PCP está a ser alvo de “campanha de ódio e difamação”

Tiago Petinga / Lusa

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou este sábado que o partido está a ser alvo de uma campanha de ódio e difamação por ter estragado a “festa” e viabilizado uma nova solução política.

“Por isso mesmo, este ódio, estes ajustes de contas, as infâmias, a mentira, a manipulação a que o nosso partido está sujeito têm a ver com esta causa funda: estragámos-lhe a festa e comprometemos as suas ambições e os seus interesses. Pois, fazem de facto uma campanha muito forte, mas, camaradas, não nos intimidam”, afirmou.

Jerónimo de Sousa falava na Covilhã, distrito de Castelo Branco, durante a sessão de encerramento da XI Assembleia da Organização Regional de Castelo Branco. Sem detalhar quais os casos de infâmia e mentira a que se referia, o líder comunista atribuiu responsabilidades dessa campanha aos que estão contra a decisão do PCP em apoiar a solução governativa, bem como contra as medidas implementadas ao nível dos salários e dos impostos, entre outras.

“Os centros do grande capital e seus seguidores não perdoam ao PCP. Por termos estragado a festa – eu diria o festim – com que se preparavam para acabar com o resto durante estes quatro anos que passaram”, afirmou.

Lembrando a história de luta do PCP contra o fascismo, Jerónimo de Sousa também afiançou que o PCP não se intimida com estas campanhas. Ao longo da intervenção distribuiu ainda várias críticas por PSD, CDS e PS, sublinhando os momentos e as políticas em que estes partidos “estão unidos e bem unidos”, apesar das guerras “de palavras” para tentarem mostrar “inexistentes diferenças”.

A meta do défice orçamental de 2018 e a estimativa que aponta que se tenha ido além do estimado também foi censurada pelo secretário-geral do PCP, para quem esta é “uma opção errada face aos muitos problemas e atrasos que o país enfrenta”.

Segundo salientou, tal também está a ser usado pelos partidos de direita para manterem o discurso em defesa do aumento de impostos, dando como exemplo as recentes declarações do antigo Presidente da República Cavaco Silva.

“Percebe-se a zanga recente de Cavaco Silva quando zurziu na redução do IVA da restauração. Até pôs em contraponto com o SNS. Curiosamente, um quadro do PSD está a fazer o programa eleitoral e, curiosamente, aparece com uma proposta neste sentido: pôr a pagar o IRS quem está, neste momento, isento”, disse.

A falar num concelho do interior do país, o líder comunista também não esqueceu os problemas do território, reiterou o compromisso do PCP na luta pela sua resolução e ainda questionou a falta de notícias recentes do Movimento pelo Interior.

“Onde é que anda esse Movimento pelo Interior, que fez tanto barulho, tanta coisa e que, de repente desapareceu, com o chamado processo de descentralização de PS/PSD. Será que desapareceram por causa do frio ou por causa da posição do PS e PSD?”.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não se vitimize “camarada” Jerónimo e olhe que não estragou a festa a ninguém e até fez um enorme favor àqueles portugueses que tinham algumas dúvidas sobre as linhas de orientação do seu PCP.
    A sede de vingança, do PCP, para com a direita foi e é tanta, que se uniu ao PS e BE, não porque quisesse governar alguma coisa, mas sim para que outros não governassem. O senhor e o seu partido são de tal forma rancorosos que até parecem aqueles maridos abandonados pelas mulheres, que depois as assassinam, justificando que se elas não os querem, a eles, também não pertencerão a outro homem.
    Vos PCP, sois vingativos, basta reparar na vossa expressão alterada e contundente quando falam e depois querem passar a mensagem de que os outros é que são tudo aquilo que vós sois. A culpa é sempre dos outros, porque o PCP é o dono de toda a verdade, aliás, algo que já sabemos, porque na Venezuela, Cuba e Coreia do Norte também assim é… Regimes que estão acima de tudo e todos e na posse de toda a sapiência.
    Certamente que agora já entendeu que ao “meter-se na cama” com o PS isso lhe irá causar enormes desaires eleitorais, porque o povo já entendeu que, afinal, o PCP pouco difere dos restantes.
    O PCP não está a ser perseguido por ninguém, escolheu foi um caminho que o levou a perder-se ainda mais do que já estava. Só resta, ao PCP, esperar que o povo esqueça o vosso silêncio e anuência nas medidas tomadas pelo PS e que também aceite a descolagem que pretendem fazer da “geringonça”.
    Obrigado Jerónimo e PCP por, finalmente, se terem dado a conhecer nestes 4 anos, porque os outros já eu sabia os medíocres que eram. Finalmente sabemos com quem estamos a lidar, relativamente a todos os que nos tramam a vida e isto também serve para o BE.

  2. O PCP, o partido mais odioso e difamador, o partido adepto de Maduro e do regime da Coreia do Norte, o partido que queria transformar Portugal numa Cuba ou URSS, vem se queixar dos seus métodos habituais ?!?
    Evapora-te dinossauro…!

  3. Ainda que não houvesse mais motivos, só o defender o regime do Maduro seria o bastante para o cair da máscara.

RESPONDER

Apple e Google removem das suas lojas de aplicações um dos jogos mais populares do mundo

As gigantes tecnológicas Apple e Google removeram esta semana das suas lojas de aplicações, a App Store e a Google Play Store, respetivamente, o Fortnite, um dos jogos mais populares de todo o mundo. As …

Encontrado tesouro de artefactos nazis no "Covil do Lobo", o quartel-general ultrassecreto de Hitler

Quando os nazis se prepararam para invadir a União Soviética, em 1941, construíram um quartel-general militar secreto na floresta Masúria, na Polónia, ao qual chamaram "Wolfsschanze" ou "Covil do Lobo". Desde a sua descoberta após a …

Itália vai construir um túnel submarino para unir Sicília ao continente

Itália está a planear construir um túnel para ligar a região insular da Sicília ao continente italiano. O projeto de cinco mil milhões de euros vai ser pago com a parte do Fundo de Recuperação …

Point Roberts tinha um pé nos EUA e outro no Canadá (mas agora não "pertence" a nenhum)

Point Roberts, em Washington, está numa posição única. Localizada na ponta da Península de Tsawwassen, a cidade fica totalmente abaixo do paralelo 49, a linha que separa o Canadá dos Estados Unidos. Agora, a cidade …

Milhares de processadores quebraram um trilião de chaves para resgatar um Zip com bitcoins

Um misterioso homem perdeu o acesso a um ficheiro Zip onde estavam encriptadas as suas chaves privadas de bitcoins. Os 300 mil dólares foram resgatados por dois especialistas em criptografia — e por muitos milhares …

Reino Unido com mais de mil novas infeções pelo quarto dia consecutivo

O Reino Unido registou mais 11 mortos e 1.441 infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde britânico, que manteve restrições sobre a área metropolitana de Manchester e parte do norte …

Governo não pondera (para já) proibição de fumar ao ar livre

O Governo não está a ponderar, neste momento, proibir fumar ao ar livre como foi decretado em Espanha, mas há “muitos aspetos em aberto” que serão acompanhados, disse esta sexta-feira a ministra da Saúde, Marta …

Lotação do Avante reduzida a um terço. Visitantes terão uma "área superior à que está estabelecida para as praias"

O PCP anunciou que vai limitar a entrada na sua anual Festa do "Avante!" a um terço da capacidade total, em virtude do contexto de pandemia de covid-19. O espaço de 30 hectares das Quinta da …

Governo da Guiné Equatorial demitiu-se em bloco

O Governo da Guiné Equatorial, liderado pelo primeiro-ministro Francisco Pascual Obama Asue, apresentou a sua demissão em bloco. Em declarações aos jornalistas, o ministro da Comunicação e porta-voz do Governo em funções, Eugenio Nze Obiang, explicou …

PSP apresenta queixa contra jornal Público por causa de cartoon no "Inimigo Público"

A PSP anunciou esta sexta-feira que vai apresentar queixa contra o jornal Público pela publicação, no suplemento Inimigo Público, de um cartoon com uma figura vestida de uniforme, “aparentemente relacionado com uma ação com conotação …