PE reclama meio milhão que Le Pen gastou em prendas, champanhe e jantares luxuosos

O Parlamento Europeu pretende o reembolso de mais de meio milhão de euros ao grupo parlamentar da União Nacional – UN, ex-Frente Nacional -, gastos pelo partido de Marine le Pen em despesas injustificadas como prendas, champanhe caro e jantares luxuosos.

A decisão de reclamar o reembolso das despesas foi tomada nesta segunda-feira, com o apoio unânime do órgão da direção da instituição encarregado de validar as contas dos diferentes grupos políticos, divulgou fonte parlamentar.

O grupo da Europa das Nações e Liberdades, ENL, que tinha sido instado, mais uma vez, a justificar-se no final de maio, não vai entregar dinheiro, uma vez que a administração do Parlamento tinha congelado, por precaução, mais de 500 mil euros do orçamento de funcionamento deste grupo para 2018, que se eleva a mais de três milhões de euros.

No Parlamento Europeu, é atribuído aos oito grupos políticos um orçamento anual para os custos de funcionamento.

A Comissão do Parlamento, que é o órgão de validação das contas, é integrada pelo presidente da instituição, agora, o italiano António Tajani, e 14 vice-presidentes, decidem os montantes afetos a cada grupo em função da dimensão deste.

O relatório financeiro do grupo ENL relativo ao ano 2016 não tinha sido validado pela Comissão e uma auditoria externa tinha identificado 477.780 euros de despesas consideradas não admissíveis. Inadmissibilidade está justificada tanto com a falta de justificativos adequados, ou por “infringirem o princípio da boa gestão financeira” ou “as regras relativas aos mercados públicos”.

A respeito de 2017, também terão de ser reembolsados 66.427 euros de despesas consideradas ilegíveis.

Entre as despesas listadas no relatório da auditoria de 2016, que a agência AFP consultou, figuram uma centena de prendas de Natal a mais de 100 euros, cerca de 230 garrafas de champanhe, das quais seis custaram mais de 81 euros, e um jantar de natal para 140 pessoas que custou mais de 13.500 euros.

Também são mencionadas uma refeição com “industriais” no restaurante parisiense L’Ambroisie, a 449 euros por pessoa, e um outro organizado por razões de “diplomacia” no Ledoyen, perto dos Campos Elísios, para duas pessoas, por 401 euros cada uma.

O semanário Le Canard Enchaîné tinha afirmado que esta última refeição reuniu o dirigente do partido italiano de extrema-direita Liga e atual ministro do Interior Matteo Salvini e a presidente da União Nacional, Marine Le Pen. Esta última, que saiu do Parlamento Europeu para ser deputada em França, contudo, negou tal encontro.

O grupo ENL reúne 35 deputados, dos quais mais de metade são da UN. Integra também eleitos pelo FPO austríaco, pela Liga italiana e do Partido para a Liberdade holandês.
A maior parte das despesas de alimentação injustificadas é atribuída aos eleitos franceses.

Os fundos entregues pelo Parlamento Europeu para o funcionamento dos grupos parlamentares são diferentes dos utilizados pelos eurodeputados para remunerar os seus assistentes parlamentares, que têm valido a vários eurodeputados pedidos de reembolso, devido a empregos considerados fictícios.

Um dos casos foi o de Marine Le Pen, a quem foi exigido o reembolso de 300 mil euros pelo emprego considerado duvidoso de uma assistente, Catherine Griset, quando era eurodeputada.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Fã descobriu morada de estrela pop nos reflexos nos olhos de uma selfie e atacou-a

A influencer japonesa Ena Matsouk que integra uma banda pop do país foi atacada sexualmente por um fã, depois de este ter descoberto onde é que morava através de uma selfie que ela publicou nas …

Comer bem melhora ativamente os sintomas de depressão

Uma nova investigação, levada a cabo por cientistas da Universidade Macquarie, na Austrália, sugere uma conexão casual entre a dieta e a depressão. Uma equipa de cientistas da Universidade Macquarie, na Austrália, realizou um estudo controlado …

Presidente da China promete esmagar o corpo e quebrar os ossos aos separatistas

O Presidente da China, Xi Jinping, afirmou que "quem tentar atividades separatistas em qualquer lugar da China acabará com o corpo esmagado e os ossos quebrados", de acordo com a edição digital desta segunda-feora do …

Ucrânia 2 vs 1 Portugal | Adeus ao primeiro em dia de CR700

O primeiro lugar do Grupo B já não foge à Ucrânia. Portugal foi a Kiev dominar e atacar muito, com 24 remates e diversas oportunidades, mas esbarrou no guarda-redes Andriy Pyatov – tal como no …

Primeira protagonista feminina de Astérix é parecida com a ativista Greta Thunberg

Como sempre, a saída de um novo álbum de Astérix, o grande herói da banda desenhada franco-belga, está rodeado de um grande segredo. Aliás, não poderia ser de outro modo pois é também um irredutível …

O Fortnite, um dos jogos mais populares do mundo, foi "engolido" por um buraco negro e desapareceu

O Fortnite, que já é considerado um dos jogos mais populares da atualidade, desapareceu durante o fim-de-semana. Agora, o que surge no ecrã dos jogadores, depois do fim da temporada X, é apenas um buraco …

Kais Saied eleito Presidente da Tunísia com 72,71% dos votos

O professor universitário Kais Saied, um estreante no mundo da política, foi eleito Presidente da Tunísia com 72,71% dos votos na segunda volta das presidenciais antecipadas de domingo, anunciou esta segunda-feira a instância eleitoral (Isie). De …

Série SpongeBob acusada de "violência", "racismo" e de perpetuar o "colonialismo"

A série infantil SpongeBob foi acusada de perpetuar o "racismo" e o "colonialismo" junto dos mais novos. A crítica é feita por uma professora da Universidade de Washington. No fundo do mar, a vida parece feliz. …

Neymar pára quatro semanas devido a lesão na coxa

O futebolista do Paris Saint-Germain Neymar (PSG) vai ficar afastado da competição nas próximas quatro semanas, após ter contraído uma lesão na coxa ao serviço da seleção brasileira, informou esta segunda-feira o clube francês no …

Vitor Baía e Villas-Boas voltam a abordar o futuro como potenciais sucessores de Pinto da Costa no FC Porto

André Villas-Boas foi entrevistado pela rádio France 3 e voltou a falar do sonho de ser presidente do FC Porto. Já Vitor Baía diz estar em paz em relação ao que poderá acontecer quando Pinto …