“Por um país às direitas”. Moção de Santana não dá apoio a Marcelo nas presidenciais

Mário Cruz / Lusa

Em 21 páginas, o líder do novo partido Aliança apresentou as suas ideias para o país. O Presidente da República é um dos protagonistas da moção intitulada “Um país às direitas”.

A moção de estratégia global de Pedro Santana Lopes ao primeiro congresso da Aliança, que se realiza este fim-de-semana em Évora, assume que o partido será “exigente” com a forma como Marcelo Rebelo de Sousa vai exercer a segunda metade do seu mandato e remete para mais tarde uma decisão sobre as eleições presidenciais.

Num documento com 21 páginas, intitulado “Um país às direitas”, Santana Lopes defende que a Aliança deve “ser especialmente exigente” com o chefe de Estado e que o exercício das funções de Marcelo “deve mobilizar o país para as grandes causas” como o “crescimento económico, a coesão territorial e as mudanças na justiça”.

Santana partilha uma expectativa que, segundo o Público, é também uma crítica: “Assim se espera que aconteça na segunda metade do mandato presidencial.”

Reconhecendo que Marcelo “conquistou popularidade” que “fez bem à auto-estima dos portugueses”, o fundador da Aliança considera que o Presidente “surgiu, talvez de mais, em salvação do Governo”, mas reconhece que “também soube ser exigente com o executivo normalmente com os casos mais graves”.

A posição sobre as presidenciais – que se disputam em 2021 – será assumida “em devido tempo” e quando o Aliança fizer o “balanço necessário”.

Marcelo Rebelo de Sousa ainda não anunciou se é candidato a um segundo mandato presidencial, mas, na semana passada, disse ter “muita vontade” de concorrer novamente ao cargo. No espaço do centro-direita, a líder do CDS-PP, Assunção Cristas, já assumiu que dará apoio à sua recandidatura, se se concretizar.

Na moção com que o ex-primeiro-ministro do PSD se candidata à liderança da Aliança, está estabelecido o objetivo de construir uma “alternativa democrática e patriota” que assuma a “bipolarização e substitua a frente de esquerda”.

Santana Lopes declara a “disponibilidade” para integrar “um Governo de centro-direita”, lembrando que a Aliança “já propôs a constituição de uma coligação pós-eleitoral, que assegure uma nova maioria no Parlamento, apta a dar suporte a uma alternativa democrática e patriótica de Governo”.

O antigo líder do PSD elege dez eixos prioritários que vão desde o crescimento económico, à redução da carga fiscal, passando pela saúde, pelo combate à corrupção, pela defesa da coesão social e territorial e pela “educação para a civilização”.

É também colocada como prioridade a reforma do sistema político, com a introdução de círculos uninominais, redução do número de deputados e limitação de mandatos parlamentares. Santana tem ainda a ideia de criar um Senado na Assembleia da República.

O crescimento económico acima dos 3% da média da União Europeia é assumido como o “verdadeiro desígnio nacional”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Este é o segundo Zandinga cá do sítio? … “assume que o partido será “exigente” com a forma como Marcelo Rebelo de Sousa vai exercer a segunda metade do seu mandato”… Segundo mandato já firmado? Ó pá, manda lá a chave do €uromilhões que estou a precisar mesmo de guito com muita urgência.

  2. É provável que este partido Aliança tenha como único propósito catapultar Santana Lopes para uma candidatura à Presidência da República. Os partidos cuja única razão de ser é o seu líder, por muito respeitável que seja, não auguram nada de bom e não servem a democracia da melhor maneira. A democracia deve ser sobretudo debate de ideias e não debate sobre pessoas.

RESPONDER

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …