Países Baixos suspendem adoções internacionais após casos de tráfico de menores

Os Países Baixos suspenderam as adoções internacionais depois de uma comissão do Governo ter descoberto que algumas crianças tinham sido raptadas ou compradas aos seus pais biológicos.

O anúncio da proibição temporária das adoções internacionais foi feito esta segunda-feira pelo ministro da Proteção Legal, Sander Dekker, de acordo com o Deutsche Welle.

Um número crescente de filhos adultos adotados descobriu que os seus documentos de nascimento tinham desaparecido ou foram falsificados ou que as suas adoções foram ilegais.

Esta situação levou à constituição de uma comissão, que examinou casos de Bangladesh, Brasil, Colômbia, Indonésia e Sri Lanka de 1967 a 1998, mas concluiu que o abuso ocorreu muito antes e depois desse período.

Segundo as descobertas da comissão, algumas crianças adotadas através de intermediários foram roubadas ou compradas aos seus pais biológicos sob pressão económica numa altura de pobreza.

O Governo holandês já estava ciente dos abusos no final da década de 1960 e, em vários casos, funcionários do Governo estavam “envolvidos em abusos de adoção”, segundo o jornal holandês De Telegraaf.

Cerca de 40 mil crianças de 80 países foram adotadas na metade do século passado por pais holandeses.

Estas descobertas levaram a comissão do Governo holandês a anunciar que iria congelar as adoções “imediatamente” porque o sistema nacional de adoção estrangeira permanece suscetível a fraude e abuso “até hoje”. 

Numa carta, Dekker disse que “entendeu que isto será doloroso para algumas pessoas, mas não nos esqueçamos, estamos a proteger as crianças e os seus pais biológicos”. O ministro pediu também desculpa aos filhos adotivos, pais adotivos e pais biológicos que foram prejudicados pela prática.

Segundo Dekker, apesar das reformas recentes, “ainda há muita coisa fora da nossa vista” em alguns países estrangeiros.

Dekker disse que caberá ao próximo Governo decidir se renovará as práticas de adoção estrangeira que não acarretem abusos.

O governo do primeiro-ministro Mark Rutte renunciou no mês passado devido a um escândalo de fraude no bem-estar infantil, mas continua no cargo de zelador para enfrentar a pandemia até as eleições parlamentares de março.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Quanto mais cedo, melhor". A dona da Marlboro apoia a proibição dos cigarros até 2030

O CEO da Philip Morris Internacional, dona da Marlboro, apoia a proibição da venda de cigarros, mas os activistas anti-tabaco já acusaram a empresa de hipocrisia por tentar comprar uma farmacêutica enquanto lucra com o …

Bezos e Branson não são astronautas, clarifica Administração da Aviação norte-americana

Dúvida instalou-se depois dos voos que levaram os dois bilionários ao espaço. Novas diretrizes da Administração Federal de Aviação vêm esclarecer.  Após os voos que os tornaram nos primeiros turistas espaciais, Jeff Bezos e Richard Branson …

Soldados afegãos buscam refúgio no Paquistão após perderem postos na fronteira

Quase meia centena de soldados afegãos buscaram asilo no Paquistão após perderem para os Talibãs o controle das posições militares na fronteira, informou o exército paquistanês esta segunda-feira. Centenas de soldados do exército afegão e oficiais …

Portugal ultrapassa Estados Unidos em população com vacinação completa

EUA vivem atualmente um planalto no seu processo de vacinação, com pouco mais de meio milhão de cidadãos a serem vacinados diariamente. Desaceleração no ritmo de inoculações é atribuída a motivações pessoais da população e …

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …

Jogos Olímpicos. Ouro e prata para atletas de...13 anos

Pódio muito jovem na estreia do skate feminino. A espreitar o pódio ficou uma norte-americana com quase o triplo da idade. O skate está a "viver" os seus primeiros dias na história dos Jogos Olímpicos. Inserido …

SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis nas viagens de avião

O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho …

Ramalho Eanes defende que Otelo "tem direito a lugar de proeminência" na História

O ex-presidente da República Ramalho Eanes defendeu esta segunda-feira que Otelo Saraiva de Carvalho, falecido no domingo, tem direito a um "lugar de proeminência histórica", apesar "da autoria" do que considerou "desvios políticos perversos, de …