Pacheco Pereira responsabiliza socialistas pelas políticas de ajustamento

O historiador e militante do PSD José Pacheco Pereira responsabilizou este sábado os socialistas portugueses e europeus pela aprovação do Tratado Orçamental que oficializa a política de ajustamento enquanto visão da sociedade e “criminaliza as políticas socialistas”.

Perante o 21.º Congresso do PS, em Lisboa, no debate “Socialismo Democrático: que futuro?”, em que participaram Pacheco Pereira e a ex-deputada do BE Ana Drago, as posições críticas assumidas por ambos foram bem acolhidas pelos delegados, que aplaudiram frequentemente aquelas intervenções.

“Os socialistas aprovaram o Tratado Orçamental, os socialistas são o principal baluarte, depois do PPE, Partido Popular Europeu, da política dos últimos cinco anos de ajustamento”, defendeu Pacheco Pereira.

“Não adianta ir com palavras mansas, não tivessem os socialistas apoiado a política da senhora Merkel e do senhor Schauble no conjunto da Europa ela não teria sido possível de executar como foi”, acrescentou.

Já a ex-deputada Ana Drago, considerou que é no projeto político do Bloco de Esquerda ou do espanhol Podemos onde atualmente está “o projeto da social-democracia do pós-guerra” que criou o modelo social europeu.

É na esquerda radical“, vincou a dissidente do Bloco de Esquerda.

Segundo Pacheco Pereira, a política do ajustamento não visa meramente garantir o pagamento dos juros da dívida.

“É uma política que tem implícita uma noção de sociedade”, é “uma política que criminaliza – porque sanções é isso que significa – as políticas tradicionais não só dos socialistas mas dos sociais-democratas”.

O ex-líder parlamentar do PSD disse que analisou a moção de António Costa e nos documentos do Congresso do PS e concluiu que “de socialismo é que não há lá nada“, considerando que a reversão de salários e pensões não é socialismo, nem um programa de combate à burocracia do Estado (o Simplex).

O historiador abriu apenas uma exceção para a aposta na educação plasmada nos documentos, que, essa sim, configura um programa socialista.

Pacheco Pereira relaciona essa falta de socialismo com “a aceitação das regras europeias” que, “implica que o essencial da política económica, ela também não pode ser socialista”, argumentou.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Redução de 3% na eletricidade para o mercado regulado entra em vigor esta terça-feira

A descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh), ou seja, uma redução de aproximadamente 3% no total da fatura de eletricidade dos consumidores, entra esta terça-feira em …

Em termos económicos estamos pior que "numa situação de guerra", diz Daniel Bessa

“Na recuperação da economia não podemos esperar uma fase ascendente tão rápida. Vamos ter uma recuperação mais lenta", alerta o economista Daniel Bessa. O economista Daniel Bessa considera que a atual situação económica, decorrente da pandemia, …

Escolas não devem reabrir em abril

Esta terça-feira ao início da tarde, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, admitiu que as escolas vão manter-se fechadas até ao final de abril. Marcelo Rebelo de Sousa esteve reunido, esta terça-feira, com especialistas …

Câmara de Comércio e Governo criam gabinete de apoio às empresas

A Câmara de Comércio e Indústria (CCIP) e o Governo criaram um gabinete de apoio às empresas para esclarecer e facilitar o acesso das companhias às ajudas lançadas pelo executivo. Segundo noticiou a TSF, a estrutura, …

Tragédia continua. Encontrado corpo de sobrinha-neta de John F. Kennedy

O corpo da sobrinha-neta do ex-Presidente norte-americano John F. Kennedy, que estava desaparecida com o filho desde quinta-feira, foi encontrado na segunda-feira, informaram esta terça-feira os meios de comunicação norte-americanos. Maeve Kennedy Townsend McKean, de 40 …

Jornal Económico e A Bola avançam para regime de lay-off

O Jornal Económico e o desportivo A Bola vão avançar para o regime de lay-off devido a quebras significativas nas vendas e publicidade desencadeadas pela pandemia de covid-19, que já fez mais de 300 vítimas …

Moratória nos créditos à habitação não suspende Seguros (e pode ter que os pagar durante mais tempo)

A suspensão dos pagamentos dos empréstimos do Crédito à Habitação, por parte dos clientes bancários que queiram aderir à moratória aprovada pelo Governo, pode não travar os pagamentos dos Seguros de Vida e Multi-riscos que …

Espanha poderá ser o primeiro país na Europa a avançar com rendimento básico universal

A ministra da Economia espanhola assegurou, este domingo, que o Governo está a trabalhar para aplicar o rendimento básico universal, embora não tenha dado ainda uma data concreta. Em declarações ao canal televisivo laSexta, a ministra …

Presidente revela que não está imune e é contra "descompressão" de medidas em abril

O Presidente da República revelou numa entrevista esta terça-feira divulgada pela Antena 1 que já fez um dos novos testes sorológicos para detetar a presença de anticorpos para o novo coronavírus e não está imunizado. "Depois …

Ministros das finanças procuram entendimento. Itália ameaça consenso de Centeno

Os ministros das Finanças da zona euro voltam a reunir-se esta terça-feira, por videoconferência, com a responsabilidade de chegarem a um compromisso sobre uma resposta comum para minimizar os efeitos da pandemia covid-19, precisando para …