Pais de Maddie querem operação conjunta para acelerar investigação

Tiago Petinga / Lusa

Kate e Gerry McCann, os pais de Maddie

Uma operação policial conjunta entre Portugal e o Reino Unido poderia acelerar a investigação ao desaparecimento de Madeleine McCann, que esta sexta-feira completa sete anos, acreditam os pais, Kate e Gerry McCann.

“O que gostaríamos mesmo era ver uma investigação conjunta em vez de duas a decorrer em paralelo. Há muita burocracia envolvida, cartas rogatórias internacionais que são muito chatas e que têm um processo muito moroso”, afirmou Gerry McCann em entrevista à agência Lusa.

Atualmente decorrem duas investigações, uma em Portugal da Polícia Judiciária, após reabertura do inquérito por parte do Ministério Público, e outra no Reino Unido, a cargo da Polícia Metropolitana (Scotland Yard).

Recentemente, o vice comissário adjunto da polícia britânica, Martin Hewitt, lamentou a recusa das autoridades portuguesas em formar uma investigação conjunta, mas Gerry McCann insiste nesta solução.

“Significaria que não teríamos de passar por este processo extremamente burocrático e a polícia estaria a falar com a polícia, como estão a fazer. Penso que a polícia pensa da mesma maneira em todo o mundo, querem resolver crimes e discutir linhas de investigação e como vão abordar as coisas. Claramente, a polícia britânica tem ideias de como quer atuar, mas não é possível ter uma investigação da polícia britânica em Portugal. Não pode acontecer. Precisamos que trabalhem juntas. Penso que seriam mais eficazes, sem dúvida”, argumentou.

Financiamento da UE

O cardiologista sugeriu ainda que equipa de investigação internacional poderia receber financiamento adicional da União Europeia, algo que a Scotland Yard também confirmou à agência Lusa.

De acordo com os regulamentos europeus para as Equipas de Investigação Conjuntas, é possível obter assistência financeira da UE, Eurojust e Europol para “assistência financeira para despesas de deslocação/alojamento e interpretação/tradução e apoio logístico (empréstimo de equipamentos).

“Apesar de terem passado sete anos, ainda me custa que as coisas demorem semanas ou meses para acontecerem ou chegar uma resposta a uma questão específica. Mas acredito que, se os dois países trabalhassem juntos, isso aceleraria as coisas”, reiterou Kate McCann.

Os progenitores não estão totalmente surpreendidos com os desenvolvimentos da investigação britânica, que lançou vários apelos públicos a pedir informação, o mais recente dos quais relacionado com alegados ataques sexuais a famílias britânicas de férias no Algarve.

“Pelo menos metade destes casos nós já conhecíamos. Logo no dia 04 de maio [de 2007] soube de alguns destes casos, mas nessa altura foi-me dito que era considerado irrelevante”, afirmou Kate McCann.

Outros casos

A polícia britânica afirma ter identificado, no total, 18 casos em que famílias inglesas de férias em Portugal se queixaram de um intruso entrar nos quartos das filhas menores, dos quais nove resultarem em ataques sexuais, e de descreverem características comuns que fazem acreditar que os casos possam estar relacionados.

Sobretudo, Gerry McCann congratula-se com o contacto regular, mesmo não sendo frequente, com os detetives da Scotland Yard, o que não acontece com a PJ, cujos agentes só encontrou em outubro do ano passado.

“Mantêm-nos muito a par dos desenvolvimentos o que é ótimo porque, como pais de uma criança desaparecida – e eu sei a mãe do Rui Pedro também disse isto -, é a falta de informação que nos desarma completamente”, confessou.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cabeceiras de Basto recua no desconfinamento. Quatro concelhos mantêm-se como estão

A ministra Mariana Vieira da Silva apresentou um quadro geral da situação em Portugal e revela que há um concelho que vai recuar no desconfinamento: Cabeceiras de Basto. A ministra de Estado e da Presidência acrescentou …

Aeroporto no Montijo pode levar à perda das principais áreas de alimentação das aves migratórias

Caso o Montijo venha mesmo a receber um novo aeroporto, poderá levar à perda de até 30% das principais áreas de alimentação das aves migratórias que passam o Inverno no estuário do Tejo. A conclusão está …

Príncipe de Liechtenstein acusado de matar Arthur, o maior urso da Roménia

Grupos ambientalistas acusaram um príncipe da família real de Liechtenstein de matar o maior urso da Roménia, violando a proibição da caça de grandes carnívoros. Em comunicado citado pelo jornal britânico The Guardian, a ONG romena …

França e Reino Unido mobilizam navios para Jersey e aumentam a tensão no Canal da Mancha

A Marinha francesa respondeu esta quinta-feira ao envio de dois navios-patrulha britânicos para Jersey, na véspera, e mobilizou as suas próprias embarcações militares para as imediações da ilha, contribuindo, dessa forma, para o aumento da …

Governo aprova a criação da tarifa social de internet. Preço ainda vai ser definido

O Governo aprovou esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, a criação de uma tarifa social de acesso a serviços de internet em banda larga, conhecida como tarifa social de internet, anunciou o ministro de Estado …

Cerca sanitária em Odemira diminuiu casos para menos de metade, garante Governo

O ministro da Administração Interna salientou hoje que a cerca sanitária em Longueira-Almograve e São Teotónio permitiu baixar os casos de infeção por covid-19 em Odemira para menos de metade e acusou a direita de …

Joshua Wong condenado a mais dez meses de prisão por participar em vigília que lembrava "massacre de Tiananmen"

O ativista de Hong Kong Joshua Wong foi condenado a dez meses de prisão por participar em 4 de junho de 2020 numa vigília para lembrar o chamado "massacre de Tiananmen", que Pequim não reconhece. A …

Um polícia morto e vários feridos em tiroteio durante operação no Rio de Janeiro

Um polícia morreu e várias outras pessoas ficaram feridas num tiroteio esta quinta-feira durante uma operação da polícia contra o tráfico de droga na comunidade de Jacarezinho, no Rio de Janeiro, Brasil, noticiou a imprensa. Segundo …

Austrália vai manter fronteiras fechadas até 2022. Índia com novo máximo de casos

O Governo australiano vai manter as fronteiras internacionais fechadas até 2022 devido a incertezas sobre vacinas e novas estirpes, disse o ministro das Finanças do país, Simon Birmingham. "As incertezas sobre a velocidade da vacinação e …

Em breve será possível usar mesmos dados biométricos no Cartão de Cidadão e Passaporte

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, disse esta quinta-feira que “em breve” será possível utilizar os mesmos dados biométricos no Cartão de Cidadão e no Passaporte ou ativar a …