Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

Apple

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas temem que a decisão não seja assim tão amiga do ambiente.

O iPhone 12, um dos novos modelos anunciados no evento da Apple no passado 13 de outubro, trará apenas um cabo USB-C para Lightning, ao contrário dos modelos anteriores que traziam um carregador e uns auscultadores novos.

A medida, que a Apple diz ter em conta o ambiente, reduz os custos da tecnológica, que não terá que incluir dois produtos na caixa dos novos telemóveis e passará a usar embalagens mais pequenas, mas não é fácil perceber de que forma ajudará o ambiente.

De acordo com especialistas ouvidos pelo portal The Verge, a medida pode até prejudicar o ambiente, se as pessoas que compram novos telemóveis optarem por comprar novos carregadores e auscultadores separadamente, em vez de utilizar os produtos antigos.

Segundo a Apple, a iniciativa faz parte da política da empresa para se tornar mais ecológica e reduzirá diretamente as emissões de dióxido de carbono no processo de mineração e produção de embalagens, refletindo-se também no aquecimento do planeta associado à fabricação dos produtos em si.

A empresa recebeu elogios de alguns grupos ambientais por reduzir o lixo eletrónico, mas os especialistas reconhecem um cunho financeiro associado à iniciativa.

“[A Apple] vendeu a ideia como uma espécie de regra amiga do ambiente, mas o resultado final está muito relacionado [com o movimento financeiro]”, disse ao portal Angelo Zino, analista sénior da indústria empresarial CFRA Research.

Os analistas internacionais acreditam que a retirada destes produtos está relacionado com o facto de a Apple estar a migrar para o 5G – pela primeira vez, toda a linha de novos telemóveis da empresa terá suporte 5G.

A tecnologia 5G torna a produção do iPhone 12 muito mais cara quando comparada com o iPhone 11, uma vez que os componentes que permitem velocidades de Internet mais rápidas são mais complexos e, consequentemente, mais caro.

Zino estima que só os componentes de radiofrequência do novo iPhone serão entre 30 a 35% mais caros do que os dos iPhones anteriores. “A Apple vai tentar cortar custos noutros aspetos do telemóvel”, rematou o especialista.

Por tudo isto, os especialistas acreditam que a iniciativa da Apple estará relacionada com o ambiente, até pelas metas definidas pela empresa para a redução de gases com efeito de estudo, mas não será indiferente aos custos do 5G.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. não, não, já que são mais baratos que os equipamentos das outras marcas, é normal ter que vender a parte os cargadores e o reste, toca a comprar cada vez mais os iphones e já que são os primeiros a ter o 5g, os outros não tem, é normal que fica mais caro e ter que reduzir os custos, grande politica no fazer burros os utilizadores dessa marca

  2. É parecido com o negócio das impressoras e tinteiros, vendem as impressoras baratas para depois ganharem nos tinteiros onde a tinta é vendida a preço de ouro, grandes artistas no roubo e fazem o que bem entendem porque as leis não protegem devidamente o consumidor.

RESPONDER

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …