“Pequeno Trump”. Deputada do PSD acusa vice da bancada do PS de machismo

Carlos Pereira / Facebook

Carlos Pereira, líder do PS Madeira

Carlos Pereira, líder do PS Madeira

O vice-presidente da bancada do PS, Carlos Pereira, e a deputada do PSD, Rubina Berardo, ambos eleitos pela Madeira, desentenderam-se publicamente, devido a palavras escritas no Facebook.

Tudo começou depois de Rubina Berardo ter criticado a ausência de Carlos Pereira da audição à ex-ministra das Finanças do Governo PSD/CDS, Maria Luís Albuquerque, no Parlamento, no âmbito do caso das transferências para offshores.

A isto reagiu o deputado socialista, que é também líder do PS-Madeira, com um comentário no Facebook onde notava que as deputadas do PSD-Madeira sentem a sua falta “de forma muito calorosa”, conforme transcreve o jornal Público.

Carlos Pereira acabou, depois, por alterar a publicação, seis horas após a versão inicial, retirando a expressão “de forma muito calorosa”, conforme frisa o Público.

“Admito que possa ter – inadvertidamente – ofendido as pessoas em causa e todas as mulheres, por isso retiro as expressões que confrangeram a deputada”, acrescentou ainda, segundo o mesmo diário.

(dr) PSD Madeira

Rubina Berardo, PSD-Madeira

Rubina Berardo, PSD-Madeira

“Foi pior a emenda do que o soneto”, considera Rubina Berardo no Público, sublinhando que “não podemos estar a apregoar a igualdade de género e depois ter eleitos que tratam as colegas como se estivéssemos em 1950”.

A deputada madeirense acusa Carlos Pereira de ser um “pequeno Trump”, realçando que “quando escapa o argumentário político, o senhor deputado resvala para o comentário sexista”.

Carlos Pereira defende-se e diz que foi “mal interpretado” e que, “para não ofender ninguém”, rectificou a publicação no Facebook “quase de imediato”, cita o Público.

Não se pode confundir humor e sarcasmo com sexismo. Assim, estaríamos a colocar em causa todos os programas de humor em Portugal”, diz ainda o deputado socialista no jornal.

A reacção de Rubina Berardo no Facebook surgiu numa outra publicação, intitulada “Os homens que não devem estar na política”, onde a deputada e candidata do PSD à Câmara Municipal do Funchal se queixa do “nível baixíssimo” da publicação de Carlos Pereira e da sua “condescendência” perante as mulheres.

É revelador de um machismo datado que apouca o papel da mulher, a que subjaz uma conotação de género, a roçar o sexual, que não fica bem e é muito triste”, conclui a deputada.

Entretanto, o PS-Madeira veio esclarecer que Carlos Pereira não integra a Comissão que analisa as transferências para as offshores e que, à mesma hora em que Maria Luís Albuquerque foi recebida no Parlamento, ele estava “na audição aos secretários regionais da Economia e Turismo, da Madeira e dos Açores”, conforme cita o Funchal Notícias.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Esta não engana, é bate e foge ou seja provoca e depois nega-se e se a vitima reagir é machista. o suprasumo da feminista frustrada.

RESPONDER

Pela primeira vez em 45 anos, uma casa vitoriana "flutuou" pelas ruas de San Francisco

A manhã de 21 de fevereiro em San Francisco, nos Estados Unidos, foi um pouco diferente do normal: uma casa vitoriana passou a "flutuar" pelas ruas da cidade. De acordo com o BuzzFeed News, uma equipa …

Nação Cherokee pede à Jeep que deixe de usar o nome da tribo nos seus carros

"É hora de a Jeep reconsiderar chamar os seus SUVs Cherokee e Grand Cherokee". Pela primeira vez, a tribo norte-americana Nação Cherokee pediu diretamente à Jeep para parar de usar o seu nome nos seus …

PCP quer apoios a 100% para pais "imediatamente e com efeitos retroativos"

O secretário-geral do PCP pediu ao Governo, este sábado, apoios a 100% para os trabalhadores que estão em casa com os filhos, pagos "imediatamente e com efeitos retroativos", e defendeu um plano de desconfinamento "setor …

Naufrágio grego que levava partes do Partenon está a revelar os seus segredos

A última expedição de mergulhadores ao navio grego Mentor, que naufragou perto da ilha Citera em 1802, recuperou várias peças do cordame, moedas, a sola de couro de um sapato, uma fivela de metal, uma …

Chega vai reagir "muito veementemente" na rua à tentativa de ilegalização

O líder do Chega disse, este sábado, que o partido vai responder "muito veementemente" e com "presença na rua", já em março, à tentativa de ilegalização da estrutura promovida por Ana Gomes. "Quero deixar claro aqui, …

Procura-se candidato para dormir. Site oferece 1650 euros e uma noite num resort

Este pode ser, literalmente, um emprego de sonho: fazer dinheiro enquanto se dorme, incluindo uma noite num resort de 5 estrelas. O site Sleep Standards, que se dedica a dar informação sobre pesquisas e produtos relacionados …

Catarina Martins faz apelo a Costa. "Moratórias têm de ser estendidas já"

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez um apelo direto ao primeiro-ministro, este sábado, para que não espere que "seja tarde demais" e decida já estender as moratórias, evitando assim uma vaga de despejos e …

Toronto apresenta providência cautelar contra projeto que constrói "casas" para os sem-abrigo

Um carpinteiro canadiano decidiu construir abrigos para as pessoas que vivem nas ruas de Toronto. A autarquia considerou que são perigosos e apresentou uma providência cautelar. De acordo com a empresa de media Vice, Khaleel Seivwright, carpinteiro …

Trinta anos depois, MI6 pede desculpa por ter banido espiões gays

Richard Moore pediu desculpa " pela forma como colegas e concidadãos LGBT+ foram tratados", tendo-lhes sido negada a oportunidade de servir o país no MI6. O chefe do MI6, o serviço secreto de inteligência do Reino …

Já foram administradas 837.887 vacinas em Portugal

Um total de 837.887 vacinas contra a covid-19 foram administradas em Portugal desde 27 de dezembro, quando foi dada a primeira dose, indicou o Ministério da Saúde este sábado. Num comunicado de balanço do processo de …