Parque Expo paga 100 mil euros a escritório de Mota Soares e Nobre Guedes

nunocardoso / Flickr

A Parque Expo, presidida por um dirigente do CDS, assinou no ano passado contratos de assessoria jurídica no valor de 98 mil euros com o escritório Nobre Guedes, Mota Soares & Associados. Em menos de cinco anos, a empresa gastou 3,9 milhões na aquisição de bens e serviços.

De acordo com o i, John Antunes, dirigente do CDS e presidente da Parque Expo nomeado por Assunção Cristas, adjudicou no ano passado dois contratos, por ajuste direto, de assessoria jurídica ao escritório Nobre Guedes, Mota Soares & Associados, do ex-ministro do Ambiente e do Ordenamento do Território, por apenas três meses de trabalho.

O primeiro contrato foi assinado em maio de 2015, no valor de 48 mil euros mais IVA, destinando-se a dois meses de assessoria. O segundo acordo, no valor de 50 mil euros mais IVA, foi assinado em dezembro e publicado apenas no final de janeiro deste ano, correspondendo a apenas um mês de assessoria.

John Antunes, que pertence ao Conselho Nacional do CDS, fez parte da comissão de honra da candidatura de Assunção Cristas por Leiria nas Legislativas de 2011. Após a tomada de posse do governo PSD/CDS, a então ministra do Mar nomeou John Antunes para presidente do conselho administração da Parque Expo 98, S.A., onde já antes exercia funções como diretor financeiro.

A nomeação surgiu depois de Cristas ter anunciado a liquidação da empresa até ao final de 2013. No entanto o processo foi-se arrastando e acabou várias vezes adiado.

Desde a aprovação do processo de liquidação, em outubro de 2014, a Parque Expo gastou quase 700 mil euros em contratos de aquisição de bens e serviços, metade dos quais relativos a consultorias.

Além dos contratos com o escritório de Mota Soares e Nobre Guedes, o i revela que outros dois contratos fechados no ano passado, totalizando o valor de 97,5 mil euros, foram assinados com o Banco Big, onde John Antunes também exerceu cargos de direção.

No entanto, se recuarmos a agosto de 2011 – quando Assunção Cristas assumiu funções no Governo -, a empresa gastou 3,9 milhões na aquisição de bens e serviços.

Dos 103 processos que constam no portal Base dos contratos públicos, apenas 16 dizem respeito a concursos públicos.

O i questionou a comissão de liquidação da Parque Expo sobre possíveis favorecimentos, ao que foi respondido que a “Parque Expo cumpriu sempre a lei da contratação pública”, garantindo que não existe “fundamento para um alegado favorecimento em qualquer adjudicação”.

Direito de resposta

Entretanto, o escritório de advogados Nobre Guedes, Mota Soares & Associados veio prestar esclarecimentos, ao abrigo do direito de resposta, sobre os contratos com a Parque Expo, desmentindo algumas informações circuladas pela notícia do jornal i.

O escritório começa por esclarecer que Luís Pedro Mota Soares, antigo ministro da Solidariedade e Segurança Social, “não é, nem nunca foi, sócio da sociedade de advogados” em causa. O sócio da sociedade, “e desde a sua fundação, é o dr. Fernando José Mota Soares“.

Saliente-se, contudo, conforme consta no site do Governo, que o ex-ministro Pedro Mota Soares exerceu a profissão de advogado como associado sénior na Nobre Guedes, Mota Soares e Associados.

O advogado do Departamento Contencioso e Arbitragem da sociedade, Pedro Pestana Bastos, esclarece ainda que o escritório foi contratado “para a operação de conceção, negociação e implementação da privatização da concessão do Oceanário de Lisboa, processo que decorreu de março a setembro de 2015”.

Pedro Pestana Bastos sublinha que este foi “o processo de privatização que teve menos encargos para o Estado, no que respeita a assessoria jurídica“.

De acordo com o representante, “o processo de contratação obedeceu a todas as regras de contratação pública tendo a nossa sociedade sido contratada para prestar serviços de assessoria jurídica no âmbito da ‘privatização do Oceanário de Lisboa'”.

O comunicado alega que, ao contrário do que consta no portal Base – dois contratos de 98 mil euros mais IVA -, foram faturados apenas 66 mil euros por serviços prestados durante sete meses (e não três) por cinco advogados, no total de 818 horas de trabalho (“corresponde a um valor horário de 80 euros/hora”).

ZAP

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Isto já não é corrupção!
    São negócios ruinosos em benefício de uns tantos, feitos de maneira legal onde não há forma do Ministério Publico intervir…

  2. Nem acredito, serão portugueses?? Se não fossem, eu ficava admirado, assim está tudo nos conformes!… Neste país à beira mar plantado, está tudo bem controlado, é pela politica e pela justiça. Por falar em justiça, onde está ela??? Alguém a viu? Cuidado, porque o miúdo, gamou uma lata de atum para matar a fome, sim, este é um ladrão a sério e vai já a tribunal, será julgado? Ouvi dizer que sim…

    Adoro as notícias de todos os dias… Assim está bem, isto é PORTUGAL…

  3. Gatunos, cadeia com esta gente e arresto de valores no valor do roubo. Não coloquem o juiz Alexandre no processo porque pertence à mesma pandilha.

  4. E ninguém vai preso??? Nós somos um PAÍS DE BANANAS.
    O Otelo é que estava/está certo: todos no Campo Pequeno para serem fuzilados. Tenham vergonha. Para mim, políticos, escroques e cães de caça, são todos uma mesma raça. Os cães que me desculpem.

  5. ahhh não pode ser! então o CDS metido nestas andanças? O Portas deixou um bom legado! hehehehe
    Dá vontade de rir mas piada não tem nenhuma! porque quem paga isto tudo somos nós!
    É até ao dia em que alguém organiza um grupo para lhes limpar o sebo, sim pq o que não falta por aí são sebosos! E gente desejosa de os limpar… do sebo claro!
    E ainda falta apurar a festa do Relvas com o seu novo “investimento” na banca, o compadre coelho ajudou-o, tal como o relvas o ajudou quando estava na tecnoforma. Toma lá dá cá, é assim que funciona!
    E assim vai o nosso Portugal, que é mais deles que nosso!

  6. Isto não é corrupção não, é roubar a descarada o dinheiro do contribuinte. Espero que o governo, corra imediatamente com o gestor da Parque expo. Que não o deixe roubar mais o erário publico, para dar aos seus amigos do CDS.

RESPONDER

Paulo Rangel reeleito vice-presidente do Partido Popular Europeu

O eurodeputado do PSD foi reeleito, esta quinta-feira, vice-presidente do Partido Popular Europeu (PPE) no congresso desta formação política, que decorre desde quarta-feira em Zagreb, na Croácia. De acordo com uma nota à imprensa, Paulo Rangel …

Ex-eletricista de Picasso condenado por ter escondido 271 obras na garagem durante 40 anos

O último eletricista de Pablo Picasso, Pierre Le Guennec, e a sua mulher foram esta terça-feira condenados em última instância a dois anos de prisão, com pena suspensa. Em causa estava, de acordo com a AFP, …

Álvaro Costa apresenta projeto inédito de streaming

  Um canal inédito de streaming totalmente português é uma das ideias que Álvaro Costa pretende ver avançar já no próximo ano. O projeto será apresentado este sábado, às 21h30, no Mar Shopping. Álvaro Costa já chegou …

Um terço das empresas ainda não revelou o seu dono

As cerca de 600 mil empresas e outras entidades sujeitas a registo comercial que operam em Portugal eram obrigadas pelo Instituto dos Registos e do Notariado a fazer o Registo Central do Beneficiário Efectivo (RCBE) …

Benfica e Porto estarão interessados na contratação de Pepê

FC Porto e SL Benfica, juntamente com outros emblemas, estarão interessados na contratação do jovem brasileiro do Grêmio, Pepê. O clube pede entre 15 e 20 milhões de euros. Aos 22 anos de idade, Pepê tem …

Diamante de 183 quilates está à venda em leilão angolano

A Sodiam, empresa pública de comercialização de diamantes angolana, lançou na quarta-feira o segundo leilão para venda de diamantes brutos, que inclui uma pedra de 183 quilates, e no qual estão já registadas mais de …

Bruxelas aprova compra de Seguradoras Unidas e AdvanceCare pela Generali

A Comissão Europeia aprovou, esta quinta-feira, a compra das portuguesas Seguradoras Unidas e AdvanceCare ao grupo norte-americano Apollo pelo grupo italiano Generali, um negócio no valor estimado de 600 milhões de euros. O Executivo comunitário adiantou, …

"Rebeldes" que saíram do Partido Conservador concorrem como independentes ou pela oposição

Vários deputados dissidentes ou expulsos do Partido Conservador estão a candidatar-se como independentes ou por partidos da oposição nas legislativas de 12 de dezembro por se oporem ao Brexit negociado pelo primeiro-ministro. O antigo procurador-geral Dominic …

CGD já está a cobrar comissões nos depósitos de instituições financeiras

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) já começou a cobrar comissões nos depósitos das instituições financeiras, de modo a tentar contornar a política monetária do Banco central Europeu. A intenção de cobrar comissões nos depósitos de …

Câmara de Oliveira de Azeméis pagou contas de concelhia do PSD, acusa Ministério Público

O Ministério Público (MP) deduziu esta quarta-feira acusação contra 68 arguidos no âmbito da operação “Ajuste Secreto”. Entre os acusados está o antigo autarca da Câmara de Oliveira de Azeméis Hermínio Loureiro, que é a …