Paralímpicos na luta por medalhas recebem menos 857 euros por mês do que os olímpicos

Os atletas paralímpicos ainda recebem subsídios abaixo do salário mínimo nacional e muito mais baixos comparativamente com os apoios aos atletas olímpicos.

Um atleta paralímpico que lute por medalhas ganha menos 857 euros por mês do que um colega olímpico com a mesma ambição, adianta esta quarta-feira a Renascença.

Comparativamente com Londres 2012, verificou-se um aumento de 40% no que diz respeito ao investimento mas este continua a ser muito inferior aos dos atletas olímpicos.

Segundo relata a Renascença, os subsídios dos atletas que estão em preparação para as competições olímpicas dividem-se em três categorias: os que conquistaram medalhas nos Jogos ou nos campeonatos do mundo, os que se classificaram entre o 4º e o 8º lugar nas mesmas competições e, por fim, os que ficaram entre o 9º e 12º.

No caso dos paralímpicos, em qualquer uma das categorias registou-se um aumento entre Londres 2012 e o Rio 2016, com o nível 1 a receber 518 euros, 386 euros no nível 2 e 225 euros no nível 3.

No entanto, a diferença de valores é significativa quando se compara com um atleta olímpico. Só este ano, onze receberam uma bolsa de 1.375 euros, ou seja, mais 857 euros do que o bónus de um paralímpico no primeiro escalão.

Tal como recorda a estação, a participação dos 91 atletas olímpicos no Rio custou 17 milhões, um valor bastante mais alto comparado com os gastos relativos aos 37 paralímpicos: um total de 3,3 milhões de euros.

Mas nem tudo são más notícias. A exclusão dos atletas russos inflacionou a comitiva portuguesa de 30 para 37 atletas, a terceira maior comitiva de sempre.

Além disso, houve também uma subida no número de modalidades em competição desde Londres, mais concretamente, de cinco para sete (natação, atletismo, boccia, tiro, judo, ciclismo e hipismo).

Os Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro começam esta quarta-feira e terminam a 14 de setembro.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …

Turismo, indústria e energia fazem do Norte região que mais cresceu em 2018

O Norte foi a região portuguesa que mais cresceu em 2018, com um aumento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,9%, impulsionado pelo turismo, indústria e energia, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística …

Um milhão de assinaturas contra sátira de Natal da Porta dos Fundos

A petição online contra o filme “Especial de Natal: A Primeira Tentação de Cristo”, uma sátira da produtora brasileira Porta dos Fundos, exibido na Netflix, conta com mais de um milhão de assinaturas. Lançada na semana …

Sondagem: 81% dos brasileiros defende continuidade da operação Lava Jato

Uma sondagem aponta que 81% dos brasileiros consideram que a investigação levada a cabo pela Lava Jato, maior operação contra a corrupção no país, ainda não cumpriu o seu objetivo e que deve continuar. A sondagem, …