/

Uber cobrou 100 vezes mais a passageiros nos Estados Unidos

Vários passageiros da Uber nos Estados Unidos denunciaram que a empresa lhes cobrou 100 vezes mais do que o preço inicialmente apresentado na aplicação, noticia a BBC. A Uber já reagiu, dizendo que o problema já foi solucionado.

De acordo com a emissora britânica, por uma viagem que devia custar 96,72 dólares (86,23 euros), a aplicação terá cobrado 9.672 dólares (8.650 euros).

Os alertas dos passageiros norte-americanos têm surgido nas redes sociais e algumas viagens foram tão caras que acabaram por por acionar alertas de fraude, segundo a BBC. O problema de pagamento terá sido sentido por passageiros de San Diego e Washington.

Um utilizador da aplicação recorreu ao Twitter para denunciar a situação, revelando que a viagem da Uber fez com que o seu cartão de crédito atingisse o limite.

Além das cobranças excessivas, os utilizadores queixaram-se ainda de não conseguir contactar diretamente a Uber para resolver o problema.

Reagindo ao caso, escreve ainda a BBC, a empresa norte-americana assegurou que o erro tinha sido solucionado, mas recusou-se a revelar quantos passageiros tinham sido afetados. Reconheceu que a situação era “frustrante” e que seria resolvida sem ser necessário contactar os bancos.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.