“Paulinho das Feiras” e os outros pesos-pesados que vão entrar na campanha

A entrar na reta final para as eleições europeias, que se realizam a 26 de maio, os partidos vão convocar “pesos-pesados” da política para ajudar a recolher votos. Paulo Portas, Ferro Rodrigues e Mário Centeno são algumas das figuras que vão aparecer nos dias que restam da campanha eleitoral.

Fonte do CDS revelou à agência Lusa que Paulo Portas vai entrar na campanha dos centristas nos próximos dias, ao lado do número um do partido Nuno Melo.

Paulo Portas, que foi ministro da Defesa, dos Negócios Estrangeiros e vice-primeiro-ministro em governos PSD/CDS, prometeu, quando abandonou a vida partidária, que voltaria a participar em campanhas eleitorais. O antigo político, recorde-se, foi líder do CDS durante 18 anos, de 1998 a 2005 e de 2007 a 2016.

Além de Portas, que foi ministro da Defesa, dos Negócios Estrangeiros e vice-primeiro-ministro em governos PSD/CDS, também vão entrar na campanha vários ex-governantes centristas como António Pires de Lima, Adolfo Mesquita Nunes, até há semanas vice-presidente do partido, e o deputado Telmo Correia, acrescentou a mesma fonte. O jornal i avança ainda que o nome do líder parlamentar Nuno Magalhães.

A atividade política de Paulo Portas durante as campanhas eleitorais valeu-lhe a alcunha de “Paulinho das Feiras“, rótulo que Nuno Melo disse já não se importar que lhe associem. “Melinho das feiras? Não, não me importo [que me chamem], pelo contrário. Mas o original [Paulo Portas] é o melhor”, afirmou esta semana numa ação de campanha.

Do lado do PS, escreve ainda o i, é natural que o secretário-geral dos socialistas, António Costa, esteja cada vez mais presente. Também Jorge Coelho, que foi ministro de António Guterres, participou já numa ação de campanha do PS.

De acordo com o jornal, o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, e o eurodeputado Francisco Assis são as apostas do PS para os últimos dias de campanha. Assis, recorde-se, foi cabeça de lista há 5 anos, sendo também desde o início uma voz ativa contra o arranjo político da “geringonça”.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, deve também participar na reta final da campanha, segundo escreve o mesmo diário.

A campanha eleitoral oficial para as europeias de 26 de maio em Portugal decorre entre 13 e 24 de maio e às eleições apresentam-se 17 candidaturas, entre partidos e coligações. Portugal elege 21 deputados ao Parlamento Europeu.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Caçadores admitem criar partido político contra uma aliança PS-PAN

Um cenário de aliança entre PS e PAN depois das eleições de Outubro próximo originará o aparecimento de um novo partido político em Portugal. A promessa é da Fencaça — Federação Portuguesa de Caça que …

Governo ignorou recomendação parlamentar na auditoria feita ao Novo Banco

Mário Centeno e António Costa ignoraram a recomendação aprovada em Parlamento na sua auditoria ao Novo Banco. Os socialistas defendem que seria inconstitucional avaliar o desempenho do Banco de Portugal. Uma proposta do PSD aprovada em …

Avarias param 9 das 20 novas ambulâncias do INEM

Só entraram em serviço em abril, mas as novas ambulâncias do INEM já estão a dar problemas. Dos 20 novos veículos, apenas 11 estão a circular normalmente. As sirenes e as luzes desligam-se em andamento e …

Máfias e milícias responsáveis por incêndios da Amazónia, conclui relatório

As queimadas associadas aos desmatamento da Amazónia resultam em grande parte da ação violenta de redes criminosas, conclui um relatório da Human Rights Watch. Divulgado esta terça-feira, um relatório da Human Rights Watch conclui que as …

Benfica lança-se à 'Champions' com Lage a admitir mexer no ataque

O Benfica estreia-se hoje diante dos alemães do Leipzig na edição 2019/20 da Liga dos Campeões de futebol, competição em que tentará ultrapassar os 'fracassos' das duas anteriores épocas, nas quais foi eliminado na fase …

Itália. Matteo Renzi abandona o Partido Democrata e anuncia formação de novo partido

O ex-primeiro-ministro italiano Matteo Renzi anunciou que vai deixar o Partido Democrata (PD), do qual era secretário-geral, para criar a sua própria formação, mas garantiu que o grupo continuará a apoiar o Governo de Giuseppe …

Tribunal Arbitral reduz suspensão de Neymar na Champions

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) reduziu a suspensão imposta pelo Comité de Disciplina da UEFA de três para dois jogos a Neymar. O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) decidiu esta terça-feira reduzir a suspensão imposta …

Jerónimo admite "um ou outro descontente" interno e ataca arrivismo do PAN

Jerónimo de Sousa admitiu haver militantes descontentes com a participação na denominada "geringonça", embora frisando que o sentimento geral é de satisfação, e atacou algumas posições do PAN, defendendo que "Os Verdes" são o verdadeiro …

Brexit. Juncker recorda a Johnson que cabe ao Reino Unido apresentar propostas

O presidente da Comissão Europeia recordou na segunda-feira ao primeiro-ministro britânico que cabe ao Reino Unido apresentar "soluções legalmente operacionais" e compatíveis com o Acordo de Saída, reiterando a disponibilidade europeia para apreciar se estas …

"Quem manda nas seleções são os agentes, para valorizar jogadores, interesses"

Carlitos relembra a altura em que foi chamado à seleção de sub-21 pela mão do empresário José Veiga. O antigo jogador do Benfica diz que "quem manda nas seleções são os agentes". Aos 37 anos, Carlitos …