O pastel de nata conquistou o mundo (e arrisca-se a ser o próximo croissant)

O pastel de nata já não é só nosso. A popularização desta especialidade da gastronomia portuguesa mereceu destaque da Bloomberg.

“Uma sobremesa improvável está a caminho de se tornar tão omnipresente quanto o croissant.” A frase ousada é de uma reportagem, publicada esta segunda-feira na Bloomberg, a agência que analisou o crescimento dos pastéis de nata portugueses, chegando a uma conclusão arrebatadora: já não é só em Portugal que se come este bolo.

O pastel de nata é já um caso de sucesso internacional e não se restringe ao país à beira mar plantado. Se há dez anos esta nossa especialidade estava “limitada à obscuridade“, a iguaria começa agora a surgir em supermercados, confeitarias e padarias de todo o mundo, dos Estados Unidos à Singapura.

 

View this post on Instagram

 

Good morning Monday❤️ #monday#newweek#delaatstekruimrl#pasteldenata#amsterdam#foodporn#breakfast#sunday#enjoy#delicious

A post shared by De Laatste kruimel (@delaatstekruimel) on

No artigo, a simplicidade do bolo – que deve ser comido à mão e não de faca e garfo – e a antiga origem da sua receita, são duas das especificidades mais elogiadas. Além disso, o custo acessível que o pastel de nata tem em Portugal reúne também alguns elogios.

No artigo, é feita também a comparação com os preços praticados nas lojas de Londres, por exemplo, onde uma nata pode custar até três libras, cerca de 3,50 euros. Aliás, é precisamente no Reino Unido onde o impacto das vendas deste doce é bem visível: no ano passado, o Lidl chegou a vender 2.000 pastéis de nata por hora nos seus supermercados britânicos.

O crescimento do pastel de nata reflete, de acordo com a agência, a aposta na promoção feita pelo Governo português para aumentar a exportação deste bolo.

A Bloomberg lembra que, em 2012, o então ministro da Economia Álvaro Santos Pereira defendia que o país devia apostar na exportação do pastel de nata. Na altura, o governante dizia que “os pastéis de nata podem ser tão vendáveis como os churrascos Nando’s ou os hambúrgueres” – e não errou.

Outra das razões para esta ascensão, acrescenta a agência, passa pelo negócio Nata Pura, uma empresa fundada em Vila Nova de Gaia, “que procurou fazer com as natas o que a Dunkin Donuts fez com os donuts”, ou seja, adaptou o doce aos gostos locais, mesmo que isso significasse algum descontentamento dos portugueses que são fiéis à receita original.

Segundo o Público, a Nata Pura foi financiada pela sociedade de capital de risco Portugal Ventures em 2016, e atualmente vende cerca de 500 mil natas por mês em todo o mundo.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Lembro-me de ver em diversos meios de comunicação social, gozarem com um ministro que disse que isto podia e deveria ser feito!

    • Tem toda a razão,no entanto o que chama de gozarem com um ministro ,deveu-se ao valor do produto e não ao facto de ser um bolo.Portugal continua sempre pequenino,enquanto uns são grandes à conta da alta tecnologia(automoveis,quimica,equipamentos e ferramentas industriais,etc…)nós tentamos sobreviver à custa de serviços e produto com pouco valor acrescentado!

  2. Independentemente do valor pecuniario que possa ter, por muito pequeno que seja, nada justifica a atitude. São estas que por vezes limitam e nalgums casos inviabilizam boas ideias que, todas somadas, poderiam contribuir para um pais melhor.

RESPONDER

A abstenção venceu. É a mais alta de sempre

A abstenção foi a grande figura das eleições europeias deste domingo, tendo 68,7% dos portugueses optado por não votar. A abstenção em Portugal voltou a atingir um novo recorde, enquanto que a taxa de participação …

Neurocirurgia do Hospital de São João deixa os contentores ao fim de 12 anos

O novo serviço de neurocirurgia do Hospital de S. João, no Porto, está a funcionar desde este sábado. Ao fim de 12 anos, os serviços de neurocirurgia do Hospital de S. João, no Porto, deixaram de …

Europeias: Derrota histórica para o PSD. O PS resiste, o Bloco chega-se à frente e o PAN estreia-se

A derrota do PSD, com uma desvantagem de mais de 10 pontos percentuais sobre o PS que foi o vencedor da noite eleitoral, o reforço do Bloco de Esquerda como a terceira força política e …

Sindicalista que parou o país vai representar seguranças privados

O vice-presidente do Sindicato Nacional de Motoristas e Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques, vai acumular este cargo com a vice-presidência de um outro sindicato, o Sindicato de Segurança e Vigilantes de Portugal (SSVP), que …

Uber, táxis e Tuk-Tuk vão estar na mira da GNR

Os Ubers, táxis e Tuk-Tuk vão estar na mira da GNR que inicia, esta segunda-feira, uma operação de fiscalização intensiva aos transportes individuais de passageiros em todo o país. A fiscalização do licenciamento e a certificação …

Operação Marquês. Carlos Santos Silva e Sócrates começam a atacar a acusação

O ataque de duas das principais figuras envolvidas na Operação Marquês à acusação do Ministério Público começa nesta segunda-feira e vai prolongar-se por toda a semana. Carlos Santos Silva, esta segunda-feira, e José Sócrates, entre quarta …

ASAE encontra carne estragada e falsificada em talhos portugueses

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) detetou carne estragada, falsificada ou abatida de forma clandestina à venda em talhos nacionais, avançou o Jornal de Notícias (JN). A notícia do JN, citada pelo Público …

Detidos dois suspeitos do ataque em Lyon

A polícia francesa deteve dois suspeitos de envolvimento na explosão no centro de Lyon que feriu 13 pessoas na sexta-feira passada, disse esta segunda-feira a Procuradoria de Paris. Anteriormente, o ministro do Interior, Christophe Castaner, anunciava, …

Isabel dos Santos diz que tem pagamento à CGD "em dia"

A filha do ex-presidente de Angola usou o Twitter para garantir que tem todos os pagamentos do empréstimo de 125 milhões de euros concedido pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) em 2009 “em dia”. A reacção, …

Há cinco concelhos com risco máximo de incêndio

Esta segunda-feira, o dia vai ser quente. A subida das temperaturas para os próximos dias aumenta o risco máximo de incêndio em Faro, Portalegre, Santarém e Castelo Branco. Cinco concelhos dos distritos de Faro, Portalegre, Santarém …