Oposição venezuelana vence Prémio Sakharov 2017

Miguel Gutierrez / EPA

Leopoldo López, um dos líderes da oposição na Venezuela

A posição venezuelana venceu, esta quinta-feira, o Prémio Sakharov 2017 “pela coragem demonstrada por estudantes e políticos na luta pela liberdade”, anunciou o Parlamento Europeu (PE).

A decisão foi tomada, esta quinta-feira, em conferência de presidentes do Parlamento Europeu, tendo a candidatura da oposição venezuelana ao Prémio Sakharov – que celebra a liberdade de pensamento – sido apresentada pelos grupos do Partido Popular Europeu (PPE) e Liberal (ALDE).

Fontes do PE confirmaram à agência EFE que a oposição venezuelana, representada pela Assembleia Nacional e o seu presidente, Julio Borges, e pelos dirigentes opositores Leopoldo López e Antonio Ledezma, impôs-se aos outros dois finalistas: a ativista guatemalteca pelos direitos humanos Aura Lolita Chávez Ixcaquic e o jornalista Dawit Isaak, preso em 2001 na Eritreia.

Na candidatura figuram ainda dirigentes como Daniel Ceballos, Yon Goicoechea, Lorent Saleh, Alfredo Ramos e Andrea González, considerados “presos políticos” pelo Parlamento Europeu.

O eurodeputado do espanhol PP, José Ignacio Salafranca, afirmou que se trata de um “gesto de alto valor simbólico” que “contribuirá para restaurar a liberdade, a democracia, a paz e os direitos humanos na Venezuela”.

O PPE advogou pela oposição venezuelana por representar, segundo apontou Salafranca em comunicado, “um grupo de homens e mulheres valentes que não têm medo, que não se rendem, que fustigados, golpeados, presos ou inabilitados lutam pela sua liberdade e pela sua dignidade”.

No ALDE, a eurodeputada Beatriz Becerra felicitou os premiados e considerou que “este reconhecimento vai encorajar os venezuelanos a continuar com a sua defesa pacífica e exemplar da liberdade e do Estado de direito” frente aos “abusos” de Nicolás Maduro.

“Agora é mais importante do que nunca que permaneçam unidos e que não se rendam às manipulações e abusos do ditador Maduro”, afirmou.

Para Becerra, o Sakharov é “uma ferramenta de ativismo político”. “Significa que os cidadãos europeus, representados no seu Parlamento, dão o seu apoio à causa de uma Venezuela livre e democrática“, acrescentou.

O prémio, no valor de 50 mil euros, é concedido anualmente pelo Parlamento Europeu desde 1988 como reconhecimento a personalidades ou grupos que lutam pelos direitos humanos e as liberdades fundamentais. Será entregue numa cerimónia em Estrasburgo, França, no dia 13 de dezembro.

No ano passado, o prémio foi para Nadia Murad Basi Taha e Lamiya Ayi Bashar, duas ativistas da comunidade yazidi do Iraque, escravizadas sexualmente pelo autoproclamado Estado Islâmico durante vários meses.

ZAP // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …

Reutilizável, dobrável e esterilizável. Novo "escudo" protege profissionais de saúde

Uma equipa de cientistas desenvolveu, recentemente, um dispositivo dobrável em forma de tenda que atua como um escudo físico para os profissionais de saúde na linha da frente contra a covid-19. A tenda redutora de gotículas …

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …

Aproxima-se o lançamento do rover Perseverance

O rover Perseverance da NASA está a menos de um mês da data de lançamento prevista para 20 de julho. A missão de astrobiologia do veículo vai procurar sinais de vida microscópica passada em Marte, explorar …

Benfica 3-1 Boavista | Águias põem fim a quarentena caseira

O Benfica venceu na noite deste sábado o Boavista, naquele que foi o primeiro triunfo caseiro após a retoma da Liga. Poderá ter sido a redenção das águias? Após ter somado apenas dois triunfos, quatro desaires …

Cortina do abraço permite às famílias reencontrar os familiares num lar de São Paulo

Abraçar, tocar e até dançar. Uma cortina do abraço permite que filhos visitem seus pais residentes numa casa de repouso em São Paulo. O empresário Bruno Zani, autor da criação, pretende agora colocar a cortina …