Dezenas de países boicotam inauguração de Embaixada dos EUA em Jerusalém

Jim Lo Scalzo / EPA

Ivanka Trump

Dezenas de países, entre eles a maioria dos europeus, não assistirão hoje a uma cerimónia do Ministério dos Negócios Estrangeiros israelita para assinalar a inauguração na segunda-feira da embaixada dos EUA em Jerusalém.

O evento conta com a presença do primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, e da delegação norte-americana enviada para a inauguração, que já chegou a Israel e inclui a filha do Presidente dos EUA, Ivanka Trump, e o seu marido e assessor presidencial, Jared Kushner.

Está prevista a assistência de um milhar de pessoas e foram convidados 86 embaixadores e encarregados de negócios, 40 dos quais aceitaram, mas a maioria dos Estados europeus não estará presente por não concordar com a mudança da embaixada de Tel Aviv para Jerusalém, que rompe o consenso da comunidade internacional.

Entre os países que não estarão presentes encontra-se a Espanha, o Reino Unido, a França e Itália, embora tenham confirmado a sua presença os representantes da Roménia, Hungria, Áustria e República Checa. Segundo o Observador, apesar de ter recebido convite, Portugal também não vai estar presente.

De acordo com a emissora de notícias israelita Channel 10, as autoridades checas, húngaras e romenas bloquearam um comunicado conjunto da União Europeia (UE) que criticava a mudança da embaixada americana.

Este sábado, a delegação da UE em Israel comunicou através do Twitter que “os seus Estados-membros continuarão a respeitar o consenso internacional sobre Jerusalém”, assim como a resolução 478 do Conselho de Segurança da ONU de 1980, na qual ficou decidido que os Estados-membros deveriam retirar as suas embaixadas da Cidade Sagrada em rejeição à anexação unilateral de Jerusalém Oriental por Israel.

Entre os que participarão no evento de hoje estará também a ministra de Relações Exteriores da Guatemala, Sandra Jovel, que chegou ao país para inaugurar na próxima quarta-feira a embaixada do seu país em Jerusalém, seguindo os passos de Washington.

Também participam no evento os representantes de outros países latino-americanos como  a República Dominicana, El Salvador, Honduras, Panamá, Peru e Paraguai.

Segundo o jornal online, o continente com maior representação será África, com um total de 12 países. Angola – o único da CPLP a estar presente -, Camarões, Congo, República Democrática do Congo, Costa do Marfim, Etiópia, Quénia, Nigéria, Ruanda, Sudão do Sul, Tanzânia e Zâmbia.

Por sua vez, da Ásia, vão estar representados Myanmar, Filipinas, Tailândia e Vietname.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou a mudança da embaixada em dezembro, quando reconheceu Jerusalém como a capital de Israel, suscitando críticas da maioria da comunidade internacional e a ira dos palestinianos.

Estes reivindicam Jerusalém oriental, ocupado em 1967 e posteriormente anexado por Israel, como a capital de um desejado Estado da Palestina.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Na tentativa de tirar a selfie perfeita com um elefante, indiano acaba morto pelo animal

No passado domingo, dia 28 de fevereiro, um homem de 21 anos morreu enquanto tentava tirar uma selfie com um elefante. O animal andou a pairar por zona residencial e anteriormente já tinha matado uma …

Milhares de professores vacinados antes de médicos. Presidente do México acusado de fazer política com a vacinação

Milhares de professores do ensino público que lecionam nas zonas mais rurais do México foram vacinados contra o novo coronavírus antes dos profissionais de saúde que combatem a pandemia na mesma região. De acordo com …

Passageiros com documentos e teste de covid-19 falsificados detetados pelo SEF

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, no domingo, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, três cidadãos portadores de documentação falsa, dois dos quais na partida de um voo com destino à República da …

Coronadiktatur, Gesichtskondom, Fussgruss. Os alemães inventaram milhares de palavras novas sobre a pandemia

O confinamento de quase quatro meses na Alemanha não colocou restrições ao seu idioma de palavras multissilábicas. Os alemães inventaram mais de 1.200 novas palavras para descrever as regras e realidades da vida em tempo …

Ordem coordena vacinação de 4000 médicos "deixados para trás"

A Ordem dos Médicos vai vacinar cerca de quatro mil médicos que trabalham em hospitais e clínicas privadas e que, por algum motivo, não foram vacinados na altura devida. De acordo com um comunicado da ordem, …

A mais recente turbina eólica chama-se Wind Catcher e é portátil

Uma empresa dinamarquesa decidiu inovar e desenvolver uma turbina eólica portátil. O Wind Catcher é mais leve, mais poderoso e mais fácil de usar do que qualquer outro sistema de energia eólica no mercado. O Wind …

Spike Lee vai produzir série documental para o 20.º aniversário dos atentados de 11 de setembro

O realizador Spike Lee está a preparar uma série documental para estrear no 20.º aniversário dos atentados do 11 de Setembro, um "retrato sem precedentes" dos nova-iorquinos e da capacidade de recuperação depois da destruição …

Guru de investimentos, Warren Buffett, assume ter cometido um "erro"

O bilionário norte-americano Warren Buffett, considerado o "guru" dos mercados de investimento, assumiu ter cometido um erro quando adquiriu, em 2016, a Precision Castparts por 32,1 mil milhões de euros. Na carta que escreve anualmente para …

Governo "devolve" 59 milhões em TSU às empresas para compensar aumento do salário mínimo

O Governo vai "compensar" as empresas em aproximadamente 59,2 milhões de euros devido ao aumento do salário mínimo nacional, estimou o ECO, tendo por base os dados avançados pelo Executivo aos parceiros sociais. De acordo com …

Decisões tardias, jogos políticos ou desinformação. Por que razão a República Checa não está a conseguir fugir da pandemia

Numa altura em que vários países da Europa começam a pensar em desconfinar, o oposto acontece na República Checa. O país já ultrapassou as 20 mil mortes e volta a entrar num novo confinamento. Mas …