Escalada de tensão entre Rússia e Ucrânia. ONU reúne de emergência

A embaixadora dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas (ONU) indicou que foi convocada para esta segunda-feira uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU para discutir a escalada da tensão entre Rússia e Ucrânia.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas vai reunir-se esta segunda-feira de urgência para discutir a escalada da tensão entre a Rússia e a Ucrânia. A reunião de emergência está agendada para as 11h00 em Nova Iorque (16h00 em Lisboa), segundo Nikki Haley, embaixadora dos Estados Unidos na ONU.

De acordo com os diplomatas citados pela agência de notícias France-Presse, tanto a Ucrânia como a Rússia reivindicam o pedido de agendamento desta reunião de emergência.

A reunião acontece depois de a Rússia abrir fogo sobre a Marinha ucraniana e apreender três dos seus navios, junto à costa da Crimeia. O Presidente da Ucrânia anunciou que vai propor ao Parlamento a aprovação da Lei Marcial, uma medida que deve ser aprovada esta segunda-feira pela RADA, o Conselho Supremo do país.

Segundo Petro Poroshenko, a Lei Marcial deve vigorar durante 60 dias. Para já, não inclui a mobilização do exército, mas deixa todo o país alerta. Foi do encontro do Conselho de Segurança e Defesa da Ucrânia que saiu a proposta. Na reunião, Poroshenko descreveu as ações russas como “não provocadas e loucas”, e explicou que a Lei Marcial não significa uma “declaração de guerra”. “A Ucrânia não planeia combater com ninguém.”

A decisão referente à Lei Marcial tem que ser votada pelo Parlamento ucraniano, durante uma sessão extraordinária marcada para a tarde desta segunda-feira.

A NATO pediu, também no domingo, “contenção” à Rússia e à Ucrânia após um ataque a três navios ucranianos no mar de Azov e instou Moscovo a permitir a livre circulação nas suas águas territoriais. A NATO apelou igualmente à “contenção e à redução de tensões”, informou a porta-voz da Aliança Atlântica, Oana Lungescu.

No domingo, a Armada ucraniana acusou a Rússia de ter apresado três navios militares da Ucrânia – dois pequenos navios militares e um rebocador – e fechado o estreito de Kertch, tendo disparado contra as embarcações e ferido três pessoas, situação que já foi confirmada por Moscovo.

Segundo o Público, a captura dos navios provocou protestos na embaixada russa em Kiev. Cerca de 150 pessoas concentraram-se no local este domingo à noite, algumas lançaram granadas de fumo contra o edifício e incendiaram pneus. Pelo menos um carro da embaixada ficou em chamas.

Stepan Franko / EPA

Lungescu sublinhou que, na cimeira Aliada de julho, em Bruxelas, os líderes da NATO expressaram o seu apoio à Ucrânia e deixaram claro que a militarização russa em curso na Crimeia, no mar Negro e no mar de Azov faz “supor mais ameaças à independência da Ucrânia e agita e põe em causa a estabilidade da região“.

Entretanto, a alta representante da União Europeia para a Política Externa e Segurança exigiu à Rússia que restaure a liberdade de circulação no estreito de Kertch, para baixar a tensão na região.

“Esperamos que a Rússia restaure a liberdade de passagem no estreito de Kertch e apelamos a todos para atuarem com a maior contenção para baixar a tensão imediatamente”, indicou a porta-voz de Frederica Mogherini, em comunicado.

“A União Europeia não reconhece e não reconhecerá a anexação ilegal da península da Crimeia por parte da Rússia”, frisou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Estão muito revoltados, não fossem provocar os Russos que nada disto tinha acontecido. “By the way”, a Rússia está-se bem a “marimbar” se a Europa reconhece ou não a anexação da Crimeia. A Ucrânia queria a Crimeia, mas mais do que a Ucrânia queriam a Europa e os Estado Unidos, esses sim para porem lá uns misseizinhos apontados à Rússia, já para não falar em controlar o mar da Crimeia onde está e sempre esteve a frota naval Russa. Antes da anexação da Crimeia a Europa queria a Ucrânia como membro Europeu e agora não quer, vá-se lá ver porquê…

RESPONDER

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …

Sérgio Figueiredo deixa direção de informação da TVI

Sérgio Figueiredo saiu do cargo de diretor de informação da TVI, anuncia a estação de televisão em comunicado enviado às redações. A cessação de funções é efetiva a partir desta sexta (10) e põe fim a …

Dinamarca lança "passaporte covid-19"

O Governo da Dinamarca lançou o "passaporte covid-19", um documento que atesta que o portador do mesmo não teve um resultado positivo ao novo coronavírus recentemente. Deverá ser utilizado em viagens internas ou externas. De …

Mais oito mortes e 342 novos casos. Mais 305 pessoas dadas como recuperadas

Portugal regista este sábado mais oito mortes por covid-19 e mais 342 casos confirmados em relação a sexta-feira, segundo dados da Direção-Geral de Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico diário da DGS, há 46.221 casos …

Ainda há esperança para os gorilas mais raros do mundo. Foram fotografados com crias

Os gorilas do rio Cross, os mais raros do mundo, foram fotografados na Nigéria com algumas crias, aumentando a esperança para esta espécie de primatas. A fotografias foram divulgadas por uma organização não-governamental nigeriana, a …

"Já sofreu muito". Trump comuta pena de prisão do seu amigo e antigo conselheiro Roger Stone

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comutou a pena de prisão do seu amigo e antigo conselheiro Roger Stone, que foi condenado em fevereiro a 40 meses de prisão, anunciou sexta-feira a Casa Branca. Roger …

Armas, droga, sucata e prostituição financiam neonazis portugueses (mas lucros não vão todos para a causa)

Os grupos neonazis portugueses são "bastante desorganizados" e financiam-se com dinheiro obtido em negócios ilícitos, como o tráfico de armas, de droga e de mulheres para prostituição e a sucata. Mas os ganhos obtidos não …