Governo holandês demite-se em bloco após escândalo com abonos de família

Stephanie Lecocq / EPA

O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte

O primeiro-ministro holandês confirmou, esta sexta-feira, a sua demissão e a de todos os ministros do seu Executivo, na sequência de um escândalo relacionado com abonos de família e a acusação indevida de milhares de pessoas de fraude.

“O Estado de Direito deve proteger os seus cidadãos de um Governo todo-poderoso. Isso falhou de forma horrível”, declarou Mark Rutte durante uma conferência de imprensa, na qual confirmou ter apresentado a sua demissão ao rei dos Países Baixos, Guilherme Alexandre.

Momentos antes deste anúncio, os media holandeses já tinham avançado que o primeiro-ministro holandês, no poder desde 2010, ia avançar com a demissão do Governo de coligação de centro-direita, algo que acontece a cerca de dois meses das eleições legislativas, previstas para 17 de março.

Esta decisão surge após a divulgação de um caso que envolve os serviços tributários holandeses e a acusação indevida de milhares de famílias de fraude em relação a atribuição de abonos para crianças e jovens.

O caso veio a público através de um relatório de uma comissão de inquérito parlamentar divulgado em dezembro. De acordo com o documento, entre 2013 e 2019, pelo menos, os serviços fiscais holandeses terão acusado erradamente milhares de pais de fraude em relação a atribuição de apoios, tendo cancelado os respetivos abonos e exigido às famílias, muitas delas com graves problemas financeiros, a devolução (com retroativos de vários anos) dos subsídios.

Segundo o jornal online Observador, em causa estão, na sua grande maioria, famílias imigrantes de origem turca e marroquina. Em alguns casos, estas pessoas foram obrigadas a devolver montante na ordem dos 100 mil euros, levando-as à falência. Entretanto, o Executivo holandês já concordou em compensar as famílias com 30 mil euros por pessoa.

Na sequência deste caso, o líder do Partido Trabalhista holandês (PvdA), Lodewijk Asscher, que foi ministro dos Assuntos Sociais e do Trabalho durante o período em questão, anunciou na quinta-feira a sua demissão.

Segundo a Deutsche Welle, citada pelo mesmo jornal digital, apesar do escândalo, as sondagens mostram que dois terços da população continuam a apoiar este Governo, portanto, a demissão em bloco servirá apenas para apaziguar o cenário político.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

19 COMENTÁRIOS

  1. Estes erram, mas têm a dignidade de reconhecer o erro e demitirem-se, por cá são falcatruas aos montes e ainda fincam o pé, daqui não saio daqui ninguém me tira!

  2. E por aqui ainda criticam a Holanda…
    Por aqui roubam, mentem, vigarizam e mantêm-se como se nada fosse. Talvez por isso estamos a anos luz da Holanda em todos os indicadores.

    • Oh sim… na Holanda são todos santinhos!…
      Estão a “anos luz”, em quê; por exemplo??
      Alguma vez foste à Holanda?
      Duvido muito…
      Eu conheço muitos holandeses a viver em Portugal; quantos estrangeiros (já para não dizer portugueses) – com possibilidades de ir viver para outro país, foram viver para a Holanda?!
      ZERO?!… pois é; agora pensa!…

      • Já pensei.
        Eu só conheço idosos holandeses a viver em Portugal. Isso percebe-se porque a Holanda é um país liberal, onde as pessoas enriquecem, sendo um país com um nível de pobreza bem inferior ao de Portugal. Assim sendo, é normal que, chegando a idade da reforma, haja alguns holandeses que venham gozar para Portugal a riqueza que juntaram. Nós temos melhores praias e melhor clima. Temos muito piores condições para juntar riqueza, mas isso já eles fizeram na Holanda.
        Portugal arrisca-se a ser um país de turistas e reformados, a viver de mão estendida…

        • Exacto!
          Para juntar riqueza, os portugueses vão para países liberais, que apoiam e incentivam o empreendedorismo, como a Irlanda, a Alemanha e tantos outros. Não consta que vão para a Venezuela, Cuba, Coreia do Norte e afins…

          • Tinha que vir a Irlanda – mais um paraíso fiscal parasita que recolhe dinheiro desviado de outros países – só faltou o Luxemburgo!…
            A Irlanda, sem produzir quase nada, tem o DOBRO da produtividade da Alemanha – a maior economia europeia e que produz um pouco de tudo!
            Acho que isso já diz muito…
            Além disso, duvido que muito dos que falam da Irlanda, conheçam realmente a realidade irlandesa…
            .
            Curiosamente nunca falam dos países nórdicos – esses sim, sempre no top de todos os indicadores e sem esquemas para “roubar” dinheiro de riqueza criada noutros países!…

        • Que bonito… então a Holanda não estava a “anos luz” de Portugal em todos os indicadores?? Afinal, muitos holandeses, quando tem algum dinheiro, fogem de lá para cá!…
          E não falei de reformados- conheço vários holandeses mais novos a viver em Portugal.
          E, isso da Holanda ser mais liberal é exactamente o quê??
          Além de serem um paraíso fiscal manhoso para holdings – que serve para “roubar” dinheiro de outros países onde foi realmente gerada a riqueza – consiste em quê?
          Os holandeses sempre foram piratas e negociantes a viver à custa do trabalho dos outros – é isso que é ser “liberal”??!
          Eu até tenho bastantes dúvidas que conheças a realidade da Holanda (agora oficialmente Países Baixos), a carga fiscal da Holanda, etc, etc…
          Um simples Ford Fiesta paga mais de 1200€ de “imposto de circulação” anualmente!…

          • Olhe que não dr.
            A Holanda está 30 lugares à nossa frente no IDH, PIB pc, gasta muito mais dinheiro em saúde, tem 6 universidades entre as 50 melhores da Europa (Portugal não tem nenhuma)…
            E na generalidade dos indicadores económicos e sociais está nos 10 ou 20 primeiros lugares no ranling mundial. Tens de viajar mais e ler muito mais.

            • Não o quê?
              Obviamente que a Holanda é um país mais desenvolvido do que Portugal (por acaso, o boom da Holanda moderna teve uma grande ajuda dos judeus portugueses), mas não em tudo e, muito menos a “anos luz”!
              Sim, a Holanda gasta bem mais em saúde para depois ter uma taxa de mortalidade infantil pior do que Portugal…
              Ou, por exemplo, uma taxa de criminalidade superior a Portugal – que ainda há dias foi considerado o 3º país mais seguro do mundo (o 1º da UE).
              Etc, etc…
              Mas concordo que tenho que viajar e ler muito mais!…

            • Ó Eu!… comparar Portugal com a Holanda é a mesma coisa que comparar o Sacavenense com o Manchester City. É verdade que os judeus portugueses tiveram influência no crescimento incial da Holanda. Mas indicadores são indicadores, e se o PIB pc pode não traduzir a tradução da riqueza no bem-estar da população, o IDH atenua esta limitação. E aí estão muito à nossa frente. Eu tenho muitos amigos na Holanda (Portugueses) e por esse motivo desloco-me várias vezes ao ano lá. Conheço muito bem a realidade e sei que é um dos países mais desenvolvidos do mundo. Talvez também por isso e por uma elevada escolarização da população, os políticos não têm qualquer margem de manobra neste tipo de situações. Por cá, aceitamos tudo. Lá, as pessoas são muito mais exigentes e não comem a palha que por cá os políticos nos dão diariamente. Acha mesmo que a situação da Ministra da Justiça ou da Administração Interna alguma vez seriam aceitáveis num qualquer país desenvolvido? Só mesmo em África.

            • Não tinham margem de manobra porque perderam o apoio da coligação que suportava o governo – nem sequer houve qualquer pressão da sociedade civil!!
              Além disso, como referi, o mandato acabava em Março e, vão candidatar-se novamente.
              Vamos lá ver o resultado…

      • É por causa de comentários como os teus que nunca saíremos do mesmo. És pouco exigente, muito manso e pouco instruído. Como resultado disto, aceitas tudo.
        A nossa classe política faz o que quer em total impunidade.
        Tenho respeito por estes políticos holandeses. Respeitam o povo e as suas funções.

        • Joãozinho, não devias julgar os outros pela tua bitola!..
          Tu, provavelmente, não “sais do mesmo” porque és isso mesmo que referes: “pouco exigente, muito manso e pouco instruído”!
          .
          Relativamente à noticia, se não fosses tão lerdo saberias que o governo holandês caiu porque o primeiro ministro não consegui o apoio da coligação que suporta o governo e por isso não conseguiu levar o mandato até ao fim!
          De qualquer modo, faltam apenas 2 meses para a eleições e ele vai candidatar-se novamente!
          Para a próxima, tenta instruir-te um pouco mais sobre o assunto…

  3. O politico “exemplar” que se demitiu porque ficou sem apoio parlamentar, voltou a candidatar-se, venceu as eleições sem maioria e, já voltou a fazer das dele:
    “Rutte sobrevive a censura, mas ‘teflon’ começa a rachar”
    “Primeiro-ministro foi acusado de mentir em relação às negociações para a coligação de governo. Escândalo deixou marcas.”
    DN, 03 Abril 2021

RESPONDER

Um dos microscópios de Darwin vai a leilão. Esteve nas mãos da sua família durante quase 200 anos

Um microscópio que Charles Darwin ofereceu ao filho Leonard - e que esteve nas mãos da sua família ao longo de quase 200 anos - vai ser leiloado em dezembro e poderá valer cerca de …

Pedro Sánchez promete abolir a prostituição em Espanha, por considerar que esta "escraviza" as mulheres

Espanha é um dos países europeus com mais trabalhadoras na indústria do sexo, as quais são sobretudo originárias de países da Europa mais pobres, da América Latina e de África. O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez anunciou …

"Um milagre". Dois jovens sobreviveram quase uma semana no deserto australiano

Dois jovens, de 14 e 21 anos, sobreviveram durante quase uma semana no deserto, sem água e sem comida, depois de se terem perdido no Território do Norte, na Austrália. A polícia fala num verdadeiro …

Carlos Moedas

Moedas vai "dar tudo como presidente" e exige que seja respeitada a legitimidade do seu mandato

Carlos Moedas tomou posse, esta segunda-feira, como novo presidente da Câmara de Lisboa, tendo falado dos objetivos para o próximo quadriénio e deixado um elogio ao seu antecessor e alguns avisos à esquerda. Depois dos cumprimentos …

Chanceler austríaco Sebastian Kurz

Sondagens falsas e notícias favoráveis. O lado negro de Sebastian Kurz foi desmascarado

Sebastian Kurz e pessoas que lhe são próximas foram acusados de tentar garantir a sua ascensão à liderança do partido e do país com a ajuda de sondagens manipuladas e notícias favoráveis na imprensa, financiadas …

Tem uma carreira de sonho na Nike, mas cometeu um homicídio há 65 anos

O presidente da Jordan Brand, Larry Miller, revelou que, há 56 anos, matou um adolescente nas ruas de Filadélfia, nos Estados Unidos. O presidente da Jordan Brand — marca do ex-jogador de basquetebol Michael Jordan — …

Rio diz que decisão sobre eventual recandidatura está "quase tomada"

O presidente do PSD afirmou, esta segunda-feira, que a decisão sobre a sua eventual recandidatura está "quase tomada" e será anunciada em breve. Em declarações aos jornalistas à chegada à tomada de posse do novo presidente …

Mihajlovic: "Vou tentar manter a calma, mas é difícil"

Treinador do Bolonha furioso com os cartões amarelos mostrados para "compensar" uma expulsão. Beto voltou a marcar. Udinese e Bolonha entraram em campo neste domingo como protagonistas de um dos jogos menos mediáticos da oitava jornada …

Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo avisa que não pode haver "casos de mau uso e de fraude" com os fundos europeus

O Presidente da República avisou, esta segunda-feira, que a "última coisa" que pode acontecer com os fundos europeus são "casos de maus uso e de fraude", garantindo que os portugueses "não perdoariam" que isso acontecesse. Questionado …

O empresário John Textor

Nova direção do Benfica vai reunir-se com John Textor

O empresário John Textor, que celebrou um acordo com José António dos Santos para aquisição de 25% do capital social da SAD do Benfica, vai ser recebido pela nova direção do clube esta quinta-feira. "Após explícita …