Paquistão corta ligação ferroviária com a Índia (e proíbe filmes indianos)

Shahzaib Akber / EPA

O Paquistão disse esta quinta-feira-feira que suspendeu um importante serviço ferroviário para a vizinha Índia devido à mudança realizada no estatuto especial da Caxemira por Nova Deli.

O ministro das Ferrovias paquistanês, Sheikh Rashid Ahmad, disse que o serviço de comboio expresso, ou Friendship Express, está suspenso a partir desta quinta-feira.

Esta é a mais recente medida implementada pelo Governo do Paquistão, após a redução dos seus laços diplomáticos com a Índia e a suspensão do comércio com o país vizinho, em resposta à decisão de Nova Deli de modificar o estatuto especial da Caxemira, uma região do reivindicada por ambos os países.

O anúncio da suspensão do serviço foi feito enquanto os passageiros aguardavam para embarcar num comboio na cidade de Lahore, no leste do país, para viajar para a Índia.

Escreve o jornal Público que o Paquistão também proibiu a exibição de filmes indianos no país. De acordo com o matutino, está não é uma medida única, tendo já acontecido noutras épocas de maior confronto. Apesar da rivalidade entre os dois países, os filmes produzidos em Bollywood são muito populares no Paquistão.

“Desde 2016 que a Índia proíbe a participação de atores paquistaneses nos seus filmes, como retaliação por um ataque contra uma base militar em Caxemira, que Nova Deli atribuiu a grupos terroristas apoiados por Islamabad”, escreve o diário.

Apesar da decisão, os produtores de cinema indianos não criticaram a decisão. “Os interesses nacionais estão acima de tudo”, disse à agência Reuters o observador da indústria cinematográfica Atul Mohan. Ainda assim, os produtores reconhecem eventuais prejuízos económicos.

A Caxemira indiana vive sob fortes restrições desde o anúncio feito pelo Governo na segunda-feira, com o corte de todas as comunicações e a limitação de reuniões públicas, além de prisão domiciliar de líderes do território.

O Paquistão opõe-se à decisão do Executivo indiano de modificar o artigo 370 da Constituição da Índia – que garantia um estatuto especial para a Caxemira, região que a Índia e o Paquistão disputam há décadas – e aprovar uma lei no Parlamento indiano que converte a região em “território da união”, “controlado pelo Governo federal.

Para o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Índia, “os últimos acontecimentos relacionados ao artigo 370 são um assunto puramente interno da Índia”, já que a Constituição indiana “sempre foi, é e será um assunto soberano”.

Outras vozes, no entanto, veem neste movimento de Nova Deli uma tentativa de mudar a demografia da Caxemira indiana, até agora da maioria muçulmana, ao permitir que indianos de outras partes do país, de maioria hindu, adquiram terras na região, algo que lhes era interdito.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Do Australopitecus até ao Sapiens Sapiens (puro convencimento, este nome) o que mais evoluiu na Humanidade foi a sua capacidade de autodestruição.

RESPONDER

Ex-presidente da Interpol condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno

O ex-presidente da Interpol Meng Hongwei foi condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno, segundo uma declaração de um tribunal chinês divulgada esta terça-feira. Além da pena de prisão, foi multado em …

Condutor que atropelou mortalmente irmã de Djaló condenado a 16 anos de prisão

O Tribunal de Almada condenou, esta terça-feira, a 16 anos de prisão o condutor acusado do atropelamento mortal de uma jovem de 17 anos nas Festas da Moita, no distrito de Setúbal, em setembro de …

Tribunal Arbitral do Desporto mantém jogo à porta fechada na Luz

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) considerou improcedente o recurso do Benfica ao castigo de disputar um jogo à porta fechada, uma decisão que vai ser alvo de recurso do clube. Fonte oficial do Benfica confirmou, …

Portugal tem taxas de mortalidade por AVC superiores a todos os países da Europa ocidental

Segundo um estudo recente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, “Portugal ocupa apenas a 25.ª posição (em 51 países) entre as mulheres e a 28.ª posição entre os homens, com mortalidades superiores às de todos os …

Salvini renuncia à imunidade parlamentar e quer ser levado à Justiça

Matteo Salvini, investigado por ter impedido o desembarque de migrantes, quer renunciar à imunidade parlamentar e ser julgado. A poucos dias das eleições regionais, esta é uma oportunidade do ex-ministro do Interior voltar a conquistar …

Afinal, cancro e doenças cardíacas podem ser contagiosos

Na escola, aprendemos que só podemos apanhar certas doenças, como a gripe, através de outras pessoas. Porém, um novo estudo defende que muitas "doenças não transmissíveis", como a maioria dos cancros e doenças cardíacas, às …

Davos comemora 50 anos entre o apocalipse climático e um fraco crescimento económico

O Fórum Económico Mundial comemora este ano o seu 50º aniversário. O evento decorre sob o signo das alterações climáticas e da necessidade de transformar a economia. Davos, na Suíça, recebe esta semana mais um Fórum …

Precários da RTP entregam suplemento para a memória à ministra do Trabalho

Os trabalhadores precários da RTP entregaram esta segunda-feira uma carta e uma caixa de "Cerebrum Forte", um suplemento para a memória, à ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. De acordo com o Expresso, que avança …

Governo está a "tomar medidas" para responder ao novo vírus mortal que vem da China

Portugal está a acompanhar "com grande atenção" o fenómeno de propagação do novo vírus mortal que surgiu na China. A garantia é dada pela ministra da Saúde, Marta Temido, que assegura que estão já a …

Revelada a identidade do novo líder do Estado Islâmico

Um dos membros fundadores do Estado Islâmico, Amir Mohammed Abdul Rahman al-Mawli al-Salbi, foi confirmado por vários serviços de inteligência como novo líder do grupo terrorista. Após a morte de Al Baghdadi numa operação norte-americana na …