O pastel de nata conquistou o mundo (e arrisca-se a ser o próximo croissant)

O pastel de nata já não é só nosso. A popularização desta especialidade da gastronomia portuguesa mereceu destaque da Bloomberg.

“Uma sobremesa improvável está a caminho de se tornar tão omnipresente quanto o croissant.” A frase ousada é de uma reportagem, publicada esta segunda-feira na Bloomberg, a agência que analisou o crescimento dos pastéis de nata portugueses, chegando a uma conclusão arrebatadora: já não é só em Portugal que se come este bolo.

O pastel de nata é já um caso de sucesso internacional e não se restringe ao país à beira mar plantado. Se há dez anos esta nossa especialidade estava “limitada à obscuridade“, a iguaria começa agora a surgir em supermercados, confeitarias e padarias de todo o mundo, dos Estados Unidos à Singapura.

 

View this post on Instagram

 

Good morning Monday❤️ #monday#newweek#delaatstekruimrl#pasteldenata#amsterdam#foodporn#breakfast#sunday#enjoy#delicious

A post shared by De Laatste kruimel (@delaatstekruimel) on

No artigo, a simplicidade do bolo – que deve ser comido à mão e não de faca e garfo – e a antiga origem da sua receita, são duas das especificidades mais elogiadas. Além disso, o custo acessível que o pastel de nata tem em Portugal reúne também alguns elogios.

No artigo, é feita também a comparação com os preços praticados nas lojas de Londres, por exemplo, onde uma nata pode custar até três libras, cerca de 3,50 euros. Aliás, é precisamente no Reino Unido onde o impacto das vendas deste doce é bem visível: no ano passado, o Lidl chegou a vender 2.000 pastéis de nata por hora nos seus supermercados britânicos.

O crescimento do pastel de nata reflete, de acordo com a agência, a aposta na promoção feita pelo Governo português para aumentar a exportação deste bolo.

A Bloomberg lembra que, em 2012, o então ministro da Economia Álvaro Santos Pereira defendia que o país devia apostar na exportação do pastel de nata. Na altura, o governante dizia que “os pastéis de nata podem ser tão vendáveis como os churrascos Nando’s ou os hambúrgueres” – e não errou.

Outra das razões para esta ascensão, acrescenta a agência, passa pelo negócio Nata Pura, uma empresa fundada em Vila Nova de Gaia, “que procurou fazer com as natas o que a Dunkin Donuts fez com os donuts”, ou seja, adaptou o doce aos gostos locais, mesmo que isso significasse algum descontentamento dos portugueses que são fiéis à receita original.

Segundo o Público, a Nata Pura foi financiada pela sociedade de capital de risco Portugal Ventures em 2016, e atualmente vende cerca de 500 mil natas por mês em todo o mundo.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Lembro-me de ver em diversos meios de comunicação social, gozarem com um ministro que disse que isto podia e deveria ser feito!

    • Tem toda a razão,no entanto o que chama de gozarem com um ministro ,deveu-se ao valor do produto e não ao facto de ser um bolo.Portugal continua sempre pequenino,enquanto uns são grandes à conta da alta tecnologia(automoveis,quimica,equipamentos e ferramentas industriais,etc…)nós tentamos sobreviver à custa de serviços e produto com pouco valor acrescentado!

  2. Independentemente do valor pecuniario que possa ter, por muito pequeno que seja, nada justifica a atitude. São estas que por vezes limitam e nalgums casos inviabilizam boas ideias que, todas somadas, poderiam contribuir para um pais melhor.

RESPONDER

CIP muda estatutos e António Saraiva recandidata-se ao quarto mandato

Uma alteração aos estatutos que será apreciada numa assembleia geral agendada para o dia 11 de novembro poderá vir a permitir que António Saraiva, atual presidente da CIP - Confederação Empresarial de Portugal, se recandidate …

PS adia negociações com partidos de esquerda

Os socialistas vão adiar todas as reuniões com os partidos sobre as medidas para o Orçamento do Estado. O encontro com o BE estava marcado para amanhã e foi cancelado. O mesmo acontecerá com o …

Protestos continuam em Londres. Ativistas invadem centro financeiro

Centenas de ativistas pelo clima do grupo Extinction Rebellion invadiram esta segunda-feira o centro financeiro de Londres para manifestarem repúdio por as grandes corporações financiarem os combustíveis fósseis. Muitos manifestantes, protegidos da intensa chuva com lonas …

"Tenho muitas dívidas, muito financiamento por pagar"

Isabel dos Santos explicou em entrevista à Lusa a origem dos seus investimentos, salientando serem totalmente privados, o que a levou a criar muitas dívidas. Disse ainda que os empresários têm dificuldade em trabalhar e …

Estados Unidos autorizados a aplicar taxas sobre produtos europeus

A Organização Mundial do Comércio (OMC) autorizou oficialmente esta segunda-feira os Estados Unidos a aplicar taxas alfandegárias sobre 7500 milhões de dólares de importações oriunda da União Europeia devido aos subsídios dados à Airbus. A OMC …

Tribunal rejeita providência cautelar requerida pela Ordem dos Enfermeiros contra ministério

O Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa rejeitou a providência cautelar pedida pela Ordem dos Enfermeiros (OE) contra o Ministério da Saúde no processo de sindicância à OE, anunciou esta segunda-feira o Governo. Em comunicado, o …

Paraísos fiscais. Portugal transferiu 672 milhões em 2018

Os bancos a operar em Portugal transferiram 672 milhões de euros no ano passado para territórios que constavam das listas de offshores problemáticos da União Europeia. Em 2018, os bancos a operar em Portugal transferiram 672 …

Discurso da Rainha. Entre crime, saúde e imigração, o Brexit foi destaque

Várias propostas de lei relacionadas com o Brexit destacam-se no programa do governo britânico para os próximos meses apresentado esta segunda-feira pela rainha Isabel II no parlamento, o qual inclui a implementação de um eventual …

Conservadores polacos vencem legislativas com maioria absoluta

Os conservadores nacionalistas no poder na Polónia venceram as eleições legislativas com 45,16% dos votos, de acordo com os resultados oficiais que se referem à contagem de 82,79% das circunscrições. O partido conservador eurocético Lei e …

Ambulâncias rejeitadas no Hospital de Setúbal por sobrelotação das urgências

Ambulâncias que chegavam ao Hospital de São Bernardo, em Setúbal, durante a tarde de domingo, foram encaminhadas para outros hospitais. As urgências do centro hospitalar estavam sobrelotadas. Entre as 12h e as 16h30 deste domingo, o …