Há pensões de sobrevivência à espera de resposta há 14 meses

Segundo uma denúnia feita pelo PCP, há um atraso de 14 meses na atribuição de pensões de sobrevivência. Os comunistas pedem ainda medidas “urgentes” ao Governo.

Segundo a TSF, os comunistas garantem que há pessoas há mais de um ano à espera da atribuição de pensão de sobrevivência, um rendimento cujo objectivo é assegurar um rendimento extra a cônjuges de pessoas que morreram.

A denúncia é feita numa pergunta enviada a meio de julho ao Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social que fala de “atrasos inaceitáveis no pagamento de prestações de emergência que visam garantir a sobrevivência dos utentes que as requerem”.

O grupo parlamentar comunista afirma que teve informações recentes que apontam para atrasos “inaceitáveis”, sublinhando que as pensões de sobrevivência pretendem dar ao cônjuge que se mantém vivo um rendimento para pagar as suas despesas numa altura em que, pela morte de um membro do casal, os rendimentos diminuem.

“O Grupo Parlamentar do PCP sabe de situações de pensões requeridas há 14 meses e que de facto ainda não obtiveram resposta por parte da Segurança Social. Nós entendemos que era importante perceber o que se passava, estas pessoas estão naturalmente à espera da pensão de sobrevivência que é um direito seu. Não desligamos estes atrasos de uma carência de meios humanos que temos vindo a assinalar, no âmbito da Segurança Social”, explica Diana Ferreira, deputada do PCP.

O PCP admite que a situação não é nova, mas sublinha que arrasta-se e culpa a diminuição de meios promovida pelos vários governos na Segurança Social, acrescentando que há pessoas que tentam repetidas vezes e não conseguem contactar o Centro Nacional de Pensões, pois a linha está frequentemente interrompida.

“A pergunta que nós fazemos ao Governo é exatamente que medidas é que pretende tomar com caráter de urgência para resolver estas situações com atrasos tão significativos no diferimento das pensões de sobrevivência. O Governo deve definir medidas que garantam que as pessoas não ficam este tempo todo à espera de uma resposta da Segurança Social”, continua a deputada.

Os utentes procuram respostas diretamente nos serviços que não adiantam nada, numa situação de atrasos e falta de respostas que para o PCP coloca em causa “o direito à Segurança Social, constitucionalmente consagrado, e o direito à proteção social em casos de quebra de rendimentos”.

PSD lamenta silêncio

Clara Marques Mendes, deputada do PSD, veio lamentar que o Governo continue em silêncio relativamente aos atrasos na atribuição de pensões.

A deputada lembra que a denúncia agora feita pelos comunistas, já tinha sido indicada pelo maior partido da oposição em fevereiro. Na altura, o PSD não obteve respostas, mas agora, os sociais-democratas esperam que o Governo atue de outra forma.

“O Governo, como já nos habituou, não respondeu à questão, não resolveu a situação, mas esperamos que agora, o partido da coligação, o PCP, tendo denunciado a situação, ela venha efetivamente a ser resolvida. Estamos a falar de idosos, estamos a falar de pessoas que precisam de dinheiro e esse dinheiro não está a chegar às pessoas por atrasos do Governo e, de facto, é importante que esse dinheiro chegue a quem realmente dele precisa”, conclui Clara Marques Mendes.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Além de sermos bons ouvintes, também deveríamos tentar comunicar com extraterrestres

Desde há muito tempo que os seres humanos são fascinados pela ideia de não estarmos sozinhos no Universo. Um cientista sugere que para além de tentar escutar sinais extraterrestres, deveríamos também investir em enviar mensagens …

"Parasitas": O Melhor Filme dos Óscares chega à televisão

Parasitas vai passar na televisão esta sexta-feira (3), às 21h30, no canal TVCine Top. A produção de Bong Joon-ho angariou, nesta última award season, inúmeras nomeações, tendo sido Palma de Ouro no Festival de Cinema …

Países entram numa "guerra secreta" por ventiladores, admite agente da Mossad

Muitos países estão a utilizar os seus serviços de informações para a compra de material de saúde encomendado por outros, sobretudo ventiladores, para enfrentar a crise do novo coronavírus, disse um agente da Mossad, encarregado …

Pessoas que espalham ódio na Internet tendem a ser psicopatas

Os utilizadores da Internet que publicam comentários de ódio sobre outras pessoas tendem a ter traços psicopáticos. Por outro lado, os cientistas não encontraram uma correlação entre essa prática e narcisismo ou maquiavelismo. Estes utilizadores são …

Polícia britânica tingiu de negro uma lagoa azul para afastar visitantes

A Polícia britânica decidiu tingir de negro uma lagoa azul muito procurada na região de Derbyshire, visando assim afastar os visitantes e fazer com que estes cumpram o isolamento social exigido pelas autoridades para travar …

A maior cascata do Equador desapareceu repentinamente

A maior cascata do Equador, com cerca de 150 metros, desapareceu repentinamente por causa de uma dolina. Investigadores ainda não sabem se esta apareceu por causas naturais ou humanas. Em fevereiro, a cascata de San Rafael, …

Aprovada descida de 3% na eletricidade no mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou uma descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh). Contas feitas, trata-se de uma redução de aproximadamente 3% no total …

Turquemenistão proibiu o uso da palavra "coronavírus"

Enquanto o mundo luta para conter a propagação da pandemia de covid-19, no Turquemenistão os cidadãos podem ser presos só por dizerem a palavra "coronavírus". De acordo com a rádio NPR, que cita a organização não …

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …