Paulo Pedroso disse a António Costa que queria voltar à vida partidária (mas não teve resposta)

No início desta semana, Paulo Pedroso, ex-ministro do Trabalho e da Solidariedade, disse que tinha saído do Partido Socialista (PS). Agora, de acordo com o jornal Público, o antigo porta-voz do PS saiu em rota de colisão com António Costa.

A razão que levou Paulo Pedroso a sair do PS foi o facto de a disponibilidade que manifestou ao secretário-geral, António Costa, para voltar à vida partidária não ter tido resposta.

De acordo com o jornal Público, Paulo Pedroso reuniu-se com o primeiro-ministro em 2019, encontro no qual o ex-ministro lhe explicou que tencionava voltar a Portugal e estava interessado em regressar à vida político-partidária. Nessa conversa, Pedroso disponibilizou-se para participar na vida do PS a vários níveis e envolver-se nas atividades e objetivos do partido.

Segundo o Público, Costa não recusou a oferta, deixando no ar a hipótese de que seria analisada a melhor forma de Pedroso regressar. Porém, os meses foram passando e Pedroso não teve respostas concretas.

Por outro lado, segundo Pedroso, a única colaboração que lhe foi pedida foi para o programa eleitoral. O ex-ministro deu contributos e fez comentários às versões iniciais do documento. No entanto, quando viu o programa final, não se reviu no texto.

Quando as listas de candidatos do PS à Assembleia da República foram divulgadas, o seu nome também não constava nelas. Além disso, não recebeu nenhuma solicitação nem foi sondado para outro lugar no ciclo político.

O antigo ministro acabou o sair do partido antes da legislativas, mas manteve o silêncio sobre esta decisão até segunda-feira. Ao afastar-se do PS, Pedroso optou por passar a fazer intervenção cívica e ser publicista no Diário de Notícias, mas esperou pelo resultado das eleições para escrever a primeira crónica.

Em declarações à agência Lusa, Paulo Pedroso disse, na segunda-feira, que deixou de ser militante do PS antes das eleições legislativas de outubro sem avançar as razões da saída.

Paulo Pedroso esteve no centro do Processo Casa Pia, mas foi ilibado e o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou o Estado português a pagar-lhe mais de 68 mil euros no âmbito desse processo.

Atualmente, Pedroso é administrador nomeado pelo Governo português no Banco Mundial, cargo que deixará em fevereiro para voltar a dar aulas no departamento de Ciência Política e Políticas Públicas do ISCTE.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. É verdade que foi uma trama injusta de um jovem político muito promissor. É pena, mas as coisas são como são e agora as hipóteses de singrar na vida pública ficaram muito reduzidas.

    • Trama injusta…tem muito que se lhe diga. Conhece o processo todo para estar aí a opinar com tanta segurança?
      Se calhar houve outro do mesmo partido que também devia estar a fazer companhia ao da bota botilde.

      • Quem aponta tem sempre 3 dedos apontados para si. Sabe perfeitamente que isso da Casa Pia foi uma grande cabala e desmascarada pelas próprias “vitimas”. O tal da bota botilde foi condenado não por crimes praticados mas segundo o acórdão “pela ressonância da verdade” isto é, o diz-se diz-se….
        Este saiu chamuscado e certamente na politica estará sempre queimado, resta-lhe algum tacho por aí.

  2. Está-se a acabar um tacho e ele logo pediu por outro – não interessa se a histérica da mulher já tem tacho – ele também quer! São táo bons, tão competentes, tão prendados e especiais … mas nunca se conseguem governar sem mamar na teta do estado …. e ainda têm a lata de se queixar que ganham pouco …. no Privado tinhas ganho era uma grade á tua frente durante longos anos, como sabes …

RESPONDER

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …

Covid-19. México investiga mercado negro de atestados de óbito falsos

As autoridades da Cidade do México anunciaram que estão a investigar um suposto mercado negro de atestados de óbito relacionado com a covid-19, no dia em que o país registou 625 mortes nas últimas 24 …

Astrónomos descobrem "réplica" do Sol e da Terra a três mil anos-luz

O que diferencia esta descoberta de outros exoplanetas parecidos com a Terra é que a sua estrela tem uma semelhança impressionante com o nosso Sol. Entre os dados da missão Kepler, uma equipa de investigadores identificou …

Sem romarias e festas, milhares de famílias estão a entrar em falência

Milhares de famílias cujo rendimento depende das romarias e festas populares estão a atravessar sérias dificuldades económicas. Os prejuízos ultrapassam os 50 milhões de euros. A suspensão das festas populares e romarias religiosas em todo o …

Corpo de Maria Velho da Costa ficou 11 dias na morgue. Filho critica MP e fala em "massacre psicológico"

Os restos mortais da escritora Maria Velho da Costa, que faleceu a 23 de Maio, ficaram no Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, durante 11 dias, sem que a família tivesse conhecimento de que já …

"Vocês são uns ingratos". Vieira arrasa equipa após empate com o Tondela

Luís Filipe Vieira foi ao balneário falar com os jogadores após o empate com o Tondela. O presidente benfiquista mostrou-se irritado e acusou os futebolistas de ingratidão. Depois do empate do SL Benfica com o CD …