Pedro Sánchez convoca eleições antecipadas para 28 de abril

Mariscal / EPA

Pedro Sánchez, primeiro-ministro espanhol

 

O primeiro-ministro espanhol marca aquelas que vão ser as terceiras eleições legislativas em três anos e meio, depois de o Parlamento ter chumbado proposta de Orçamento.

 

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, comunicou ao Conselho de Ministros que irá convocar eleições para dia 28 de abril, segundo avançam vários diários espanhóis. A decisão de convocar eleições antecipadas surge depois de a sua primeira proposta de Orçamento do Estado ter sido chumbada pelo Parlamento na quarta-feira.

Pedro Sánchez é primeiro-ministro desde junho de 2018 apesar de ter apenas 84 deputados de um total de 350 que compõem o hemiciclo espanhol.

O partido mais votado nas últimas legislativas – realizadas em 2016 – foi o Partido Popular, então liderado por Mariano Rajoy, mas Sánchez aproveitou o desgaste da governação de direita para chegar ao poder.

O líder do PSOE apresentou uma moção de censura e, com o apoio do Podemos e dos independentistas, conseguiu afastar Rajoy do poder e chegar a primeiro-ministro. Entretanto, Rajoy foi substituído por Pablo Casado, que lidera aquele que continua a ser o partido com mais deputados no Parlamento.

O que Pedro Sánchez conseguiu, de acordo com o Observador, foi aplicar o que os espanhóis chamaram de “modelo português”, inspirado na “geringonça” de António Costa. A oposição aos socialistas optou por chamar à estranha coligação um “Frankenstein”.

O chumbo do Orçamento do Estado no parlamento nesta quarta-feira acabou por dar razão aos críticos desta solução governativa, já que Sánchez ficou encurralado entre a direita e os independentistas.

O PSOE jamais poderia ceder à principal pretensão dos independentistas catalães: a independência da Catalunha. Pedro Sánchez recusou reconhecer o “direito à autodeterminação” da Catalunha e os partidos independentistas recusaram continuar a dar a mão ao PSOE.

Na votação desta quarta-feira, os partidos aprovaram seis emendas à proposta de Orçamento do Estado, o que devolve o documento ao Governo e barra a proposta de Sánchez. Os partidos que inviabilizaram a proposta do PSOE foram a Esquerda Republicana da Catalunha (ERC) e Partido Democrata Europeu da Catalunha (PDeCAT), que são independentistas catalães, o Ciudadanos, a Coligação Canária, o Foro Astúrias, a União do Povo Navarro e ainda duas deputadas do Unidos Podemos.

A favor de Sánchez votaram o PSOE e o Unidos Podemos (expecto as duas deputadas), o Partido Nacionalista Basco e o Compromís. O resultado foi 191 votos a favor (das emendas da oposição), 156 contra e uma abstenção.

Se há oito meses os independentistas foram fundamentais para Sánchez chegar ao poder, agora também foram fundamentais para o Governo chegar ao fim. O ano de 2019 já ia ser particularmente rico em eleições em Espanha, já que a 26 de maio vai haver eleições autárquicas, eleições em grande parte das regiões e ainda eleições europeias.

Mesmo antes de Sánchez convocar eleições, os partidos em Espanha já estavam em clima de verdadeira campanha eleitoral.

A guerra com os independentistas tem um motivo. Nessa mesma terça-feira, dia 12, começou o julgamento dos políticos separatistas catalães, entre os quais o ex-vice-presidente do governo regional, Oriol Junqueras, a propósito do referendo independentista de 1 de outubro de 2017.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Estudo sugere que os macacos podem ter-se domesticado como os humanos

Um novo estudo sugere que os macacos, tal como os humanos, podem envolver-se no processo de auto-domesticação, alterando o curso da sua própria evolução e fisiologia através da forma como se comportam uns com os …

A estrela morta que emitiu ondas de rádio no interior da Via Láctea voltou a fazê-lo

O magnetar SGR 1935+2154, que em abril emitiu a primeira explosão de rádio conhecida de dentro da Via Láctea, explodiu mais uma vez. A pequena estrela morta responsável pela primeira deteção de explosões rápidas de rádio …

"Asteróide do caos". Novos dados confirmam que Apophis pode impactar com a Terra em 2068

Um astrónomo do Instituto de Astronomia da Universidade do Havai revelou novas descobertas críticas relacionadas com um grande asteróide que deverá passar muito perto da Terra. Dave Tholen e os seus colaboradores anunciaram a deteção da …

Luís Filipe Vieira reeleito com 62,59% dos votos

Luís Filipe Vieira foi reeleito para um sexto mandato como presidente do SL Benfica, com 62,59% dos votos dos sócios. Vieira está à frente do emblema da Luz desde 2003. Nem a pandemia travou os sócios …

Sporting 3-1 Gil Vicente | “Pote” de ouro na recta final

Sofrimento e alívio. O Sporting esteve a perder em casa por 1-0 com o Gil Vicente até aos 82 minutos, mas deu a volta ao marcador num curto espaço de tempo, acabando por fixar o …

Descoberto na Austrália recife de coral mais alto do que o Empire State Building

Um novo recife "maciço" de 500 metros foi descoberto na Grande Barreira de Corais da Austrália, tornando-o mais alto do que alguns dos arranha-céus mais altos do mundo. Os cientistas encontraram o recife separado - o …

Encontrados restos de ossos e madeira em pregos que terão sido usados na crucificação de Jesus

Um geólogo israelita analisou pregos supostamente associados à crucificação de Jesus Cristo e descobriu que os objetos contêm traços de osso e madeira. Em 1990, durante a escavação em Jerusalém do túmulo de Caifás, o sumo …

Oreo construiu um "Cofre do Apocalipse" para proteger as suas famosas bolachas

Depois do Svalbard Global Seed Vault, que guarda mais de um milhão de amostras de sementes num bunker, e o Arctic World Archive, que preserva os dados do mundo de hoje, a Oreo criou um "Cofre do …

"O Palmeiras sabe quem é o Abel?" - as dúvidas no Brasil, parte II

Abel Ferreira deverá ser confirmado como novo treinador do Palmeiras nesta sexta-feira. No Brasil voltam a surgir questões sobre as contratações de técnicos estrangeiros. Lembra-se de Marco de Vargas, o jornalista da FOX Brasil que não …

Guru de seita de escravas sexuais condenado a 120 anos de prisão

O guru de uma seita de escravas sexuais, conhecida como NXIVM, foi condenado a 120 anos de prisão. Foi considerado culpado de obrigar mulheres a fazer sexo com ele. Keith Raniere, guru da seita de escravas …