Paulo Rangel reeleito vice-presidente do Partido Popular Europeu

PSD / Flickr

O eurodeputado social-democrata Paulo Rangel

O eurodeputado do PSD foi reeleito, esta quinta-feira, vice-presidente do Partido Popular Europeu (PPE) no congresso desta formação política, que decorre desde quarta-feira em Zagreb, na Croácia.

De acordo com uma nota à imprensa, Paulo Rangel foi reeleito com 294 votos para uma das dez vice-presidências do PPE.

“Esta foi a eleição mais difícil que houve no PPE na última década. Doze candidatos com grande qualidade. Concorri com candidatos que ocupam posições nacionais e europeias com muito peso político. Comissários, presidentes de partidos políticos, um antigo presidente do Parlamento Europeu e candidatos apoiados por primeiros-ministros em funções. Eu apresentei-me apenas com o meu trabalho”, referiu Rangel.

O também vice-presidente do grupo parlamentar do PPE realçou o “grande orgulho pela confiança depositada pelos 542 delegados ao Congresso do PPE. Esta eleição tem ainda mais valor pela dificuldade que apresentava”, afirmou.

Paulo Rangel tinha até agora o pelouro da adesão dos partidos que querem pertencer ao Partido Popular Europeu, sendo ao todo 16 os que aderiram à maior família política da União Europeia desde que o eurodeputado do PSD iniciou funções na direção.

A nota de imprensa refere que Rangel foi também o autor do código de conduta do PPE.

Além do eurodeputado português, foram ainda eleitos outros nove vice-presidentes do PPE, entre os quais os comissários europeus Mariya Gabriel, da Bulgária, Johannes Hahn, da Áustria, o antigo primeiro-ministro da Baixa-Saxónia David McAllister (Alemanha), o antigo presidente do Parlamento Europeu Antonio Tajani (Itália) ou a ministra irlandesa dos Assuntos Europeus, Helen McEntee.

Na quarta-feira, o presidente do Conselho da União Europeia (UE), o polaco Donald Tusk, foi eleito presidente do Partido Popular Europeu, sucedendo no cargo ao francês Joseph Daul, numa eleição sem surpresas, uma vez que era o único candidato.

“Mantenhamo-nos juntos no campo de batalha político que mais importa: a um lado, os partidos do populismo irresponsável e, no outro, o nosso partido de popularidade responsável”, afirmou Tusk momentos antes da confirmação da sua eleição.

Com 62 anos, Tusk ocupou nos últimos cinco anos uma posição-chave entre as instituições da UE, a Presidência do Conselho da UE, que deixará a 1 de dezembro, sendo substituído pelo ex-primeiro-ministro belga Charles Michel.

O mandato do presidente do PPE é de três anos e é renovável por tempo indeterminado: essa função foi ocupada durante 23 anos pelo belga Wilfried Martens (1990-2013), que foi sucedido por Joseph Daul.

Desde a sua criação em 1976, o PPE teve cinco presidentes: dois belgas, um holandês, um francês e um luxemburguês.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E o artista só vai lá em part-time para recolher o ordenado, porque a maior parte do tempo está a trabalhar no Porto, no escritório de mafiosos, perdão, advogados, onde aí sim, faz alguma coisa – obviamente para defender os interesses de empresas/amigos!…
    Emfim… um autêntico parasita que está com um pé dentro e outro fora do sistema e cujo principal objetivo nao é defender os interesses de Portugal/dos portugues!!

RESPONDER

Cientistas criam algoritmo para identificar covid-19 a partir do som da tosse

Investigadores de vários países criaram um algoritmo que afirmam poder identificar se uma pessoa tem covid-19 a partir do som da sua tosse. Cientistas do México, Estados Unidos, Espanha e Itália, liderados por uma equipa do …

Para proteger o fundo do mar, novo sistema permite atracar vários barcos com uma só "âncora"

Quando vários barcos se amontoam numa enseada durante a noite, cada um deles lança uma âncora que pode potencialmente danificar os corais e a vida marinha no fundo do mar. O sistema Seafloat foi criado …

Japão e Estados Unidos assinam acordo de cooperação para exploração da Lua

O Ministério da Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia do Japão e a agência espacial dos Estados Unidos (NASA) assinaram um acordo de colaboração entre os dois países no programa Artemis, para a exploração da …

Washington Redskins mudam de nome por ser considerado racista

A equipa de futebol americano, até aqui denominada de Washington Redskins, vai abandonar essa designação, considerada de teor racista, para designar nativos da América do Norte. Em comunicado, a equipa de Washington explicou que, depois de uma …

Flores precisaram de cerca de 50 milhões de anos para se tornarem o que são hoje

As plantas com flor evoluíram há cerca de 100 milhões de anos, mas precisaram de outros 50 milhões de anos para diversificar e tornarem-se aquilo que são hoje, sugere uma equipa de investigadores. Os cientistas documentaram …

Estudo sugere que imunidade à covid-19 pode desaparecer em poucos meses

A imunidade adquirida por anticorpos após a cura da covid-19 pode desaparecer em alguns meses, o que poderá complicar o desenvolvimento de uma vacina eficaz a longo prazo, sugere um estudo britânico divulgado esta segunda-feira. "Este …

60 anos depois, já se sabe o que aconteceu aos 9 russos que desapareceram na Montanha da Morte

Passados 61 anos, o mistério da morte de nove esquiadores russos que faziam uma caminhada pelos Montes Urais, perto da chamada Montanha da Morte, foi finalmente resolvido. Em 1959, nove viajantes russos que faziam uma caminhada …

Médicos Sem Fronteiras é "institucionalmente racista", acusam atuais e ex-colaboradores

Uma declaração assinada por mil atuais e ex-funcionários revela que a Organização Não Governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF) é "institucionalmente racista" e reforça o colonialismo e a supremacia branca no trabalho humanitário que pratica. Na …

Empresa culpada pela crise de opioides fez contribuições políticas após declarar falência

A Purdue Pharma, empresa culpada pela crise de opioides nos Estados Unidos, fez contribuições políticas após ter sido processada e declarado falência. Os opioides são usados para aliviar a dor, mas também provocam uma sensação exagerada …

Norte-americano morre após ir a festa para provar que a covid-19 é uma farsa

Um norte-americano de 30 anos, de San Antonio, no estado do Texas, morreu de covid-19 depois de ir a uma festa para provar que a doença era uma farsa, informou a media local. O homem foi …