que um largo número de pessoas pode ter imunidade natural contra o novo coronavírus, mesmo que nunca tenha sido infetado. Ao Telegraph, citado esta …

Bruxelas autoriza tratamentos com Remdesivir na UE

A Comissão Europeia deu esta sexta-feira “luz verde” à comercialização do antiviral Remdesivir, que se torna assim o primeiro medicamento autorizado ao nível da União Europeia para tratamento da Covid-19. A autorização do executivo comunitário, concedida …