“Por um país às direitas”. Moção de Santana não dá apoio a Marcelo nas presidenciais

Mário Cruz / Lusa

Em 21 páginas, o líder do novo partido Aliança apresentou as suas ideias para o país. O Presidente da República é um dos protagonistas da moção intitulada “Um país às direitas”.

A moção de estratégia global de Pedro Santana Lopes ao primeiro congresso da Aliança, que se realiza este fim-de-semana em Évora, assume que o partido será “exigente” com a forma como Marcelo Rebelo de Sousa vai exercer a segunda metade do seu mandato e remete para mais tarde uma decisão sobre as eleições presidenciais.

Num documento com 21 páginas, intitulado “Um país às direitas”, Santana Lopes defende que a Aliança deve “ser especialmente exigente” com o chefe de Estado e que o exercício das funções de Marcelo “deve mobilizar o país para as grandes causas” como o “crescimento económico, a coesão territorial e as mudanças na justiça”.

Santana partilha uma expectativa que, segundo o Público, é também uma crítica: “Assim se espera que aconteça na segunda metade do mandato presidencial.”

Reconhecendo que Marcelo “conquistou popularidade” que “fez bem à auto-estima dos portugueses”, o fundador da Aliança considera que o Presidente “surgiu, talvez de mais, em salvação do Governo”, mas reconhece que “também soube ser exigente com o executivo normalmente com os casos mais graves”.

A posição sobre as presidenciais – que se disputam em 2021 – será assumida “em devido tempo” e quando o Aliança fizer o “balanço necessário”.

Marcelo Rebelo de Sousa ainda não anunciou se é candidato a um segundo mandato presidencial, mas, na semana passada, disse ter “muita vontade” de concorrer novamente ao cargo. No espaço do centro-direita, a líder do CDS-PP, Assunção Cristas, já assumiu que dará apoio à sua recandidatura, se se concretizar.

Na moção com que o ex-primeiro-ministro do PSD se candidata à liderança da Aliança, está estabelecido o objetivo de construir uma “alternativa democrática e patriota” que assuma a “bipolarização e substitua a frente de esquerda”.

Santana Lopes declara a “disponibilidade” para integrar “um Governo de centro-direita”, lembrando que a Aliança “já propôs a constituição de uma coligação pós-eleitoral, que assegure uma nova maioria no Parlamento, apta a dar suporte a uma alternativa democrática e patriótica de Governo”.

O antigo líder do PSD elege dez eixos prioritários que vão desde o crescimento económico, à redução da carga fiscal, passando pela saúde, pelo combate à corrupção, pela defesa da coesão social e territorial e pela “educação para a civilização”.

É também colocada como prioridade a reforma do sistema político, com a introdução de círculos uninominais, redução do número de deputados e limitação de mandatos parlamentares. Santana tem ainda a ideia de criar um Senado na Assembleia da República.

O crescimento económico acima dos 3% da média da União Europeia é assumido como o “verdadeiro desígnio nacional”.

  ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Este é o segundo Zandinga cá do sítio? … “assume que o partido será “exigente” com a forma como Marcelo Rebelo de Sousa vai exercer a segunda metade do seu mandato”… Segundo mandato já firmado? Ó pá, manda lá a chave do €uromilhões que estou a precisar mesmo de guito com muita urgência.

  2. É provável que este partido Aliança tenha como único propósito catapultar Santana Lopes para uma candidatura à Presidência da República. Os partidos cuja única razão de ser é o seu líder, por muito respeitável que seja, não auguram nada de bom e não servem a democracia da melhor maneira. A democracia deve ser sobretudo debate de ideias e não debate sobre pessoas.

RESPONDER

Cientistas estão a plantar mesas de xadrez de corais para restaurar recifes - e contam com a ajuda de garrafas de Coca-Cola

Nas últimas três décadas, os recifes de coral têm sofrido uma grande tensão e consequente destruição, devido ao impacto das alterações climáticas. Agora, os cientistas querem minimizar os danos e já encontraram uma solução. O objetivo …

Belenenses 0-4 Sporting | Melhor o resultado que a lesão

O Sporting, da I Liga, venceu hoje o Belenenses, do Campeonato de Portugal, por 4-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, garantindo o apuramento para a próxima fase da competição. No …

Sintrense 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto, da I Liga, venceu hoje o Sintrense, do Campeonato de Portugal, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e segue em frente na competição. A jogar em …

Nova tecnologia usa calor dos estacionamentos subterrâneos para aquecer apartamentos

A startup Enerdrape, que funciona dentro da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, desenvolveu uma tecnologia que aproveita o calor emanado pelo solo no aquecimento de apartamentos. Quase 60% do aquecimento utilizado nos edifícios residenciais …

Pela primeira vez, um drone transportou os pulmões de um dador em segurança. Voo demorou seis minutos

Pela primeira vez na história da medicina, um drone aéreo transportou os pulmões de um dador com rapidez e segurança entre dois hospitais. O voo, que durou apenas seis minutos, ocorreu no passado dia 25 de …

Grupo de hackers clonou a voz de empresário para roubar 35 milhões de dólares do banco

Um grupo de hackers clonou a voz do diretor de uma empresa, conseguindo assim roubar mais de 35 milhões de dólares de um banco nos Emirados Árabes Unidos. No início do ano passado, o gerente de …

Portugueses comem duas vezes mais do que o recomendando

Os portugueses consumiram, em média, duas vezes mais calorias do que o recomendando para um adulto entre 2016 e 2020, ano em que a pandemia provocou uma redução do consumo de alimentos diário, mas ainda …

Aos 95 anos, a rainha Isabel II terá de abdicar da sua bebida favorita

A monarca foi aconselhada pelos médicos a abdicar do seu habitual martini de fim de dia, em antecipação a uma fase de agenda especialmente preenchida. Com 95 anos, a rainha Isabel II tem tido uma semana …

Médicos vão avaliar estado mental do atacante da Noruega

A investigação ao ataque com arco e flecha que na quarta-feira fez cinco mortos na Noruega reforçou, até agora, a tese de um ato devido a doença, anunciou hoje a polícia norueguesa. “A hipótese que foi …

Há mais de 100 anos, o Hawai teve uma monarquia - mas a força da princesa Ka'iulani não chegou para a preservar

Antes de morrer, com apenas 23 anos, a princesa Victoria Ka'iulani foi a última herdeira da coroa havaiana. A jovem era uma das últimas esperanças em manter a monarquia viva, mas nem a sua determinação …