PCP propõe nacionalização imediata do Novo Banco

José Sena Goulão / Lusa

O PCP propôs esta sexta-feira que se “inicie de imediato o processo de integração” do Novo Banco “na esfera pública” ou nacionalização.

Os comunistas propõem que “o Governo reverta o contrato de venda do Novo Banco, garantindo que eventuais indemnizações incidam exclusivamente sobre o montante injetado pela Lone Star, deduzido de eventuais ganhos decorrentes da gestão de ativos do banco, ou de práticas de gestão danosa”, lê-se numa nota divulgada pelo PCP.

O PCP propõe, igualmente, “uma avaliação extraordinária da política de gestão de ativos, património e perdão de dívidas no Novo Banco, da idoneidade dos seus administradores, nomeadamente no que diz respeito à política de prémios e à política salarial da administração e dos gestores de topo”.

Quase à mesma hora a que foi anunciado o projeto de lei de nacionalização do Novo Banco, Jerónimo de Sousa, secretário-geral dos comunistas, criticou, numa audição com sindicalistas, a continuada injeção de dinheiro pelo Estado.

Quando Jerónimo lembrou que o seu partido tinha proposto a criação de um fundo público, financiado pelo Orçamento do Estado, para garantir os salários aos trabalhadores, fez uma pergunta e ele próprio deu a resposta: “Dirão que é preciso percebermos que não há dinheiro, ao que bastará responder com duas palavras: Novo Banco.”

“Enquanto uns se entretêm com a discussão sobre se deve haver ou não auditoria, para o Novo Banco, tal como aconteceu nos últimos anos para a banca na generalidade, escorrem milhares de milhões de euros sem que os bancos fiquem na posse do povo português”.

No texto que acompanha o projeto de lei, recorda-se a transferência de “mais 850 milhões de euros para o Novo Banco” dará razão ao partido que, no Orçamento do Estado de 2020, propôs que “qualquer transferência para o Novo Banco deveria significar o início do processo de recuperação do seu controlo público”.

Os contribuintes portugueses “continuam a pagar o buraco sem fundo da ruinosa gestão privada da banca, e no final o banco continua a ser privado, e não é colocado ao serviço do país”, segundo o mesmo projeto do PCP.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Isto é propor só para propor, porque o PCP sabe tão bem quanto nós que os contratos selados com a Lone Star estão de tal forma blindados que nem um tsunami os conseguiria abalar. E a nacionalização custaria, por certo, uma pipa de massa. Se calhar era pior a emenda do que o soneto!

RESPONDER

Governo negoceia até mais 35 milhões em apoios para agricultura

A ministra da Agricultura disse hoje que está em curso a negociação de medidas adicionais para apoiar o setor agrícola, face ao impacto da covid-19, através do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), que podem mobilizar …

Moro não assinou exoneração de ex-diretor da Polícia, admite Presidência do Brasil

A Secretaria-Geral da Presidência brasileira admitiu na segunda-feira que o agora ex-ministro da Justiça Sergio Moro não assinou o decreto de exoneração de Maurício Valeixo da direção-geral da Polícia Federal, confirmando a versão original do …

Norte foi região que mais contribuiu para aumentar produtividade do trabalho no país

O Norte foi a região que mais contribuiu para aumentar a produtividade laboral entre 2000 e 2017, crescendo 20% quando a Área Metropolitana de Lisboa subiu 3,3%, revelou na segunda-feira a Comissão de Coordenação e …

Vai nascer uma praia fluvial nas margens do Alqueva em 2021

Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, devendo começar a funcionar no verão do próximo ano. Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, junto à aldeia …

Câmara de Bragança vai ajudar com até 100 euros a pagar renda

As famílias mais vulneráveis do concelho de Bragança vão poder contar com um apoio financeiro até 100 euros mensais para pagar a renda. A Câmara de Bragança vai ajudar as famílias do concelho em situação vulnerável …

Parlamento chumba lay-off para sócios-gerentes, mas acaba com teto de faturação ao apoio

A Comissão de Economia chumbou, esta terça-feira, o alargamento do lay-off simplificado aos sócios-gerentes. Por outro lado, aprovou o fim do teto de faturação para aceder ao apoio a estes portugueses. A proposta do PSD, BE …

Comissão Europeia admite que Portugal fica "em desvantagem" nas ajudas estatais

Margrethe Vestager, vice-presidente executiva da Comissão Europeia, admite que países como Portugal, com menor capacidade orçamental do que Estados-membros como Alemanha ou França, fiquem “em desvantagem” nas ajudas estatais em altura de crise gerada pela …

Comissão aprova levantamento da imunidade parlamentar a José Silvano

Fontes parlamentares dizem que o também secretário-geral do PSD é arguido no processo das falsas presenças no Parlamento. Silvano afirmou ter sido informado da decisão de levantamento da imunidade e que “nada tinha a opor”. A …

FC Porto está de olho em Santos Borré para o ataque

Rafael Santos Borré tem brilhado ao serviço do River Plate esta temporada. O FC Porto quer o avançado internacional colombiano para a próxima época. O FC Porto está interessado na contratação de Rafael Santos Borré para …

A bóia de salvação da Suíça é a economia forte e diversificada

A economia suíça, forte e diversificada, deverá resistir à crise que se avizinha. Com a fronteira com o norte de Itália, o país agiu cedo e prepara-se agora para revitalizar a economia. A tempestade ainda não …